searching

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Terceiro e último filme de hoje, é mais um suspense/policial… e sério, eu deixei o melhor para o final. Meu amigo Luiz Fernando (beijus lindão) tinha me indicado este filme fazia um tempão e ele tava lá no meu PC e então eu resolvi assisti-lo neste final de semana e que filmão do caramba hein???

Mas vamos começar pelo começo… “Searching” (ou “Procurando” numa tradução livre) é um filme de suspense de 2018. Relativamente recente então eu vou tentar não dar spoiler em vcs. Ainda mais que é um filme de suspense e qualquer coisinha que eu falar para vcs pode estragar toda a experiência. Uma das coisas bacanas desse filme é que o expectador assiste ao filme do ponto de vista de quem está num computador, num tablet ou num celular… o filme foca nisso e procura mostrar, ao mesmo tempo que conta a história de uma família, como muitas vezes nós vivemos muito mais online que offline. E como nossas vidas offline podem se tornar vazias, quando focamos demais nas coisas online ou ainda… como aquilo que aparece nas nossas redes sociais pode não refletir realmente nossas vidas fora da internet.

E a história do filme é mais ou menos assim: Comecinho do filme conta a história de David Kim e sua família… de como eles eram uma família feliz até que sua esposa é diagnosticada com câncer e apesar da luta da família ela acaba falecendo. Daí para frente, são apenas David e sua filha Margot. A saga online continua acompanhando David e Margot até que garota entra para a faculdade (mas ela continua morando em casa). Até que um dia… sem mais nem menos a filha de David desaparece e depois da polícia não investigar o caso como se deve o próprio David começa por conta própria investigar toda a vida, amigos online da filha para descobrir alguma pista do que pode ter acontecido com ela.  

E eu não vou falar mais nada da história do filme porque eu não quero MESMO estragar a experiência de assistir este filme para vcs. Vcs simplesmente tem que acompanhar, passo a passo o que David faz para refazer as pegadas digitais que Margot deixa pela internet, cada interação que ela faz com diversas pessoas… descobrir pistas pequenas, médias e grandes para desvendar o que aconteceu com a filha. Tudo, absolutamente tudo, pelo ponto de vista dos dispositivos eletrônicos que hoje comandam a vida moderna. É um puta filmão… um dos melhores filmes que eu vi este ano… Recomendo para um caramba para vcs.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao