surviving

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Terceiro e último filme desta sexta-feira. Eu baixei este filme achando que era um filme de terror, eu nem li as descrições do filme. Eu só baixei o arquivo e ele ficou até hoje no computador e eu resolvi assistir, hoje… sério, eu estou escrevendo enquanto estou assistindo o filme… e no final das contas… não é um filme de terror, não é um filme de comédia…(embora tenha momentos cômicos e de ter sido classificado como comédia), é um filme de drama…

O filme começa com o Padre Morris reclamando de ter que ouvir as confissões das pessoas… de como ele detesta ter que ouvir as confissões das pessoas. Com o passar do filme vc percebe que o padre está bastante descontente e desanimado com a sua posição de padre. Talvez ele esteja se questionando sobre a sua vocação… e isto acaba se refletindo no descontentamento que ele está sentindo ao executar as suas funções de pároco.

Então num dia em que ele está lá, extremamente entediado ouvindo as confissões das pessoas… uma adolescente pentelha e um padre veterano vão até o confessionário se confessar com ele, entre outras pessoas e ele começa a questionar sua própria vida, suas escolhas e o porque dele estar tão infeliz com a profissão que ele mesmo escolheu acreditando que era a sua vocação.

O filme tem um ritmo bem lento, ele tem apenas um cenário que é dentro do confessionários e poucos personagens, e muitos e muitos diálogos. então já vou avisando que não é todo mundo que vai curtir o filme por conta deste ritmo lento. Mas o filme é para fazer a gente refletir sobre o fato de que a vida de todos nós é feitos de escolhas equem nem todas as escolhas que fazemos vão ter o resultado que esperávamos mas que também é nossa escolha continuarmos naquela situação ou fazermos alguma coisa para modificarmos as coisas. E refletir sobre a natureza do ser humano.

No final das contas é um filme para fazer a gente pensar. E sempre é legal pensarmo um pouquinho não é mesmo? Não… mentira… na verdade não é não… é chato pra caramba. E às vezes a gente só quer assistir um filme bem idiota que não nos obriga a usar nosso intelecto. Este infelizmente, ou felizmente não é um deles… e eu recomendo ele para caramba.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao