albertnobs

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Eu tô legal… Terceiro e último filme do dia. Espero que vcs tenham gostado dos posts de hoje. E já que na postagem anterior, estávamos falando de Glenn Close… e de como ela é boa atriz. Eu me lembrei de um filme antigo dela, de 2011 se eu não me engano. Mais um filme que ela fez um trabalho primoroso e foi indicada ao Oscar de Melhor atriz mas não venceu… duas injustiças na minha opinião. Ela merecia a estatueta pelos dois filmes.

O filme da vez agora é Albert Nobs e se vcs não assistiram, assistam porque é um filme muito bacana. Como não é um filme muito antigo, eu vou tentar não dar spoiler beleza? Bom, a história do filme é mais ou menos assim: Ele conta história de Albert Nobbs (interpretado como eu já disse, com brilhantismo pela atriz Glenn Close) é uma mulher que vive como um homem, ela escolheu viver assim porque era o único modo de ela conseguir um emprego digno na conservadora sociedade irlandesa do século XIX. E ela vive assim, fingindo ser o que não é por 30 anos. Albert é muito querido por todos e conhecido por sua dedicação extrema ao trabalho e por sua timidez. Durante esses trinta anos Albert guardou todo o dinheiro que ganhou para realizar um sonho, de comprar uma lojinha para si e viver sossegadamente na velhice.

A história de Albert é muito triste e ficamos sabendo dela conforme o filme vai se passando. Albert filha de uma prostituta e foi criada num convento. Mas as freiras a expulsaram do local quando ela tinha 15 anos após a morte de sua mãe. Vivendo na rua ela foi espancada e estuprada por um grupo de homens. Desde então ela para se proteger e para conseguir um emprego e sair das ruas começou a se vestir de homem e foi assim que ela viveu quase toda a vida.

Entretanto a pacífica vida de Albert começa a se abalar quando três novos funcionários começam a trabalhar no seu hotel. E eu não vou falar mais sobre eles porque eu não quero dar spoiler nos acontecimentos e no papel que eles representam em transformar a vida de Albert em algo complicado. Fora isso começa a ocorrer um surto de febre tifoide no hotel, deixando vários funcionários doentes e espantando os clientes. Albert fica doente mas se recupera, entretanto a morte de alguns personagens abalam Albert. E eu não vou contar o que acontece porque não quero estragar a experiência de quem queira assistir o filme.

É um drama, por conseguinte é muito triste. Não digam que eu não avisei vcs. O Abert sofre pra caramba a vida toda. O que me fez pensar… em gente que parece que nasceu nessa vida para ser azarado né? Tem gente que veio pra esse mundo só para se lascar. E o personagem Albert representa bem essas pessoas. A Glenn Close já tinha interpretado este papel no teatro em 1982 e depois ela passou 15 anos tentando transformar a história em filme porque ela acreditava que era uma história que precisava ser contada nas telonas. Então, de novo, recomendo pra caramba pra vcs. Peguem seus lencinhos e assistam.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao