uber

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Como eu sempre digo aqui no blogue, e na vida, eu amo a tecnologia, quando ela funciona. Vejam bem, desde que surgiu o Uber e uma onde de aplicativos de transporte particular que são alternativas ao transporte público, carona de amigos e táxis que eu sempre amei a ideia. Quando aqui em São Paulo, os taxistas, a câmara do vereadores e até mesmo o prefeito começaram a querer boicotar o serviço eu achei o fim… porque o mundo evolui e não aceitar a evolução é ficar para trás.

Mas eu como toda a tecnologia tem seu defeito. O grande defeito de toda a Tecnologia por trás do Uber é que ela lida com o ser humano. Tanto os motoristas quanto os passageiros sofrem deste mal… a humanidade. E existem pessoas boas e pessoas más. Vira e mexe hoje em dia vc liga a TV e vê casos de motoristas que mataram e estupraram passageiros, vc vê casos também de passageiros que tentaram aplicar o golpe em motoristas… Eu raramente assisto TV ultimamente porque é tanta desgraça que me deixa deprimida. Mas, infelizmente, do ser humano nós podemos esperar qualquer coisa.

Então deixa eu contar para vcs o que aconteceu comigo um dia desses aí. De vez em quando nos finais de semana, meu pai sobe aqui em casa para passar o dia com a gente, almoçar junto, assistir um filme. E dia desses (não lembro quanto tempo faz) ele veio, passou o domingo aqui e então, como sempre eu chamei um Uber para levar ele para casa, e ele prefere pagar as coisas em dinheiro… a corrida, da minha casa, na casa dele (pouco mais de 3 KM) não dava nem 10 reais, acho que ficava por volta de 6 reais. Se ele pegasse um táxi, ficaria uns 20 reais (sério, domingo depois da seis da tarde, bandeira 2 e o caramba). Sacanagem não?

Mas eu não deixei por menos, foi a primeira vez na vida que eu tive problema com o aplicativo, e eu uso o Uber (e outros apps de transporte) desde que a então novidade chegou no Brasil. Logo eu nem fazia ideia como é que eu tinha que fazer para reclamar. Mas lá no aplicativo do Uber mesmo tem a área de reclamação. Não tem a opção “motorista cobrou, recebeu e marcou que eu não paguei a corrida” na lista de opções deles, mas eu procurei a opção mais parecida e fiz a denúncia…

Fora isto eu entrei na internet e procurei um e-mail para o qual eu pudesse fazer a minha reclamação mais detalhadamente, explicar o caso e tal… Encontrei o e-mail e mandei toda a história. Resultado… eu tive que pagar a corrida novamente, o aplicativo tá programado já para cobrar e é um mecanismo de segurança do próprio aplicativo para os motoristas não tomarem calote. Mas a Uber me deu uma espécie de bônus e na viagem seguinte, que ficaria o dobro do valor que eles me cobraram e eu pude fazer uma corrida de 20 reais de graça…

O Uber levou ele pra casa, deixou ele lá e cobrou seis reais dele. Meu pai deu 10 reais pro cara e mandou ele ficar com o troco e saiu do carro e entrou em casa. O salafrário do motorista do Uber pegou os dez reais do meu pai e marcou lá no aplicativo que meu pai não tinha pago a corrida. Não demorou nem dez segundos o aplicativo do Uber me avisa, e ainda me manda um e-mail, dizendo que eu não tinha pago a corrida e que seria pago na próxima vez que eu pedisse um carro.

E o motorista Shao? O que aconteceu com este sujeito? Não sei galera, não sei se a Uber baniu ele ou outra coisa. Só sei que eu tirei um print da cara dele e dos dados dele e se eu chamar o Uber novamente e for o diacho do motorista, eu cancelo sem dó nem piedade. Graças a Deus que foi um prejuízo de 4 reais apenas… Um mau caráter desses certamente deve ser capaz de coisas piores. Podia ter feito algum mal ao meu pai. Graças a Deus, dos males o menor.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao