homemformiga

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Mais uma sexta-feira. Bora falar do nosso assunto favorito das sextas-feiras. E o primeiro filme de hoje é mais um da saga MCU da Marvel. Eu estou vendo, aos poucos, todos os filmes da Saga dos Vingadores… os que eu já vi eu estou revendo e os que eu pulei de ir ao cinema ver eu estou finalmente assistindo e o primeiro filme de hoje é um desses que eu ainda não tinha visto.

Bola da vez é “O Homem Formiga”. Antes de mais nada deixa eu dizer que quando lançou este filme nos cinemas eu não tive o menor interesse de ir vê-lo porque eu não conhecia este herói da Marvel. A única coisinha que chamou a minha atenção foi a presença do Paul Rudd como protagonista do filme. Eu gosto dele pra caramba, acho ele uma gracinha além de muito bom ator. E eu assisti esses dias e deixa eu dizer para vcs. Eu me arrependi de não ter ido ver nos cinemas. O filme é muito bacana… o Paul Rudd manda muito bem e o roteiro é bem leve e engraçado. E para quem não viu eu recomendo grandemente que veja.

Para quem ainda não viu… A história do filme é mais ou menos assim… Hank Pym (interpretado pelo veterano Michael Douglas) é um cientista genial que cria um soro chamado Partículas Pym enquanto trabalha com a S.H.I.E.L.D. Acontece que Hank descobre que a organização se corrompeu e resolve abandonar a equipe e levar a sua criação com ele porque ele acredita que essas partículas, se caírem em mãos de vilões pode ser perigoso. As Partículas Pym são o que possibilitam Hank se transformar no Homem Formiga… ficar diminuto ou gigante. Hank então foge e decide manter a sua criação em segredo.

Muitos anos depois conhecemos Scott Lang (interpretado pelo Paul Rudd) é um engenheiro elétrico genial que se meteu em confusões e crimes e foi parar no presídio. Depois de cumprir a sua pena ele tenta mudar de vida mas… não consegue… então para arrumar algum dinheiro para conseguir uma casa e poder visitar a filha nos finais de semana ele resolve fazer um último roubo e com o dinheiro criar a sua própria empresa de segurança, com seus amigos.

Numa dessas reviravoltas do destino, Scott acaba invadindo a casa de Hank. Ele arromba o cofre no porão e não encontra nada além da roupa do Homem Formiga e um capacete… achando aquela roupa estilosa ele acaba levando ela consigo. Já em casa ele resolve experimentar a roupa acionando acidentalmente o mecanismo que ativa as partículas Pym e ele encolhe, ficando do tamanho de uma formiga e quase morre. Morrendo de medo e sem saber o que aconteceu ele decide devolver a roupa para o lugar de onde ele a furtou, entretanto ele é pego em flagrante pela polícia quando tentava fugir do local.

Entretanto Hank e sua filha Hope (interpretada pela atriz Evangelline Lilly) resolvem limpar a barra de Scott e fazer uma proposta para ele… que ele seja o novo Homem Formiga porque Hank não tem mais idade para ser o super-herói. A princípio Scott fica relutante, mas então ele compra a ideia e Hank e Hope começam a treiná-lo para substituir Hank e impedir os vilões de desenvolver uma tecnologia semelhante à das partículas Pym e criar um exército de espiões minúsculos que são capazes de invadir qualquer local e causar um dano nunca antes imaginado.

Daí para frente eu não vou contar o que acontece porque eu não quero dar spoilers. O filme é bem bacana, ele tem um humor inteligente. As partes mais divertidas são as de Scott aprendendo a lutar e a usar seus poderes e a se tornar um super-herói com seu jeito bem humorado enquanto Hank e a filha Hope são mais sérios e sisudos, naquela vibe de cientistas. É bem legal… o destaque do filme é o Paul Rudd mesmo…

Depois de vê-lo interpretando o papel com o humor leve que ele faz eu me pergunto por que não escalaram ele anos antes para interpretar o Homem Aranha… o papel certamente cairia como uma luva nele.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao