8mmnew

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Eu tô legal… Bora falar de música hoje? Bora né? Sabe o que é que eu acho mais bacana nesses dias que eu falo de música. O mais bacana nem é falar das bandas que eu curto que todo mundo conhece, sempre é mais bacana quando a banda da vez é uma banda não muito conhecida.

8mm

Sabe por quê? Porque depois de certa idade a gente já construiu o nosso “gosto musical” e a gente tende a ficar dentro da nossa bolha, ouvindo as mesmas músicas das mesmas bandas de novo, de novo e de novo. E a gente acaba não conhecendo música novas, bandas novas e a gente fica com aquela sensação de… nossa as músicas de antigamente eram melhores. E nem sempre é verdade, tem muita coisa boa por aí mas a gente não ouve no meio do que é sucesso, do que tá tocando nas rádios, das mais tocadas.

Eu sempre curti conhecer novas bandas, descobrir novos artistas e eu tinha deixado isso de lado nos últimos anos. E o streaming de música, onde vc faz a sua programação ele pode tanto te abrir as portas para conhecer bastante coisa nova quanto para te trancar na sua bolha musical. Antigamente quem apresentava as músicas novas para a gente eram as rádios, agora a gente pode pesquisar sozinho no catálogo gigantesco dos Apps e sites de Streaming de música.

Mas como eu disse eu tinha deixado de lado isso um pouquinho. Agora eu retomei, e uma das minhas formas de conhecer música nova é prestar atenção na trilha sonora das séries e filmes que eu estou assistindo. E eu e meus irmãos sempre trocamos figurinhas. Eu apresento alguma coisa pra eles e eles me indicam outras coisas. É bacana… E a banda que eu queria trazer para vcs aqui no blogue hoje é uma banda americana que surgiu em 2004 chamada 8mm (exatamente… oito milímetros). Ela é uma banda classificada no Wikipedia como uma banda de Trip hop (eu nem sabia da existência deste estilo musical gente).

De qualquer forma eu ouvi o som deles pela primeira vez numa série chamada “One Three Hill” eu nem acompanhava a série, mas meu irmão tava assistindo na sala enquanto eu fazia um café na cozinha e tocou a música “No Way Back” e eu pensei, nossa que música bacana. Então eu saquei do meu app SoundHound e descobri quem era a banda e depois eu fui procurar a música na internet. E várias músicas da banda já apareceram em vários episódios de várias séries de sucesso na TV americana. Quando eu conheci eles foi por volta de 2013. De lá para cá eu acompanho o trabalho deles, não muito de perto, mas toda vez que eles lançam alguma coisa eu vou ouvir e eu sempre curto. Desde que eu assinei o Spotify ficou mais fácil acompanhar os lançamentos deles.

Atualmente a banda é formada pelo seu criador Sean Beavan produtor e instrumentista e por sua esposa Juliette Beavan que é a vocalista. O som deles é um rock, pop, meio eletrônico meio gótico… eu gosto muito dos arranjos, da harmonia, das batidas… mas especialmente das guitarras e das letras. As letras deles são maravilhosas aliás… vcs nunca vão me ver falando bem de uma banda que não tenha letras bacanas… é uma questão de honra isso para mim.

E eles acabaram de lançar um EP com seis canções novas e eu vou deixar uma delas aqui para vcs ouvirem, avaliarem, como este blogue é o meu Diário de Bordo e música é uma das coisas que eu mais amo na vida eu acho legal trazer para vcs de vez em quando as coisas que eu gosto. Vai que alguém por aí curte também não é mesmo?

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao