reileao

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Segundo filme desta sexta é o aguardado Live Action de “Rei Leão”. A animação da Disney que marcou a infância de tantas crianças… transformada em filme… causou o maior alvoroço. Tanta gente queria ver que logo de cara nas primeiras semanas estava tudo esgotado, não dava nem para comprar ingressos.

Meus irmãos estavam doidos para ver porque foi um dos desenhos animados da Disney que marcaram a infância deles. É até hoje um dos desenhos animados favoritos do Cezar. Mas quando a gente foi no cinema comprar os ingressos, não tinha mais ingressos… todas as sessões estavam lotadas, a gente acabou assistindo Homem Aranha – Longe de Casa.

Na semana seguinte conseguimos ingressos e fomos assistir. E a história é basicamente a mesma da animação dos anos 90, claro, com algumas mudanças. Conta toda a história do ciclo da vida, de como os animais e a natureza estão integrados e como todos fazem parte de ciclo e conta esta história através dos olhos do leãozinho Simba, filho mais velho de Mufasa, o líder de um bando de Leões que tem como missão na vida aprender a ser um bom líder para manter o equilíbrio do ciclo da vida.

A história todo mundo conhece, não é mesmo? Assim como outros Live Actions que a Disney tem lançado recentemente, o que move a audiência a ir assistir um filme como este é o desejo de ver em filme aquela história vista e revista tantas vezes no formato de animação. E a gente quer ver como é que a Disney vai fazer para transformar esta animação em filme. Eu mesma fiquei ansiosa aguardando “Alladin” e “A Bela e a Fera” e nenhum desses Live Actions me decepcionou… eles não eram exatamente iguais à animação mas fizeram um bom trabalho na adaptação em filme para as animações.

Agora com “Rei Leão” o desafio era bem maior, como fazer para trazer à vida os simpáticos personagens do desenho tão amado por tantas pessoas usando a Tecnologia e ainda parecer verossímil? Grana tinha… o longa custou cerca de 260 milhões de dólares para ser produzido. Mas será que a versão em live action dos personagens seria tão bacana quanto a versão animada? Então… o filme foi um sucesso indiscutível de bilheteria, até o momento que eu estou escrevendo este texto a arrecadação das bilheterias já passou da casa do bilhão… o filme já arrecadou mais de um bilhão e seiscentos milhões de dólares.

Mas… o resultado dos personagens criados pelos designers da Disney desapontou um pouco alguns dos fãs. Os designer tinham duas escolha, humanizar os animais… ou não trabalhar tanto nas expressões faciais dos animais para deixar as coisas mais semelhantes aos animais da floresta. E eles escolheram a segunda opção. O trabalho deles foi impressionante, vc olha a imagem do leão e vc sabe que não é um leão de verdade, que ele foi criado por computação gráfica e vc pensa, Uau que trabalho massa… até que o leão, ou outro bicho qualquer, começa a falar… e é então que entra a decepção.

E deixa eu explicar porque. Eu entendo vc não querer humanizar demais os bichos, porque senão fica ridículo, mas… eles acabaram escolhendo o outro extremo… Mesmo os animais não possuindo as mesmas expressões faciais dos seres humanos, dentro da particularidade de cada espécie, eles tem sim, as suas expressões… de dor, de cansaço, de fome. Acontece que os animais do live action tem tão pouca expressão que a maior parte do tempo eles acabam parecendo robôs. Então o filme ficou, para mim pelo menos, extremamente mecânico. Mas esta é só a minha opinião. Meu irmão, que ama “O Rei Leão” curtiu o Live Action e saiu da sala de cinema feliz. Eu acho que cada um vai ter uma experiência diferente com o filme…

Se vcs quiserem se arriscar, a história é a mesma e as imagens são lindas. Eu acho que esta versão presta uma homenagem bacana ao original e vale a pena ver o filme só por isso… Daí, vcs decidem se os personagens ficaram mecânicos demais, ou se eu não tenho razão nenhuma e tô reclamando sem razão de ser.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao