Por que todo ano o Carnaval cai numa data diferente?

PKT_8584_1448467297

Fala galera, beleza??? Como vão vcs?? Espero que estejam legal… Se vc está lendo este post no Facebook clica agora no link abaixo porque o post de hoje é bem legal!! Leia ele completo no meu blogue. Eu tô legal apesar dos pesares da vida. E a vida é cheia de pesares infelizmente. Mas não vamos nos focar nisso né? Temos que focar nas coisas boas da vida, e ultimamente coisa boa na vida é… FERIADO!!! Hoje é feriado, feriadão prolongado… CARNAVAL!!!

Eu tô meio que reciclando este post porque eu já tinha escrito sobre isso há uns dois anos atrás, mas me perguntaram novamente esses dias então vamos lá… Meu irmão esses dias me perguntou porque o Carnaval nunca cai na mesma data. Ele disse que nunca sabe quando é Carnaval por causa disso… eu se fosse ele usaria minha tática para descobrir quando é o Carnaval. A gente espera o mecânico imprimir o calendário na gráfica de escolha dele… ganha o calendário e plim… vc sabe quando é o Carnaval… fácil assim!

Entretanto eu pensei… provavelmente muita gente não sabe o porque do Carnaval cair cada ano em uma data diferente… Então bora lá explicar mais ou menos este bagulho. A maioria das pessoas não sabem mas o Carnaval é um feriado Religioso… Como Shao de Deus??? Um monte de putaria e mulher pelada… sim crianças… procurem no Google a origem do Carnaval… porque eu estou com preguiça de procurar. Hoje eu vou falar apenas de como é calculada a data que ele vai cair… Primeiramente tenha em mente que dois dos Feriados religiosos são móveis, ou seja, não caem em datas fixas…

A Páscoa e o Carnaval. A igreja geralmente determina quando cai seus grandes maiores feriados, um deles a Páscoa… e a data do Carnaval vai sempre depender de quando vai ser a Páscoa e a Páscoa é móvel porque foi determinada pela igreja católica que ela deve ser celebrada no primeiro domingo de lua cheia do equinócio de primavera (detalhe, o equinócio da primavera no hemisfério norte, não o equinócio no nosso hemisfério)… entretanto nem sempre calha dessa lua cheia cair num domingo, nesses casos ela acaba caindo no primeiro domingo subsequente. E isso tem que acontecer necessariamente entre 22 e 25 de Abril… outra decisão da igreja…

Já o Carnaval… tem que acontecer exatamente sete domingos antes do domingo de Páscoa… e aí está amiguinhos porque a data destes dois feriados sempre caem em datas diferentes todos os anos… Não é assim tão complicado, mas também tem alguns detalhes que o pessoa que fez o calendário tem que prestar atenção para não zoar os feriados da galera hahahahahaha. Não sei se ficou claro, não sei se vcs entenderam mas é isso aí… um post curtinho sobre a “Festa da Carne”.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Anúncios

Nós gatos… A Fuga

banner

Manuel correu, correu, correu sem parar e sem olhar para trás. Não acreditava que seu humano queria separar ele do amor da sua vida. Mas ele não ia deixar… não senhor. Ia fazer como um amigo de batalhão do seu humano fizera uns anos atrás… iria desertar!

Numa das muitas cidades pela qual o pelotão passava… O rapaz se apaixonara por uma moça mas os pais dele e os pais da moça não acharam que era uma boa união e proibiram os dois de se verem novamente. O rapaz fizera as malas na calada da noite e roubara a moça da casa dos pais dela e os dois sumiram no mundo. Nenhum dos companheiros do pelotão nunca mais ouvira falar dele. Enquanto corria em direção à casa de Morena.

Durante meses os soldados conversaram entre si, como o tal rapaz havia jogado fora uma oportunidade de ouro, uma carreira promissora… Na época ele não entendera muito bem, mas agora ele não concordava nem um pouco com o que os outros humanos estavam falando. O soldado desertor era u único que estava certo. Eles dois estavam certos, eles eram os únicos que sabiam o que era o amor e ele não ia deixar que as outras pessoas determinarem o que nem quem era certo ou não para ele… Não senhor, nada disso… ele não ia aceitar esse absurdo, era ele quem decidia as coisas na sua própria vida.

Correu, correu e correu mais ainda… correu até ficar sem fôlego. Estava triste, estava decepcionado… e um pouco desesperado. Queria contar tudo para Morena… parou no meio da estrada… olhou para um lado e para o outro. Atravessou a estrada e se enfiou no meio da plantação… que devia ser de milho. Sentou-se e ficou por longos instantes olhando para o nada. Tentando engolir a tristeza.

Como é que seu humano… que até então era o melhor humano do mundo, que sempre lhe dera a melhor comida, carinho e atenção. Que nunca fora mesquinho… Como é que ele podia querer que ele não ficasse com quem ele amava?? Como ele podia não querer que ele fosse feliz com o amor da sua vida.

Continuou caminhando lentamente e cabisbaixo até a casa de Morena. Ela tinha que saber. Ele tinha que fazer alguma coisa. Chegou de mansinho na casa, Morena estava em seu posto, em cima do telhado… tomando conta da família como sempre. Ele a observou silenciosamente por alguns instantes. Então respirou fundo, tomou coragem e subiu até o telhado fazendo barulho suficiente para que ela ouvisse seus passos. Depois de tantos dias juntos, Morena já tina decorado o barulho característico de suas pegadas. Ela olhou para ele, um sorriso no rosto enquanto ele se aproximava.

– Olá. Achei que ia ficar com seu humano hoje…

– Precisamos conversar. Disse ele e ela apenas o encarou curiosa. – Você quer fugir comigo???

Continua…

 

Dedicação e Reconhecimento…

frank_lloyd_wright_eu_sei_o_preco_do_sucesso_dedicacao_lv9wy01

 

Fala terráqueos, beleza? Como vcs estão? Eu espero que vcs estejam bem… Eu tô legal. Na verdade eu tô bem contente. Eu tirei uma manhã de domingo para revisar os posts que estavam agendados e adivinhem só… eu deixei como agendados vários posts que não estavam prontos. Estavam apenas rascunhados, agora tenho que trabalhar nesses textos. Mas… beleza, vambora porque cabeça vazia oficina do tinhoso né?

Faz uns dias que finalmente saiu o resultado, todas as minhas notas da pós-graduação, as presenças, a nota do TCC e a Nota da Prova Final. E deixa eu contar uma coisa para vcs… Após meses e meses de dedicação, de trabalho duro, de e algumas noites dormindo pouco  e de muito estudo… onde muitas vezes muita gente não compreendeu a minha ausência, nem meu cansaço, e até mesmo ficando várias vezes doente, indo parar no hospital… Ás vezes sentindo que eu nem tinha tanto apoio de ninguém… finalmente eu concluí mais uma etapa complicada da minha vida e saí vitoriosa. Saíram todas as notas e eu já dei entrada no pedido do Certificado… agora é só aguardar chegar o documento.

E com relação ao meu desempenho. Eu me saí muito, mas muito melhor do que eu esperava. Eu não vou mentir aqui dizendo que foi fácil, que foi uma beleza, eu tine meus tropeços. Eu tomei um tapa de realidade no meio da cara e eu descobri que eu preciso estudar mais gramática em português especialmente. Tirei umas notas baixas… mas consegui me recuperar e a minha média mais baixa foi 8. Eu não fiquei com nenhuma média final 10 hahahahaha, mas nas matérias mais técnicas que foram as matérias de tradução, eu fiquei com média 9,5. Eu tô muito feliz com este resultado.

Minha família não me apoiou muito nessa minha decisão de fazer pós na área de letras. Eu acho que eles preferiam que eu tivesse feito na área de Direito. Meu pai não dá um pingo de valor para qualquer pós. Ele é do tempo que vc fazer uma faculdade era o ponto máximo acadêmico da vida de uma pessoa. Para ele funciona assim, vc faz faculdade de direito, vc passa no Exame de Ordem e pronto… não precisa de mais nada. Então foi um ano e meio de estudos que eu me senti meio que caminhando solitariamente rumo aos objetivos.

Muitas vezes as pessoas falam para mim, ahhh mas vc é inteligente… como se isso tornasse as coisas mais fáceis para mim. Não adianta nada vc ser inteligente, se vc não se dedicar aos estudos. Claro, que vc ser uma pessoa inteligente facilita as coisas pra vc na hora de apreender e reter os conteúdos e tem gente que tem dificuldades nessa área, tem mais dificuldades de aprender contextos e decorar conceitos e tal… mas é só nisso que vc vai ter uma certa facilidade. Isso não faz com que vc tenha que estudar menos que os outros que vc possa levar a vida no vai da valsa. Que vc possa passar seus finais de semana na farra, com seus amigos, com a sua família… não é bem assim.

Vc tem que abrir mão de um monte de coisa. Quantas vezes esse ano eu deixei de sair com meus amigos, deixei de ir na casa de parentes, deixei de dormir até mais tarde nos finais de semana… Nos final das contas vc precisa se dedicar, nem que seja um pouquinho, para alcançar aquele objetivo ao qual vc se propôs a buscar. E eu tô bem contente com os resultados que eu alcancei… especialmente por conta dos desafios que eu tive que enfrentar nesse um ano e meio. Eu tô orgulhosa de mim. Eu tinha planejado descansar a cabeça nesse ano de 2018 mas… não, vou encarar mais uns anos de estudo, tenho outro objetivo a alcançar mas eu vou falar mais desses objetivos mais adiante. Por enquanto eu tô em fase de comemoração com meus resultados da pós.

Essa semana ainda… segunda-feira para ser mais específica, vai sair o resultado do Exame da Ordem… minha primeira tentativa, e eu estou na expectativa para saber se eu fui ou não para a segunda fase. Eu sinceramente tinha certeza de que eu não tinha estudado o suficiente para me classificar para a segunda fase. Mas aparentemente eu me saí melhor do que eu esperava na primeira prova.

Vamos aguardar até segunda… mesmo que eu não tenha me qualificado para a segunda fase eu tô feliz com meu desempenho, me deixou bastante animada para tentar novamente na próxima vez… minhas expectativas são bem realistas. Eu acho que até o final do ano eu consigo ser aprovada no exame da ordem hahahahaha… Primeira tentativa foi agora no Exame XXIV, eu tenho ainda pela frente o XXV, o XXVI e o XXVII… até o XXVII eu espero ter conseguido. 

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Post It Digital…

postit

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… na verdade eu não tô não, eu dormi demais hoje (porque é um domingo – e eu sei que vcs estão lendo isto num sábado, mas eu estou escrevendo num domingo) e eu agora tô com uma dor danada no pescoço e no ombro. Mas beleza… velhice… depois de uma certa idade a gente se acostuma a acordar e ficar o dia todo com algumas dores.

Hoje foi mais um dia longo em que eu tive várias crises de hipoglicemia. Um daqueles dias ruins que eu sinto como se eu estivesse nadando, nadando e nadando sem parar e fazendo um esforço gigantesco para permanecer boiando na superfície sabe? Acontece de vez em quando a gente fica desanimada claro… mas é a vida. Especialmente a vida de uma pessoa com diabetes. Mas como sempre nem era disso que eu queria falar no post de hoje.

Hoje é sábado e sábado é dia de falar de nerdices, de coisas de tecnologia de coisas de nerd… Se vc é um nerd como eu, vc gosta dos sábados porque eu sempre (tento) falar de coisas interessantes. Programas, gadgets, etc. Hoje eu vou falar de um programinha que eu uso muito. O nome dele é bem auto explicativo, ele se chama Notas Autoadesivas hahahahaha. E ele nada mais é que um programinha que emula aquele papelzinho de notas auto adesivas que a gente usa para fazer anotações.

Existem vários desses programinhas online para fazer o download. Eu estou usando este que tem esse nome bem auto explicativo como eu já disse. Entretanto eu não encontrei o link dele online para deixar aqui no post. O que é um saco, como é que a gente indica um programa e não encontra o link para baixar. Então… eu vou tentar procurar um pouco mais o link e se eu encontrar eu coloco o link aqui no post.

E porque é legal vc ter um programinha como esse na sua área de trabalho? Não é só pegar um papel e uma caneta e anotar o que é que vc precisa anotar. Sim, claro, e eu ainda uso no dia a dia esses papeizinhos colados no meu monitor ou na minha agenda, especialmente no trabalho e para coisas urgentes, como consultas médicas exames.

Agora o programinha eu uso para anotar coisas importantes no computador, referentes ao blogue por exemplo… eu tenho uma nota onde eu tenho salvo todos os códigos fontes de configuração dos posts, para todos terem a mesma fonte, no mesmo tamanho, o mesmo layout. Assim eu não tenho que ficar digitando código fonte em HTML toda a vez que eu vou escrever um post aqui no blogue.

E outras coisas também… tipo notinhas de incentivo para mim mesma. Ou lembretes de coisas que eu tenho que fazer. Porque às vezes vc chega em casa (eu chego em casa) liga o computador e começa a ver e-mail, ver 

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Nerdices: Filme – Os Caça-Fantasmas 2

2222

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Pela primeira vez na história deste blogue (eu acho… este blogue existe há mais de dez anos então eu posso estar enganada) eu consegui deixar previamente agendados 68 posts e se hoje eu conseguir fazer tudo o que eu tenho programado eu vou ter mais de setenta posts agendados e isto é legal.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar, eu vou deixar para falar dos planos e programações do blogue nas segundas-feiras como eu tinha planejado anteriormente. Hoje é dia de falarmos de filmes. Semana passada eu falei de “Os Caça-Fantasmas” então vamos continuar falando da franquia. Hoje vamos falar de “Os Caça-Fantasmas 2”. Como todo mundo sabe dificilmente o segundo filme de uma franquia faz tanto sucesso quanto o primeiro, principalmente porque geralmente, o segundo filme nunca é tão bom, tão legal, tão surpreendente quanto o primeiro.

E como eu gosto muito deste filme, tanto quanto eu gosto do filme anterior, pode ser que a minha opinião deva ser descontada. Talvez vcs precisem assistir ao filme para tirarem as suas próprias conclusões. Talvez eu curta o filme para caramba porque eu era criança quando eu assisti pela primeira vez e o filme faz parte da minha infância. Então a história do filme é mais ou menos assim…

Por conta dos resultados do final do primeiro filme, quando os Caça-Fantasmas salvam a cidade de Nova Iorque de uma invasão de uma criatura de outra dimensão… ao mesmo tempo eles destroem a cidade e ficam com uma conta enorme nas costas e por conta disso eles vão à falência e são proibidos de exercerem as atividades deles pela cidade. Peter vira apresentador e um programa de TV de quinta categoria, Ray abre uma livraria e uma empresa de animação de festas de crianças com Winston e Egon volta a dar aulas e fazer pesquisas comportamentais na universidade.

Peter se separou de Dana (a mocinha do outro filme) que se casou e teve um filho com outro cara. E a vida deles vai seguindo desta forma até que um dia Dana está passeando pela cidade com Oscar seu bebê quando o carrinho da criança fica possuído pelo espírito ragatanga e ela entra em contato com Ray para eles investigarem o que está acontecendo. Paralelamente a cidade está ficando cada vez mais louca e Ray e Egon descobrem que nos esgotos da cidade um rio de gosma cor de rosa está correndo e causando diversos acontecimentos paranormais. E o que está acontecendo no final das contas é que outra entidade maligna quer invadir a nossa dimensão.

Só que dessa vez a entidade maligna é um cara que viveu há milhares de anos atrás e quando ele viveu ele trouxe as trevas para o mundo e agora ele quer reincarnar novamente na terra para trazer as trevas novamente para nosso mundo. E dessa vez ele quer o bebê de Dana. Então novamente os Caça-Fantasmas terão que salvar a mocinha, salvar a cidade etc e coisa e tal. Mas novamente eles fazem de um jeito que é caracteristicamente engraçado. O plot twist do primeiro filme e do segundo filme são praticamente idênticos. Mas ao mesmo tempo tem características diferentes e é muito engraçado. Então eu recomendo este filme para caramba. 

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Nerdices: Dez Mortes Imperdoáveis nas minhas séries favoritas (Parte 2).

series

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… hoje é dia de falar se série novamente… mas hoje eu vou continuar escrevendo sobre as dez mortes imperdoáveis das séries que eu assisto ou assistia… Porque o outro texto estava ficando muito longo então eu resolvi dividir a postagem em duas… clique aqui para ler a primeira parte caso vcs ainda não tenham visto… eu nem preciso repetir aqui para vcs que 

Bom , então como vcs já sabem do que se trata vamos continuando com a postagem…

buffyAgora vamos falar de umas séries que acabaram tem um tempinho já… Essa personagem não era uma personagem que eu curtia muito mas, foi a morte dela que me fez abandonar a série. Não que eu não gostasse da personagem, mas ela estava sempre na periferia dos acontecimentos e não chamava muita atenção para si. Eu ainda pretendo voltar a assistir a série, porque eu tenho que terminar de ver e tals… mas sério a morte da Joyce Summers, mãe da Buffy em “Buffy A Caça Vampiros” me deixou chateada. Eu ainda não entendi porque os escritores mataram a personagem. Eu não acompanhei os bastidores dessa série… e também não terminei de ver a série para saber o que a morte dela pode ter afetado os personagens e mudanças na série. Mas assim, para mim foi bem chocante porque a personagem, que era mãe da personagem principal, passou por um câncer, quase morreu e depois se recuperou e então quando ela estava bem BOOM, ela morre por causa de um coágulo resultante da cirurgia (tipo a Debra Morgan de Dexter – só que muitos anos antes). Pra mim foi muito perto da morte da minha mãe e a história do câncer, eu simplesmente travei e não consegui assistir mais a série. Fiquei deprimida uns dias até. Demorou uns anos até eu conseguir voltar a ver filme de drama… e talvez demore mais uns anos até eu conseguir terminar de ver essa série.

prueOutra morte que eu achei extremamente besta foi a de uma das personagens principais de “Charmed” a morte da irmã mais velha e mais poderosa… Prue Halliwell. A morte dessa personagem foi por conta de fatores que aconteceram atrás das câmeras. Desentendimentos entre a atriz que interpretava a Prue a Shannen Doherty, e membros da equipe, escritores, diretores, equipe em geral e também com outras atrizes do elenco. Dizem que a real razão dela ter saído foi porque ela não gostou do destaque que a atriz Alissa Milano, que interpretava a irmã caçula e irresponsável Phoebe, estava ganhando e blábláblá… bom, nunca saberemos a verdade hahahahaha. Aliás não foi a primeira vez, que isso aconteceu com a atriz, ela tem fama de ser rainha das tretas… Como a sua mãe, Prue morre assassinada por um demônho salvando a vida da irmã Pipper. E assim, eu fiquei super chateada com a morte da personagem, era minha personagem favorita. A série não foi mais a mesma coisa para mim depois… teve a entrada da Page que foi ótima e tal, mas… não foi mais a mesma coisa depois dessa morte e de novo. Ela poderia ter morrido de um jeito melhor também.

baelfireOutra série que eu curto muito e ainda assisto é Once Upon a Time… e uma das mortes mais bestas e sem sentido para mim nesta série… tiveram algumas tá, foi a do Baelfire ou Neal o personagem que era o filho do Rumpelstiltskin que odiava magia e que no final das contas teve um rolo com a personagem principal Emma Swan e era o pai do Henry… filho adotivo da Rainha Má (é complicado… se vc não assiste, a árvore genealógica e os vínculos de parentesco nessa série são bem loucos hahahah). Neal é um puta azarado, ele abandona o pai que é um covarde porque ele quer viver num mundo sem magia porque a magia corrompe as pessoas. E no final, preso no mundo real ele se enrosca  sem saber com uns personagens que querem destruir toda a magia e no final das contas ele toma um tiro e morre nos braços da Emma. Eu sinceramente não sei porque mataram o personagem. Talvez porque não tinha um pingo de química Emma e Neal. Talvez porque o ator tenha engatado outro trabalho mais interessante e não quis mais interpretar o papel. A verdade é que o Neal era aquele personagem. 

SEAN MAGUIREContinuando na mesma série, e uma morte pior que a do Nela, foi a morte do Robin Hood. Porque diferentemente do casal sem sal anterior o casal Robin Hood e Rainha Má era um dos casais mais queridos dos fãs, da audiência enfim da série e ainda assim eles mataram o personagem. Esses escritores de Once Upon a Time adoram ferrar legal com a vida da Regina e jogar ela para o lado negro da força hahahahaha. Eu sinceramente não entendi porque mataram ele, porque eles novamente colocaram um final triste em vez de um final feliz para a Regina. Teve todo o auê depois que era porque o final feliz dela tinha que ser por ela mesma, não por um amor e não por outras pessoas. Eu atéeeee compro a ideia. Mas mano, pensa bem… a pessoa só se ferra na vida, é pancada atrás de pancada, por mais resiliente que a pessoa seja fica complicado vc ficar tentando e tentando e tentando novamente e toda a vez nadar, nadar e morrer na praia. Para mim não tem muita explicação, muito motivo na história da série. Robin morre salvando a Regina, o que torna a morte dele ainda pior pra personagem da Regina. E eu simplesmente achei desnecessário.

shayÚltima morte… eu já disse para vcs que de uns tempos para cá eu simplesmente não consigo acompanhar série de drama? Eu simplesmente não consigo. E em série de drama vc pode ter certeza que mais cedo ou mais tarde eles vão matar um personagem de uma forma bem dramática (série de drama Shao, claro né? O que mais vc esperava). Eu parei de assistir Greys Anatomy por causa disso… e eu fiz uma pausa em Chicago Fire porque tava ficando muito tenso também. E olha que eu estava nas primeiras temporadas. Logo de cara eles fazem vc se apegar a um personagem que no caso era o personagem do Severidge e daí de novo, eles jogam um monte de desgraça na vida do personagem que já é um campeão da sofrência. E eles mataram a melhor amiga do cara… que era a personagem da paramédica Leslie Shay. Eu ainda continuei assistindo uma ou duas temporadas depois da morte dela (não me lembro) mas daí veio mais desgraça e eu fiz uma pausa. De novo, além do fato de deixar a vida do personagem mais desgraçada, eu não vi motivo para matarem a personagem e de novo… de um jeito bem idiota. Realista,  verossímil, dezenas de socorristas morrem cumprindo o dever, porém um jeito idiota de matarem a personagem.

Então é isso por hoje, vou terminando este post, espero que vcs tenham curtido… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Diário de Bordo: Como vai vc?

cvv

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Eu como sempre ando meio enrolada. Eu quase nunca consigo consegui fazer as coisas que eu planejo pra semana. Sempre acontece um imprevisto qualquer e mela todo meu planejamento. Isso tá acontecendo muito porque de vez em quando eu fico com o sono meio zoado. À noite que eu tinha que estar dormindo eu ando sem sono e no meio do dia que eu tenho coisa pra caramba para fazer eu fico morrendo de sono e andando pelo mundo feito um panda zumbi do apocalipse que em vez de querer cérebro só quer dormir mesmo. 

Hoje eu não vou usar a frase clássica ‘não é disso que eu queria falar hoje’. Porque hoje é o dia de falar de coisas da vida. Hoje é o post mensal onde se justifica o nome deste blogue… Diário de Bordo da Shao. Já faz mais ou menos um mês desde o último post… então bora lá… o que aconteceu comigo nos últimos 30 dias. Antes de eu começar entretanto, deixa eu avisar que graças a um grande empenho da minha parte, os posts estão sendo escritos com muita antecedência, então vcs estão lendo em fevereiro uma coisa que eu estou escrevendo em dezembro do ano passado.

Felizmente no último mês eu não fiquei doente, não caí de cama nem nada, não fui parar no hospital. O que me deixa bem contente… E eu decidi parar de ser irresponsável com a minha saúde de uma vez por todas no finalzinho do ano passado. De uns dois anos para cá eu venho, tomando conta melhor da minha saúde, fazendo os tratamentos, tomando os remédios, e fazendo dieta e fazendo exercícios. Tá certo que nos exercícios e na dieta de vez em quando eu dou uma escorregada, ou porque eu tô muito cansada, ou porque eu tô muito de saco cheio, ou porque eu fiquei doente mesmo…

Mas, de Janeiro para cá eu tenho tentado tomar providências e atitudes mais sérias. Eu já tomei algumas providências em Dezembro, dei o primeiro passo para arrumar algumas coisas. Primeiro passo eu passei com um clínico para fazer um check up, coisa que eu não fazia tem uns dois anos. Eu fiz um monte de exames e eles estão melhores do que eu esperava, não tô cem por cento… como eu dei uma desleixada nos cuidados da diabetes de outubro até novembro. Meu fígado tá meio zoado, minha glicemia tava meio alta e a quantidade de vitamina D no meu organismo tá bem abaixo do que deveria. Então né… nesse último mês foi foco na dieta, foco na academia, vitamina D pra dentro e daqui três meses eu tenho que refazer esses exames todos e retornar com o médico.

Outra coisa que eu tenho que resolver são os moinhos de vento na minha cabeça. Um dos grandes problemas da minha Diabetes ficar deveras descontrolada de vez em quando sem motivo aparente. Eu faço a dieta, eu tomo o remédio, eu faço exercício e mesmo assim a diabetes fica doida de vez em quando. Tá certo que eu não tenho dormido direito e tenho tido crises de mudança de humor e tenho ficado triste assim sem motivos, do nada… e acho que isso tá mexendo com a minha doença amiga e companheira (porque infelizmente diabetes não tem cura ainda).

E meus médicos (e eu junto claro) chegamos à conclusão de que meu corpo não tá legal porque minha cabeça não está legal. Primeiramente a diabetes mexe com o humor, mexe com a cabeça da gente. É uma doença que requer muita coisa da gente, muita disciplina, muito cuidado, muita responsabilidade e todo o processo  para manter a danada controlada é extremamente trabalhoso e extremamente extenuante. E isso de vez em quando deixa a gente deprimido, deixa a gente desanimado. Fora isso eu passei por muitos perrengues na minha vida nos últimos anos, perdi pessoas muito importantes e parece que agora que as coisas estão mais calmas na minha vida a minha ficha finalmente caiu… ou tá caindo… não sei. Então eu marquei consulta com o psicologo pra deixar minha cabeça em dia. Porque se a cabeça não tá legal, não adianta vc tratar o organismo. Eu quero muito ficar legal, ficar saudável. E eu tô me esforçando… fazendo a minha parte. Espero ter resultados porque deixa eu contar pra vcs… terapia não é o que eu esperava… Então, este Janeiro foi um mês de começar a tentar reorganizar as idéias e de voltar a dar mais atenção à minha saúde.

Fora isso eu tenho como sempre estudado para caramba para a prova da OAB, agora final do mês passado eu fiz minha inscrição novamente (lá vai grana) para o Exame de Ordem XXV e intensifiquei os estudos, aumentei a quantidade de horas que eu estava estudando diariamente e aumentei também a quantidade de informações que eu estava tentando apreender. Eu tenho mais dois meses e um pouquinho de estudos pela frente… a prova deve ser em Abril. Eu espero dessa vez pelo menos ir para a segunda fase… porque eu sinceramente estudei bem mais do que da última vez… daqui uns meses eu conto para vcs como eu me saí. Enquanto isso torçam por mim aí…

O que mais aconteceu em Janeiro? Teve crise de Febre Amarela em São Paulo… teve campanha de vacinação… até o momento deste post eu ainda não tomei a vacina, mas tô pensando seriamente em tomar… Meu irmão tomou e teve uma pequena reação, mas foi de boa… mês que vem eu conto para vcs se eu tomei, se eu tive reação… quer dizer, assim eu espero, acabei de ouvir no jornal da Band que duas pessoas que tomaram a vacina morreram em decorrência da doença. Provavelmente porque já estavam com o vírus.

Teve feriadão prolongado em Sampa no aniversário de Sampa… eu aproveitei para fazer duas coisas, descansar e estudar. Não deu pra viajar… porque meus dois irmãos ficaram sem saber, ate o último momento se o Governador ia ou não dar a sexta-feira como ponto facultativo, acontece que ele deu… mas aí já estava em cima da hora. Uma pena, fica para a próxima. Enfim… Fevereiro começa a agonia do IPTU… vai ser bem agitado na Prefeiturolândia. Aliás, as últimas duas semanas já foram bem agitadas no trabalho… Eu acabei de fazer pela segunda vez minha inscrição para a primeira fase do Exame de Ordem. Eu tô achando que depois encarar Fevereiro e Março de IPTU, mais prova da OAB em Abril… eu vou precisar tirar umas férias, porque eu vou estar acabada.

Então acho que é isso… Vou terminando este post por aqui, voltaremos com outro post do gênero mês que vem se tudo der certo… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Desenho: Moana

MOANA

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… hoje é terça-feira… terça-feira é dia de falar de músicas, games e desenhos e hoje eu vou falar de desenho como vcs já devem ter percebido.

Faz tempo que eu não vou ao cinema ver as estreias e muito, muito mais tempo que eu não vou ver desenhos no cinema. Eu nem conseguir ir ver “A Bela e a Fera” e olha que era um filme que eu queria ter ido ver. Acabei vendo em casa mesmo, em DVD. E mais esse desenho da Disney era um que eu queria ter ido ver no cinema ano passado mas acabou que por falta da tempo eu não fui ver, saiu de cartaz e de novo eu tive que ver em casa em DVD hahahahaha.

Mas tudo bem, beleza porque se ver em casa não tem 3D e não tem a magia da telona, tem essas desvantagens eu confesso mas tem outras vantagens. Tais como ver várias e várias vezes quando vc acha que o desenho é bacana. Shao, não é desenho é animação… Ahhhh para né? É desenho e pronto acabou! E outra, o desenho é meu, eu chamo como eu quiser…

Voltando, Moana é a primeira princesa Polinésia da Disney. Parece que a Disney está firme na missão de criar uma princesa para representar cada etnia na terra. Não que eu seja contra. Muito pelo contrário… eu acho até legal. Mas eles deveriam sei lá, trabalhar um pouquinho mais na história porque de vez em quando eles pisam na bola. Anyway, foca no post Shao. Primeira princesa Polinésia. Moana é diferente de todas as outras crianças, ela quer ser uma exploradora e ela cresce com esse desejo e o pai dela, o chefe de seu povo faz de tudo para desencorajar a menina de seguir esse caminho.

E ele faz isso porque quando ele era jovem. Ele também queria ser um explorador mas um amigo querido dele morreu numa das tentativas de aventura dele. Com o passar do tempo vc começa a entender porque Moana quer tanto se lançar ao mar, primeiro porque o povo dela é um povo de origem exploradora e segundo porque ela é ‘a escolhida’.

O povo dela deixou de ser um povo explorador porque Maui, um semi deus roubou o coração da Deusa Te Fiti para dar aos seres humanos o poder de criar. Mas isto acabou despertando Te Ka a deusa da destruição e a ira de Te Ka está atacando o mundo e os mares e a escuridão espalhada pelo mundo está alcançando todas as ilhas conquistadas pelo povo de Moana.

Então… Moana é a escolhida dos mares para navegar até onde Maui está preso, convencê-lo a embarcar com ela numa viagem rumo à restaurar o coração de Te Fiti para salvar todas as ilhas e terras do mundo. E mesmo contra a vontade dos pais. Moana parte sozinha (ou quase) nesta viagem. E eu não vou falar mais nada sobre o desenho porque eu acho que vcs tem que ver. É uma história que consegue ser ao mesmo tempo divertida e emocionante. É um dos desenhos mais bacanas dos últimos tempos da Disney… uma pena ele não ter sido tão divulgado, ele não ter tido uma recepção boa da crítica… porque é um desenho muito, muito bacana!!! Eu recomendo!

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Laércio, o porco.

banner

Laércio era um porco… sim, um porco. Um porquinho, animalzinho, que vivia na fazenda e morava no chiqueiro. Ele se lembrava de nascer, no meio de uma ninhada com tantos outros porquinhos e se lembra de sempre, sempre ter sido o maior de todos eles. Até o dono da fazenda e o veterinário que ele chamara se espantaram com o seu tamanho para tão tenra idade. É um baita porco esse meu amigo, disseram o veterinário ao fazendeiro, eu se fosse você o colocaria separado depois dele desmamar e criaria para ser um reprodutor, esse tem futuro.

Futuro, que palavra engraçada, para um porco, hoje Laércio sabia disso, o futuro geralmente era o açougue em forma de linguiça, toucinho, bacon entre tantas outras coisas. Não era, vamos e convenhamos um futuro brilhante e desejado. Era mais um destino, terrível e inevitável. Para Laércio entretanto as coisas prometiam correr de forma diferente… para Laércio o futuro, parecia um pouco menos sombrio…

Depois que Laércio cresceu um pouco (um pouco mais que seus irmãos de ninhada) e desmamou, foi afastado da mãe e dos irmãos e colocado num cercado só para ele… do lado de outros três porcos, ‘os premiados’ como eram chamados. Era os porcos reprodutores do fazendeiro. E Laércio iria crescer para ser um deles… Sentiu-se sozinho e com frio nas primeiras noites, chorou, resmungou… o fazendeiro lhe colocou mais feno para dormir e lhe deu mais comida e uns tapinhas na cabeça, mas não o colocou de volta no cercado com sua mãe e irmãos.

Se acostume com a solidão meu amigo… ela vai ser sua companheira daqui em diante, disse um porco malhado, muito maior e muito mais velho que morava no cercado do lado. Laércio achava que ser um dos ‘premiados’ ia fazer sua vida melhor que a dos demais porcos da fazenda. Logo descobriu que não era bem assim… como os demais porcos eles também estavam ali para servir aos interesses do fazendeiro.

Laércio não tinha amigos, não saia para passear, a não ser quando tinha que sair do cercado para fazer seu trabalho de reprodutor. Nunca entretanto vira um sequer dos seus filhos. Todos os outros porcos, os que iam virar toucinho e os seus vizinhos privilegiados de cercado carregavam aquele ar sereno. Estavam todos conformados com suas sinas, suas vidas, seus futuros, fossem essas vidas mais curtas ou mais longas… eles pareciam não perder um minuto sequer pensando ou filosofando sobre a vida como ele o fazia de vez em quando.

Pensar não é para porcos. Decretara o gigante malhado do cercado ao lado e os outros grunhiram sua concordância. Mas o que Laércio podia fazer? Deixar de pensar? Como um ser simplesmente deixa de pensar, de questionar. Era apenas mais um porco, mas… um porco pensante. E não sabia ser diferente. Os outros porcos lhe torciam os focinhos. O achavam estranho. Você é diferente Laércio! O fazendeiro lhe dissera com um tapinha na cabeça.

Diferente como??? Será que o fazendeiro sabia que ele era um porco pensante? E ser diferente era bom??? Os outros porcos pareciam achar que não. O fazendeiro parecia achar que sim. Laércio não sabia. Não se decidira ainda. Um dia o neto do fazendeiro se aproximara do seu cercado, escalara a cerca e ficara horas a fio observando-o. E ele, sem muito mais o que fazer, observava o humano de volta. Depois de horas, o moleque se cansara e fora ao encontro do avô que passava por lá.

Esse porco é diferente. Disse ao avô. Sim, esse é o Laércio, meu melhor porco reprodutor. Disse o avó com um sorriso benevolente para o menino. Sim, mas ele é bem mais que isso. Continuou o menino. Verdade? Indagou o velho. Sim, continuou o menino… ele é bem mais inteligente que os outros porcos. Fiquei horas olhando pra ele e ele me olhava bem nos olhos. Ele tem os olhos inteligentes… é como se ele estivesse pensado profundamente enquanto olha para você. Os outros tem os olhos mais mortos, mas parados… Eu acho ele legal! O avô riu alto, você tem uma baita imaginação camarada!

Laércio ouviu essa conversa e ficou animado, alguém percebera que ele pensava, que ele era diferente e achava aquilo legal!

Continua…

 

Causos de Família: O carrinho de bebê na rampa do mercado…

D5E717EF-9864-4509-901B-C6E8BA381244.png

Fala terráqueos, como vão vcs? Eu tô legal, hoje foi um dia bom para mim, apesar de ser uma segunda-feira. Segunda-feira geralmente no meu mundo não é um dia bom, eu sei que vcs estão lendo isto num domingo, num final de semana… mas para mim é segunda. E hoje, apesar de ser uma segunda, e ser um dia que devido à greve dos correios despencou gente lá na Prefeiturolândia… foi um dia sossegado, não apareceu (enquanto eu estava lá pelo menos) nem uma pessoa chata para me azucrinar e toda a vez que eu tenho um dia assim, onde eu tenho que atender um monte de gente mas todas pessoas minimamente educadas… já foi um dia bom.

Hoje foi um dia bacana também porque eu finalmente acordei não me sentindo doente. Desde sexta passada que eu tô legal. E finalmente também, depois de duas semanas eu consegui fazer todas as coisas que eu tinha anotadas na minha agenda para fazer. Então o dia rendeu para caramba e aquela exaustão que eu estava sentindo nas últimas duas semanas não se manifestou então eu estou bem contente. Espero amanhã conseguir manter o ritmo.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar neste post… Hoje é dia de… mais um conto, mais um causo que aconteceu comigo e com meus irmãos quando eles eram pequenos e eu era adolescente. Quem tem duas crianças pequenas em casa vai entender bem do que eu estou falando… os meus irmãos tem quase um ano e meio de diferença de idade entre eles, quando o Cezar nasceu o Carlos tinha um ano e cinco meses… e o Carlos ficou por um bom tempo morrendo de ciúmes do Cezar tanto que quando a mãe voltou do hospital ele ficou uma semana sem querer ir sequer no colo dela achando que ela tinha trocado ele pelo bebê novo hahahaahha.

Normal, ele era o bebê e tinha três adultos babando nele, de repente ele deixou de ser o centro das atenções. Eu tentei para caramba na época dar bastante atenção para ele para ele não sentir tanto, mas… não adiantou muita coisa. E quem tem duas crianças pequenas, com idades bem próximas em casa sabe o trabalho que dá ficar de olho nos dois o tempo todo… uma hora vc se distrai e tragédias acontecem. Felizmente esta história é uma com o final feliz mas… poderia ter sido um final horrendo.

Quando o Cezar tinha uns seis meses, ele ficava em pezinho no berço, mas ele não andava sozinho, e ele sempre foi um bebê grandão, então… quando a gente saia na rua com os dois, ele geralmente ficava no carrinho de bebê. Um dia… fomos eu, minha mãe e os dois no Supermercado aqui perto de casa, fazer a compra do mês e minha mãe era deficiente então ela não conseguia carregar muito peso nem nada, e a gente não tinha carro, então quem tinha que pegar as compras e empurrar o carrinho e carregar tudo era eu.

Então nós fomos no mercado e depois de comprarmos tudo estávamos guardando as coisas no carrinho de feira para levar para casa, quer dizer, eu estava segurando o carrinho onde o Cezar estava dormindo e segurando a mão do Carlos enquanto a mãe estava arrumando o carrinho que eu iria carregar de volta para casa… Então a minha mãe vira pra mim e diz: Larga esse carrinho aí e me ajuda a guardar as coisas aqui… Daí eu falo pro Carlos… que tinha uns dois anos e pouco na época… e mando ele segurar no carrinho e ficar quietinho ali que eu ia ajudar a mãe… E a gente estava há dois passos de distância deles…

E estávamos as duas ocupadas ajeitando as coisas, daqui há pouco a gente escuta um grito, uma comoção e a gente olha para ver o que estava acontecendo. O Carlos estava sozinho perto de mim e cadê o carrinho de bebê com o Cezar??? O danado do Carlos tinha empurrado o carrinho, na rampa do mercado… na rampa que ia dar para a rua… para a avenida que passava ônibus, carro, caminhão… mano!!! Ninguém viu ele empurrar o carrinho, e ninguém viu o carrinho descendo a rampa e indo parar no meio da rua.

Graças ao bom Deus, o carrinho não tombou, não derrubou o Cezar e não estava passando nenhum carro, a avenida estava parada no momento. Daqui a pouco vem uma mulher, empurrando o carrinho de volta, rampa acima… perguntando “De quem é esse bebê?” minha mãe vendo o que tinha acontecido… chegou ficar com as pernas bambas, sério ela quase caiu eu tive que segurar ela porque ela ficou branca que nem uma folha de papel. Daí eu peguei o Carlos, peguei o carrinho. Ela pegou o carrinho do Cezar e pegou ele e ficou vendo se ele tinha se machucado…

Ele dormindo estava, dormindo ele permaneceu ahahahahaha… sério, ele nem acordou. Depois quando a gente chegou em casa foi que a gente descobriu o que tinha acontecido. Depois de sentar e conversar com o Carlos que a gente descobriu que tinha sido ele que tinha empurrado o carrinho na rampa… e quando a minha mãe perguntou porque ele tinha feito aquilo ele simplesmente disse: “Cezar foi passear.”

Ele simplesmente, ficou empurrando o carrinho para lá e para cá… brincando com o carrinho e ele achou que seria divertido ver o carrinho descer a rampa e ele achou que o Cezar ia se divertir também hahahahaha. Hoje em dia a gente dá risada relembrando esta história, mas no dia foi desesperador, na hora então vc pensa… Meus Deus a morte passou pertinho!!! Por isso e por outras eu digo… dois olhos em cima das crianças às vezes é pouco!!!

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao