falcão azul

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… hoje é aquele dia da semana, que todo mundo adora… pelo menos é essa a impressão que eu tenho pelo número de acessos ao blogue (aumenta para caramba), que é aquele dia que falamos de desenhos animados e como esta que vos escreve é quase uma pessoa de meia idade geralmente de desenho velho. A bola da vez do dia é “Falcão Azul e o Bionicão”, mais uma animação da Hanna Barbera.

Essa animação é do ano que eu nasci, de 1976. Ele teve duas temporadas e vinte episódios de mais ou menos 30 minutos cada… Se eu não me engano ele foi ao ar no Brasil na Record, no SBT, na Globo e na Bandeirantes. Uma curiosidade do desenho animado é que o nome original é “Dynomutt, Dog Wonder” – que foi traduzido em alguns momentos como “Dinamite – O Bionicão” mas que ao pé da letra quer dizer “Dinamite – O Cão Maravilha”. Ou seja, o cachorro é o personagem principal desta animação e não o Falcão Azul como poderia se esperar.

O Bionicão é uma versão robô do futuro do medroso Scooby-Doo. Inclusive tiveram vários cross overs entre a galera do Scooby-Doo e o Falcão Azul e o Bionicão. Enquanto o Falcão Azul é uma espécie de Batman, o Bionicão é o seu Robin cibernético em forma de cachorro. E eu digo que o Falcão Azul é uma espécie de Batman porque ele não tem nenhum super poder. Ele tem apenas um monte de gadgets no seu falcomóvel. Ele tem até mesmo um cinto de utilidades como o do Batman.

Já o seu cachorro andróide o Bionicão é uma máquina com diversos equipamentos que concedem a ele várias habilidades… O desenho fez um certo sucesso, chegando a ser lançado também em quadrinhos e ter sua linha de brinquedos, mas não alcançou o mesmo sucesso do seu “primo” Scooby-Doo. Eu não sei porque, mas era um dos meus desenhos favoritos quando eu era criança.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao