tvvsnet

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Eu tô legal… Esses dias atrás meus monitores começaram a dar uns probleminhas. Se vcs me seguem no Instagram vcs já devem ter visto imagens do meu Desktop, e aqui mesmo no blogue eu já falei sobre isso… então eu uso dois monitores e sim, os dois deram problemas. Problemas diferentes mas que já estavam dando nos meus nervos então eu tive que trocar os meus monitores.

Mas eu vou descrever estes problemas mais adiante num outro post. Eu só citei este caso porque meus monitores antigos tinham a função TV Digital. E os monitores que eu coloquei agora são apenas monitores. E eu ter trocado meu Monitor TV por um Monitor Curvo que não tem a função TV. A principio eu pensei em pegar outros monitores com a mesma função mas… no final das contas eu achei que eu não precisava mais porque… de verdade, faz bem uns quase dez anos que eu não assisto TV. Talvez eu seja um caso específico porque eu meio que cresci sem televisão. Como assim ‘meio’ que cresceu sem televisão Shao? Vc cresceu nos anos 80 a criançada dos anos 80 idolatrava a TV.

É que a minha mãe sempre acreditou que TV demais deixava a gente burro. Então até meus nove, dez anos, meu tempo em frente à TV era bem controlado pelos meus avós e pela minha mãe. Depois, quando minha mãe se casou pela segunda vez na casa do meu padrasto tinha rádio mas não tinha TV porque ele também acreditava que TV demais emburrecia. Então dos meus dez, até meus 16 anos eu tinha acesso a livros, a jornal e a rádio, mas eu não tinha TV. Eu assistia TV esporadicamente quando eu ia na casa dos meus avós, dos meus tios, de amigos. Mas como eu nem acompanhava muito a programação da TV da época eu nem prestava muita atenção.

Daí meus irmãos nasceram e minha mãe resolveu comprar uma TV mas o tempo de TV deles e o que eles assistiam também era bem controlado. Tanto que meus irmãos também não dão muita atenção para TV. De vez em quando a gente assiste Jornal pra ficar por dentro das coisas, a gente assiste uma reportagem específica ou algum evento esportivo que a gente curte. Mas geralmente eu assisto o jornal na TV de manhã enquanto eu estou me arrumando para ir para o trabalho e tomando meu café da manhã e depois disso eu praticamente não ligo a TV. Final de semana menos ainda, geralmente quando eu quero me distrair é Netflix ou outro serviço de streaming. Então, tentar responder a pergunta do título do texto. A internet está matando a TV?

Eu acho que não. Eu não acho que a TV vá morrer, como o vinil não morreu, como os CD’s e DVD’s não morreram… Enquanto tiver gente que curta essa mídia ela vai existir, mas a internet e a liberdade de vc poder fazer a sua própria programação, assistir o que vc quiser na hora que vc quiser vão obrigar tanto a TV aberta quanto a TV fechada a se reinventar. Alguns canais da TV fechada até já estão invadindo o YouTube e outras redes de streaming onde eles estão divulgando seus programas, lançando conteúdo exclusivo. Canais que eu curtia quando eu tinha TV a Cabo (eu não tenho mais também eu estava pagando caro por um serviço que eu mal utilizava porque eu ando tão cansada que eu chegava em casa e capotava de sono então eu resolvi cancelar) tipo o A&E e o History Channel tem colocado muita coisa bacana no canal deles no YouTube que eu de vez em quando assisto.

E a gente percebe esta necessidade de mudança nos canais tradicionais com o fim de programas que estava no ar, sem muita mudança há anos e que isto não satisfaz mais os telespectador. A galera mais jovem tá acostumada a ter muito mais flexibilidade na programação, tá acostumada com serviços onde elas escolhem a programação para assistir quando for conveniente para elas. O formato antigo era… tal dia, tal horário, vai ser transmitido tal programa e vc se quisesse assistir tinha que se programar para isso. Se vc estava cansado, com sono, ou tinha um imprevisto… vc perdia o programa que tanto vc queria ver. Hoje em dia, os serviços online disponibilizam o conteúdo, e vc paga uma taxa, que nem é tão cara, para assistir quando vc quiser.

Alguns canais abertos como a Rede Globo e a Rede Record, estão também aos poucos disponibilizando todo o conteúdo que eles produzem online, através de aplicativos. Isso é bastante interessante. Imagina, vc quer assistir séries, ou programas de reportagens vc vai, acessa o aplicativo e pode assistir quando vc quiser o Globo Reporter, o Reporter Record, o Fantástico… na Globo vc assina o app Globo Play e tem acesso a um monte de coisas, se eu não me engano tem até o sinal da Globo aberta ao vivo, tem o conteúdo gratuito e tem o conteúdo pago. Na Record vc pode acessar também pelo app e se eu não em engano o serviço é gratuito. Pesquisem aí pela internet que vcs vão ver.

Então, resumindo. Eu não acho que a TV (aberta ou fechada) vá morrer. A não ser claro que ela mantenha essa forma engessada que sempre foi. Se os responsáveis pelas emissoras resolverem aceitar o fato de que a tecnologia mudou a forma como as pessoas gostam de assistir a programação que eles produzem e eles fizerem mudanças as emissoras devem sobreviver. Caso contrário… muita empresa grande deve ou fechar as portas ou ficarem bem menores.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao