capitamarvel

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Mais uma sexta-feira e como eu tô de férias ainda eu tô tentando colocar em dia a lista de filmes que eu tenho para ver. Tem um monte de filmes que eu baixo no PC e que eu quero ver e que acaba não dando tempo por este ou aquele motivo e agora que eu tô em casa levando as coisas de mansinho, sem me forçar a muita coisa…

E eu resolvi esses dias fazer maratona da saga dos Vingadores, rever os filmes que eu já tinha visto. Ver pela primeira vez os filmes que eu ainda não tinha visto… E um deles é o filme que vamos falar no texto de hoje. Que é “Capitã Marvel”. Depois do final de “Vingadores – Guerra Infinita” todo mundo foi ao cinema ver “Capitã Marvel” porque supostamente ela seria bem importante para o desenrolar dos próximos episódios da saga, mas eu não achei a premissa interessante o bastante para me levar aos cinemas… então eu esperei para ver agora…

Como eu disse, para começo de assunto a temática de um filme da Capitã Marvel, nunca me atraiu muito… Ainda mais sendo um filme de origem de super-heroína. Eu já conhecia das HQ’s a personagem da heroína Capitã Marvel a Carol Danvers. Para quem não sabe a história da Capitã Marvel está extremamente interligada com a história da Vampira, sim a mesma Vampira dos Mutantes mais famosos do mundo dos quadrinhos os X-men. E eu não vou falar disso agora neste post porque eu tô escrevendo aos pouquinhos um post só sobre este tema.

Mas bora falar do filme da Marvel mesmo. Eu vou tentar não dar spoilers apesar de que eu acho que quem tinha que ver este filme já viu. Ele fez bastante sucesso nas bilheterias do cinema entretanto aparentemente a atriz que interpreta a personagem principal não caiu muito nas graças do público. Eu particularmente gosto da Brie Larson como atriz, acho-a talentosíssima para caramba… infelizmente ela parece não ter conseguido acertar o tom da personagem… pode ser que ela melhore com o tempo… por enquanto os fãs da Marvel estão de nariz torcido para ela. Mas, a história do filme é mais ou menos assim:

A história se passa nos anos 90. De cara ficamos conhecendo Hala, a capital do Império Kree… uma civilização de guerreiros que possuem a Starforce, uma equipe militar que diz proteger o Universo e os demais planetas contra as forças do mal que eles chamam de Skrulls. Vers… (interpretada pela Brie Larson) é um membro dessa força tarefa. Ela é treinada pelo comandante Yon-Rogg (interpretado aqui pelo lindo do Jude Law). Vers sofre de amnésia e é atormentada por pesadelos depois de um suposto acidente onde You-Rogg a encontrou e a resgatou. Ele treina Vers e a ensina a controlar seus poderes, suas habilidades e seu gênio enquanto a Inteligência Suprema dos Kree tenta descobrir quem na verdade era Vers antes de perder a memória.

Depois de muitos treinos Vers finalmente é escalada para uma missão com a equipe de seu comandante. A missão deles é resgatar um agente disfarlado infiltrado num grupo de Skrulls. Os Skrulls são uma raça de metamorfos que estão há muito tempo em guerra com os Kree. Durante essa missão as coisas dão errado e Vers é capturada pelo comandante inimigo Talos. Eles se infiltram na mente dela à procura de alguma informação importante e de dentro da mente dela eles tiram as coordenadas da Terra. Chegando na Terra Vers consegue escapar… então ela começa a ter flashs se memória e ela acaba descobrindo que ela não é uma Kree que na verdade ela é uma terráquea e que em algum momento, por algum motivo ela foi levada do planeta seis anos antes.

Depois de muitos treinos Vers finalmente é escalada para uma missão com a equipe de seu comandante. A missão deles é resgatar um agente disfarçado infiltrado num grupo de Skrulls. Os Skrulls são uma raça de metamorfos que estão há muito tempo em guerra com os Kree. Durante essa missão as coisas dão errado e Vers é capturada pelo comandante inimigo Talos. Eles se infiltram na mente dela à procura de alguma informação importante e de dentro da mente dela eles tiram as coordenadas da Terra. Chegando na Terra Vers consegue escapar… então ela começa a ter flashs se memória e ela acaba descobrindo que ela não é uma Kree que na verdade ela é uma terráquea e que em algum momento, por algum motivo ela foi levada do planeta seis anos antes.

Na sua fuga ela acaba fazendo sem querer contato com a SHIELD e com o Agente Nick Fury. Vers descobre que a sua antiga professora da base aérea da aeronáutica era Kree e desenvolveu uma arma que pode acabar de uma vez por todas com a guerra. E que na sua memória apagada pode estar a localização secreta dessa arma que tanto os Kree quanto os Skrulls querem se apossar. Vers também quer descobrir nisso tudo quem ela era antes de perder a memória.

Vers acaba descobrindo que ela na verdade é humana, que seu nome é Carol Danvers e que no dia que seu avião caiu e ela foi considerada morta ela e a sua professora Mar-Vell tinham sido atacadas porque alguém queria roubar dela a fonte de energia que ativaria uma das armas mais poderosas do universo.

E eu não vou falar mais nada porque se vcs quiserem saber o que acontece vão ter que ver o filme. Como eu disse, muita gente reclamou da Brie Larson, falou que ela é a Capitã Mimimi… e que o filme é chato, é lacrador e blábláblá… Mas eu curti. Como eu disse também, falta talvez à atriz achar o tom da personagem… Fica parecendo que ela se acha demais ás vezes. Mas também, vamos e convenhamos, colocaram poder para caramba na mulher… uma certa arrogância seria de se esperar. Infelizmente vem a arrogância sem o charme do Tony Stark do Robert Downey Jr… mas, talvez as coisas melhorem nos próximos filmes.

Se eu recomendo o filme? Recomendo sim… é um filme de aventura, cheio de lutas e efeitos especiais. O visual dele é bem bacana, a trilha sonora maravilhosa, toda anos 90, grunge, quem curte essa época vai amar… É divertido. Vale a pena perder uma horinha e meia da vida com ele… Não é o melhor da saga… mas é legal pra gente conhecer quem é a Capitã Marvel até mesmo porque certeza que ela vai aparecer muito mais vezes em novos filmes aí.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao