diabetes

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Eu tô legal… Bora falar do diabetes de novo? Bora né? Nossa Shao vc fala muito disso. Eu sei galera, mas é que o diabetes é uma parte da minha vida, eu tenho que me preocupar com um monte de coisinhas por conta da doença e muitas vezes eu vejo o quanto ela está cercada de ignorância e falta de informação. Apesar de ter muita coisa disponível na internet, no começo quando a gente descobre ser diabético é tudo muito confuso, a gente não sabe o que é certo o que é errado, como eu vou lidar o que eu preciso fazer… etc, etc.

Então é meu dever espalhar um pouquinho para vcs as coisas que eu descubro por aí e vejo que não é roubada nem fake news. Como vcs sabem também eu sou Bacharel em Direito (não sou advogada ainda, para ser advogada tem que ter a diaba da carteira da ordem e eu ainda não tenho, tô na batalha tentando… quem sabe esse ano eu consigo) então de vez em quando é bom juntar as duas coisas certo? Beleza… então hoje vamos juntar as duas coisas… porque a gente vai falar dos direitos da pessoa com diabetes. E deixar aqui para quem quiser, para quem tiver curiosidade ou tiver um parente diabético, os links para se informar melhor beleza?

Então para começo de assunto deixa eu dizer para vcs que a fonte é muito importante quando a gente vai buscar informações sobre uma doença qualquer, não jogue no Google simplesmente, procure um site confiável. Quando a gente quer pesquisar e aprender coisas sobre diabetes tem bastantes sites legais logo de cara eu vou indicar pra vcs o site da ANAD – Associação Nacional de Atenção ao Diabetes. Tem muita coisa boa lá e bastantes informações sérias e corretas. Nada de água de quiabo, chá disso e daquilo, nada de cura miraculosa. Acessem lá e naveguem pelo site para se informar e se lembrem que a informação é a maior arma em se tratando desta e de qualquer outra doença. Quanto mais vc souber melhor.

Mas hoje especificamente vamos falar sobre os direitos do paciente diabético. Alguns deles na verdade, porque se eu fosse falar de todos este post ia virar uma apostila. E a ANAD já tem a apostilinha dela então eu não preciso escrever tudo de novo… vcs podem clicar aqui e baixar e ter acesso gratuitamente a esta apostila. Então bora citar alguns mais importantes. Primeiramente, uma coisa que vivem me perguntando. Se eu tenho plano de saúde ele tem que cobrir o diabetes e me dar os remédios e os insumos. Não! Se o diabetes foi diagnosticado e vc já tinha o plano de saúde, como foi o meu caso, eu fiz o meu plano de saúde exatamente dois meses antes do meu diagnóstico porque eu já não estava me sentindo bem… eu estava com muita tontura, enjôos e vcs sabem que marcar consulta no SUS é uma bosta né?

Então eu resolvi fazer um plano de saúde e assim que eu fiz eu tinha direito a fazer já os exames e passar no clínico geral, foi o que eu fiz, um checkup, exames de sangue e exames mais simples e voltei no médico e POW… diabetes! Ele já me passou uns remédios e me encaminhou com urgência para uma endocrinologista. Então, se o diagnóstico é feito posteriormente à sua assinatura do plano ele tem que cobrir, consultas e exames e caso vc fique internado, eles tem que fornecer também medicação para o diabetes para vc. Insulina e comprimidos essas coisas… Agora a medicação que vc toma em casa e os insumos para controle eles não são obrigados a fornecer tá?

Mas então eu não tenho direito a essas coisas Shao? Tem… mas quem vai fornecer é o Governo Federal através dos Estados, das Prefeituras e até mesmo das farmácias de Rede Popular conveniadas. Pelo SUS vc tem direito à insulina, à remédios tipo a metiformina, ao aparelho de medir (glicosímetro), mais as lancetas (para furar o dedo), as tiras reagentes (as fitinhas que vão no aparelho), a insulina  NPH e Regular (que são as mais comuns) e as seringas para aplicar a insulina.

Vc também tem direito a bomba de insulina, se for o caso e seus insumos, e sua insulina e outros tipos mais caros e eficiente de insulina mas vc tem que dependendo do estado/cidade entrar com um processo pedindo. Aqui em São Paulo é um processo administrativo que vc entra no Estado, mas em alguns casos vc vai precisar de um advogado para entrar contra o Estado/Município com um processo no judiciário para fornecer essas coisinhas para vc. Mas vc tem direito sim, na apostila da ANAD tá explicando isso em mais detalhes. E eu já expliquei neste texto aqui no blogue como vcs faz para conseguir algumas coisas aqui na cidade de São Paulo, eu não sei como funciona em outros municípios e estados ok?

Se o diabetes causar no portador alguma sequela grave, como necessidade de fazer hemodiálise, ou cegueira devido ao glaucoma, ou alguma amputação de membro por conta de úlceras na pele a pessoa vai ter direito a outras coisas, variando de cidade para cidade, aqui em São Paulo se vc precisa fazer diálise vc pode ter o bilhete único para quem está em tratamento de saúde. Tem o ATENDE também para transporte para fazer o tratamento, dependendo do caso. Se a pessoa perdeu uma perna e ficou com uma deficiência ela pode ter desconto no IPI na compra de um carro. Caso necessite do carro para transporte para algum tratamento, pode também ser liberado do Rodízio. Dependendo do caso, do estado de saúde do paciente ele pode também ter isenção do IPVA do veículo. Mas tanto no rodízio quanto no IPVA vai ter que ser avaliado o caso, o diabetes em si não dá direito à liberação no rodízio e a isenção do IPVA por si só.

O diabético tem bastantes direitos diante da legislação atual, ainda falta muita coisa, poderia ter muito mais. Mas como eu disse, falta interesse dos governantes e informação à população sobre a doença para pressionar os políticos a criarem uma lei mais abrangente, a incluir mais remédios novos e mais eficientes à lista de remédios disponíveis pelo SUS para melhorar a qualidade de vida dos portadores de diabetes.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao