cartasdunblane

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Eu tô legal… terceiro e último filme de hoje para fechar o ‘dia dos documentários e dramas’ aqui no blogue. Eu prometo para vcs que semana que vem voltaremos com a nossa programação normal… chega de tanto filme triste… filme dramático e de crimes reais beleza?

Mas, nesta semana nós continuamos falando de temas reais, de tragédias e crimes reais que aconteceram e que nós esperamos que não voltem a acontecer novamente (como diz o velho ditado ‘a esperança é a última que morre’). Mais um documentário para a Netflix… este agora é o “Cartas para Dunblane”. Antes de entrar na temática desde documentário, deixa eu dizer para vcs que… para vcs compreenderem bem este documentário vcs tem que antes assistir ao anterior… Não é estritamente necessário mas é interessante vc fazê-lo e eu explico porque.

No post anterior falamos do documentário que trata do atentado armado à uma escola na cidade de Newtown em Conecticut e de como a sociedade local estava ( e está ainda) batalhando para se reerguer, especialmente mental e emocionalmente depois de enfrentar uma tragédia de 2012 onde morreram 28 pessoas. Neste documentário… eles vão contar a história da correspondência entre dois padres… Na cidade de Newtown o padre Bob Weiss foi uma das pessoas que mais trabalhou para amparar a comunidade e as famílias das vítimas que perderam seus entes queridos e ele conta como as cartas e conversas com o padre Basil O’Sullivan, que em Dunblane que em 1996 passou pelo mesmo com o ataque em morte de 16 crianças numa escola.

São muitos casos de atiradores em escolas, em shoppings, em igrejas, em cinemas… nas últimas décadas e este documentário conta como essas pessoas que passaram pela mesma situação de violência e perda e elas relatam como foi importante para elas a união com outras pessoas que sofreram perdas semelhantes, como isso serviu para dar forças para eles poderem superar o trauma, a dor da perda e se sentirem mais fortes, buscarem novos rumos para continuar com suas vidas mesmo com tamanha cicatriz nas suas vidas.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao