preflogo

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Eu hoje tirei o dia para escrever… Hoje eu queria fazer um post um tanto quanto diferente, eu hoje gostaria de contar uma história para vcs que aconteceu comigo no meu trabalho. Não sei se vcs sabem mas eu trabalho na Prefeitura… e eu trabalho com a parte de impostos e reclamações. Ou seja, eu trabalho diretamente atendendo ao público… a gente prestas vários serviços, mas as reclamações e o IPTU são os principais.

E trabalhar com o público tem as suas agruras, mas tem seus lados gratificantes e divertidos também. Tem dias que eu passo muito nervoso, tem dias que eu bato boca com a galera, tem dias que eu consigo ajudar algumas pessoas… uma única coisa é certeza, nenhum dia é igual ao outro. Nenhum caso é igual ao outro. E esses dias… aconteceu uma coisa comigo que me deixou mexida. Depois de tantos anos trabalhando com o público… a gente fica meio “cascuda”, ou seja, não é qualquer história triste que alguém chega e te conta que te comove.

Com o passar dos anos vc aprende a discernir uma mentira de uma pessoa que realmente tá passando por um problema real. Então… é raro hoje em dia, eu atender uma pessoa qualquer e ficar comovida com a história que essa pessoa me conta. Acontece que, dia desses chegou uma senhorinha no meu guichê… uma velhinha de 92 anos. Ela é, negra, bem magrinha, de aparência bem frágil, voz mansa… Viúva, sem filhos… sem ninguém no mundo… e ela chegou pra mim explicando que o marido dela era isento do IPTU, mas ele havia falecido e então a Prefeitura havia cancelado a isenção dele… e lá estava ela, ganhando pensão e tendo que pagar um IPTU de 3500 reais anuais.

Eu peguei toda a papelada dela, olhei tudo, vi que ela tinha direito de pedir para si a isenção porque ela também era aposentada. Mas ela teria que fazer um monte de procedimentos complicados. Primeiramente ela teria que mudar o IPTU para o nome dela, então só depois ela poderia entrar com o pedido de isenção. Eu fui… durante meses… orientando ela a fazer tudo certinho. Primeiro ela me trouxe os documentos que eu pedi e eu protocolei o pedido de mudança de nome. Toca esperar 90 dias…

Passou três meses, o IPTU passou pro nome dela… então eu pedi outros documentos, ela trouxe e eu entrei com um processo de isenção. Toca aguardar 180 dias. Aguardamos… então quando foi em outubro do ano passado chegou a resposta concedendo a isenção pra ela. Aguarda mais 60 dias da publicação para chegar o novo carnê… e foi aí que começaram a sequencia de erros… Lá onde julgaram o processo… simplesmente não lançaram a isenção dela. Chega agora em fevereiro, chega o IPTU de 2019 cobrando novamente…

Eu, com o coração partido mando a senhorinha para a secretaria responsável… para eles corrigirem o erro e o que eles fazem? Mandam ela de volta para mim… O que eu podia fazer? Eu peguei a publicação do diário oficial e toda a documentação que ela me trouxe e mandei por e-mail pro meu chefe, que mandou pro chefe dele e foi aquele e-mail sendo repassado até chegar lá na secretaria e era um erro de lançamento… 15 dias depois as isenções de 2018 e 2019 são lançadas e a senhorinha volta para saber o resultado. O pessoal da secretaria liberou o dinheiro dela, em nome do falecido esposo e não no nome dela… toca eu mandar a senhorinha de novo pra Secretaria, dessa vez para solicitar a devolução do dinheiro.

Até o momento que eu estou escrevendo este texto ela ainda não retornou para eu saber se deu certo, se ela conseguiu a restituição. Mas pelo menos agora… ela está isenta. Agora pensa… era para ela estar isenta desde Outubro do ano passado. Sabe… isso me revolta pra caramba porque, é por causa deste tipo de coisa que funcionário público leva nome de vagabundo de relapso. Eu faço o meu trabalho direitinho, com toda a diligência para ajudar as pessoas que eu atendo. Infelizmente, na corrente burocrática que o pedido do cidadão tem que percorrer… nem todas as pessoas que trabalham tem o mesmo esmero com seu trabalho. Eu espero que ela finalmente consiga o dinheiro dela de volta… ela ganha pouquinho, certeza que vai ser uma grana bem vinda.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao