theinnocentman

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Eu continuo atrasada para um caramba nas postagens aqui, eu cheguei no momento ao cúmulo de ter menos de 60 posts agendados com antecedência aqui para o blogue. Mas é que nas últimas semanas eu tenho andado deveras atarefada durante os dias da semana e não tenho ficado em casa nem nos finais de semana, eu espero que as coisas se acalmem um pouco mais nas próximas semanas e por conseguinte espero ter mais tempo para escrever.

Mas, como sempre nem era disso que eu queria falar no texto de hoje. Quinta feira é dia de falarmos de séries… e hoje mais uma vez vamos falar de uma série original da Netflix de 2018, chamada “Inocente” (ou “The Innocent Man” no original em inglês) que por sua vez foi baseada num livro de 2006 do escritor John Grisham. E o John Grisham escreveu este livro baseado em dois casos reais que aconeceram na cidade de Ada em Oklahoma entre 1982 e 1984. Onde dois homens, Ron Williamson (condenado à prisão perpétua), Dennis Fritz (condenado à pena de morte) foram condenados pelo estupro e morte da vítima Debra Sue Carter. E outros dois homens Tommy Ward e Karl Fontenot foram condenados (á pena de morte – sendo que no caso de Tommy Ward sua sentença posteriormente foi modificada para prisão perpétua) pelo sequestro e assassinato de Denice Haraway. 

Entretanto todo o caso , julgamento e condenação dos três homens foram baseados em confissões falsas arrancadas deles através de métodos não muito ortodoxos praticados pela polícia local. Não é a primeira série que fazem sobre o tema. Cada vez mais casos vem pipocando na mídia americana. Tem virado séries, filmes e documentários. Diversas sentenças estão sendo revistas, muitas pessoas que ficaram anos, até mesmo décadas presos. estão sendo inocentados com ajuda de novas técnicas científicas de investigação e estão sendo libertados. Este é mais um desses casos.

E nessa  série documental vc pode acompanhar os casos, a revisão de provas… No segundo caso, na morte de Denice Haraway quando o corpo da moça foi encontrado em 1985, quase um ano após seu desaparecimento a causa da morte não tinha nada a ver com a confissão dos dois acusados eles disseram que mataram ela de uma determinada forma, mas a autópsia apontou uma causa mortis completamente diferente. Eu não quero ficar dando muitos detalhes dos casos para não dar spoiler em quem quer assistir a série. Mas assim, se vcs curtem True Crime esta é mais uma série que vcs não podem deixar passar batido. Tá na Netflix… é só ir lá e assistir se vc tem assinatura, é claro. Euzinha recomendo pra caramba… até mesmo porque os casos ainda estão em andamento… 

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao