frankjr

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Vamos de novo falar de desenho animado velho??? Vamos tia Shao!!! Vamos de novo falar de desenho animado da Hanna Barbera porque a gente é fã e eles mandavam na porra toda em tudo no mundo dos desenhos animados, especialmente nos anos 60?? Vamos tia Shao!!! E o desenho escolhido de hoje é Frankestein Júnior.

Eu já falei aqui do desenho “Os Impossíveis” que é um dos meus desenhos favoritos, e eu me lembro que este outro desenho “Frankenstein Júnior” era exibido junto com ele… eu não lembro em qual canal eu assistia, mas eu lembro bem que passava “Os Impossíveis” e depois passava “Frankenstein Júnior”.

É um desenho de 1966 que tem 18 episódios de mais ou menos sete minutos cada episódio e ele fou baseado claro no livro da autora Mary Sheley o Frankestein original, mas com uma linguagem maos high-tech (pra época) e tentando trazer a história para uma linguagem que as crianças entendessem… ele que conta a história de um garoto chamado Bob (no original o garoto se chamava Buzz Conroy) que é gênio e cientista que junto com seu pai que também é um coentista gênio criam um super robô ao qual eles dão o nome de Frankenstein Jr (ou Frankie para os íntimos hahahaha) e com a ajuda deste robô gigante eles combatem o mal na figura de diversos super vilões que ameaçam a terra e a sociedade. E ele era ativado pelo garoto Bob através de um anel que ele usava.

Os poderes de Frankie eram…  voar usando os jatos embutidos em seus pés, lançar raios poderosos pelos dedos das mãos. E toda a vez que rolava alguma confusão Bob acionava seu anel, sentava no ombro de Frank e lá iam os dois lutar contra o mal. Um dos pontos altos do desenho aliás era a amizade entre o robô e o garoto.

Muitos críticos e fãs na época diziam que o robô Frankie era uma cópia de outra animação da época o robô Gigantor (que por sua vez havia sido criado inspirado num anime japonês chamado Tetsujin – nesse mundo nada se cria, tudo se copia não é mesmo???). O desenho fez algum sucesso na época com a garotada, mas ele acabou sendo cancelado em 1968 porque os pais achavam o desenho muito violento e tinham medo que isso levasse as crianças a apresentarem algum tipo de agressividade em seus comportamentos. Eu particularmente curtia pra caramba este desenho… deixa aí nos comentários se vc se lembra deste desenho.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao