solitario

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Eu to bastante cansada hoje, mas estou legal. Eu trabalhei pra caramba hoje, dei um pequeno mau jeito nas costas… de novo… no mesmo lugar que eu tinha machucado antes. Vou ter que ir no ortopedista mesmo não vai ter jeito, tô postergando isto toda hora, mas… já não dá… a boa da semana é que minha dermatite tá bem melhor… espero que ela continue assim até meu retorno com a dermatologista.

Mas nem era disso que eu queria falar no texto de hoje. Então vambora falar do título do texto de hoje. Esses dias eu estava pensando na vida. Eu faço muito isso, quando eu tô desocupada… sabe aquela máxima, cabeça vazia oficina do diabo? Pois é… e isso é bem verdade. Especialmente para mim… porque eu fico sempre pensando bobagem. E quando eu fico assim pensando muito nas coisas, na vida… a tendência é eu ficar triste e chateada. Minha mãe sempre me disse que eu pensava demais… ela dizia, vc tem que pensar menos nas coisas. Mas eu não sei, pensar menos… não dá… não é da minha índole. E certas coisas, por mais que nos esforcemos não tem como tirarmos do nosso ‘jeito de ser’.

Mas eu prometo pra vcs que dessa vez não foi ruim ter parado para pensar demais. Eu cheguei à uma conclusão bem legal. Primeiro eu fiquei pensando assim, caraca que ano zoado. Tudo, simplesmente tudo que eu comecei a fazer este ano deu errado. E quando vc tem um ano assim, a tendência é vc ficar desanimado. Some-se à isto o fato de que foi um ano em que raros foram os dias que eu acordei me sentindo bem, sem nenhuma doença me perturbando. Tem sido um ano complicado…

Mas, apesar dos pesares, eu geralmente sou uma pessoa otimista, eu sempre tento olhar o lado bom das coisas… quer dizer, quando não estou ocupada, ou pensando demais e me preocupando demais com as coisas. De vez em quando não dá claro… mas geralmente sim. E pouco depois do meu aniversário eu estava aqui conversando com meus botões. Pensando em como esse ano tá complicado, o que me levou a pensar em quantos outros anos complicados eu já tive na minha vida…

Entretanto, uma coisa bacana de ser “uma pessoa pensativa” como a minha mãe me chamava, é que vc também pensa em coisas boas. E uma das coisas boas que eu me lembrei neste momento que eu estava pensando na vida foi que… apesar dos pesares… de todas as complicações. Eu também fiz muita coisa bacana na minha vida, eu já realizei muitos dos meus sonhos… Claro… não todos… Ainda tenho diversos que ainda me faltam realizar… Mas eu me considero uma pessoa bastante abençoada, eu me lembro de tempos em que eu queria ter um monte de coisas que eu tenho hoje…

E quando a gente fica focado apenas nas coisas ruins a gente se esquece dessas coisas. A gente esquece das coisa boas, e das nossas vitórias… das nossas conquistas. E vcs galera?? Eu vou deixar esta pergunta aqui para vcs… quantos dos sonhos que vcs tinham quando crianças e adolescentes vcs realizaram? Espero que muitos… e eu espero que a lembrança dessas vitórias possa empurrar vcs para novas conquistas.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao