filosofando

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Eu tô legal… Eu sei que os domingo geralmente são os duas que a gente tira para filosofar. Entretanto o ano passado e este ano tem sido bem cansativo no trabalho e também em casa por conta de um monte de coisas que eu tenho para fazer. Mais especificamente meu segundo emprego que é dar aulas alguns dias por semana e estudar para a prova da OAB noutros dias da semana.

Esta falta imensa de tempo faz com que eu não tenha sequer tempo para escrever aqui para o blogue. Eu gosto de deixar pelo menos 120 posts agendados antecipadamente. Eu não tenho conseguido manter essa média, tá certo que eu ainda tenho bastantes posts agendados, mas já faz um tempinho que eu não consigo deixar sequer 90 posts escritos e agendados. Eu tive um monte de ideias para textos mas não tive tempo de sentar e escrevê-los. Por conta de muitas coisas… o tombo que eu levei que eu tive que ficar de repouso, os estudos que eu ando me dedicando, alguns dias eu simplesmente apaguei de cansada e eu tive que me dedicar a descansar (sim, por incrível que pareça se eu não fizer isso eu acabo me deixando levar pelo que eu tenho que fazer e esqueço de desligar e descansar e acabo ficando doente – é complicado para mim), tive que ir ao médico, fazer uns exames. E tudo na vida da gente é questão de priorizar né?

Acabou que duas coisas meio que ficaram para depois na minha vida, uma delas foi sair com meus amigos, sair de casa mesmo pra passear e a outra foi escrever para o blogue. Felizmente vcs não sentiram falta de posts aqui porque no final do ano passado eu tirei uns dias de folga e escrevi para caramba e já deixei um monte de coisa agendada, mas deixa eu dizer… se por acaso acontecer de ficar um dia ou outro sem post me desculpem, é muita coisa pra correr atrás na vida real galera. Não vai ser assim para sempre, eu espero que as coisas mudem ano que vem. Enquanto isso a gente vai se adaptando.

Minha eterna falta de tempo também me fez parar para pensar numa coisa que sempre me falam. Com relação à trabalho… eu sempre ouço, ahhhh Shao, vc tem que trabalhar com uma coisa que vc ame de paixão, vc tem que fazer uma coisa que vc gosta. Tá… tá bom… é uma ideia bem bacana. Mas na vida da maioria das pessoas é algo utópico. Não é todo mundo que consegue trabalhar com aquilo que ama. Aliás, são poucas as pessoas que fazem o que amam e são bem remuneradas por isso. Geralmente as pessoas tem que escolher entre fazer o que curte e o que paga as contas. Eu atualmente estou trabalhando (em dois empregos) com o que paga as contas.

Não é que eu odeie o meu emprego, eu procuro encarar meu trabalho sempre de um ponto de vista positivo, mesmo não sendo os emprego s ideais. Houve um tempo que sim, eu detestava meu emprego mas não é mais assim hoje em dia. Se eu termino um dia de trabalho onde eu ralei pra caramba, e consegui ajudar muitas pessoas a resolverem seus problemas eu fico feliz. Sinto gratidão e tenho aquela sensação de dever cumprido. Mas é claro que eu gostaria de trabalhar na minha área, ganhar melhor, não ter que lidar com o público… eu adoraria e é por isso que eu tô ralando de estudar porque eu não estou satisfeita com a minha situação profissional atual. E se a gente não está satisfeito a gente tem que fazer alguma coisa para mudar não é mesmo?

Mas o que eu estava questionado esses dias nem era isso… de mudar, de não mudar… era mais a ideia de… será, que a gente TEM mesmo que trabalhar com aquilo que amamos para sermos felizes? Será que não seria melhor tentarmos ser felizes com o que temos nas mãos? Não Shao porque aí vc estaria se conformando com uma situação ruim. Não, nem é isso… claro que vc tem sempre que buscar a realização dos seus sonhos, vc deve sempre buscar melhorias e fazer tudo que estiver ao seu alcance para tal mas… será que v deve condicionar a sua felicidade a um determinado emprego a uma determinada função? Ahhh eu nunca vou conseguir ser feliz enquanto eu não conseguir trabalhar como trapezista no Cirque Du Soleil (só para citar um exemplo qualquer). Será que é impossível vc ser feliz até vc alcançar este objetivo?

E enquanto isso vc faz o que? Se sente triste e miserável cada horinha que vc tem que ficar lá no seu emprego ruim? Já entra em depressão quando batem as quatro horas da tarde do domingo porque segunda de manhã vc tem que estar lá naquele lugar horrível trabalhando? Sabe, às vezes demora pra vc conseguir mudar a situação na qual a gente se encontra, ás vezes são necessários meses de estudo, investimento de uma grana que a gente não tem… Não dá pra ficar sendo infeliz este tempo todo enquanto a situação ideal não chega. O que dá pra fazer é tentar mudarmos a forma como encaramos as coisas.

Ahhh Shao, as coisas não funcionam assim… não dá pra ficar feliz apenas pensando positivo. Bom, eu acho que dá sim… eu fiz uma experiência, há muitos anos já. Uma vez uma pessoa me disse… nossa, vc reclama demais das coisas. E então eu parei para pensar e analisar minha postura com relação à vida e às coisas em geral e olha, era verdade. E então eu participei de uma palestra, nem sei sobre o que era… que dizia pra gente fazer um teste. Durante uma semana inteira, apenas uma semana, a gente tinha que não reclamar das coisas e apenas agradecer pelas coisas boas e que nós íamos ver as coisas mudando.

Sabe aquela máxima vc atrai aquilo que vc fala, que vc diz? A energia que vc manda para o mundo é a mesma que vc recebe de volta? Então… vc pode até não acreditar nas religiões e filosofias que pregam isso mas eu testei e funciona. As coisas ficam bem mais simples e mais leves na vida da gente quando a gente resolve encarar as coisas com mais positivismo. Ficam mais leves porque a gente já carrega nossos problemas, para onde quer que vamos a gente não precisa também carregar aquela nuvem negra de mau humor conosco não é mesmo?

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao