taxi

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Não sei se eu comentei com vcs mas eu fui no cinema esses dias com meu pai e um dos meus irmãos… a gente chegou cedo, então fomos jantar no Madero (o hamburguer deles é muito bom e fazia uma cara que eu não comiga hamburguer – diabetes, dieta restrita, não é sempre que eu posso abusar e comer fast-food – embora o hamburguer deles é artesanal, não seu se pode ser considerado fast-food).

E ficamos conversando e o pai lembrou de uma história que aconteceu no dia que minha mãe estava grávida do meu irmão e ela quase sofreu um abordo. Quer dizer, ela sofreu sim um aborto. Acontece que ela estava grávida de gêmeos fraternos então o útero expeliu um dos bebês e reteve o outro. Que é o meu irmão do meio o Carlos. Mas a história se deu mais ou menos assim… Ela estava em casa, e começou a ter um sangramento, meu pai correu com ela pro hospital. Chegando lá um médico disse a senhora sofreu um aborto, vamos ter que fazer o procedimento pra retirar o feto e tal…

E na época a gente não tinha plano de saúde, mas meu pai tava bem de grana então era um hospital particular. Só que ele não tava com a grana no bolso, ele deixou minha mãe no hospital, sob cuidados médicos e foi atrás do dinheiro, quando ele voltou… ela estava lá onde ele a tinha deixado. Ele quis fazer o escarcéu no hospital, mas a minha mãe segurou ele e disse: Eu quero ir pra casa, eu não perdi o bebê ainda… Ele claro, achou que a minha mãe tava doida, mas ela inssistiu e disse: Eu senti o bebê mexer. Mas ele resolveu então ir para outro hospital. O que aconteceu foi, que entre o tempo que ele saiu do hospital para buscar o dinheiro e voltou, o útero fechou e parou o sangramento e reteve um dos bebês.

Chegando no segundo hospital, ela foi examinada e o médico constatou que realmente o bebê estava bem, explicou pra ela que o útero dela talvez não tenha suportado dois bebês e por isso ela perdeu um deles, mas o outro estava feliz e contente nadando no fluído aminiótico. Disse que ela tinha que fazer repouso e tal… mas deu alta para ela… e é então que começa o causo.

Porque veja, isso foi há mais de trinta anos (meu irmão completou trinta anos em Março passado). E todo esse furdunço aconteceu de madrugada, não tinha Uber na época, vc tinha que sair na rua e torcer para passar um táxi por vc na rua na madrugada. Então eles saíram do hospital e ficaram na rua em frente esperando um taxi passar, de repente me vem um táxi, meu pai da sinal, o cara para… entra minha mãe grávida no banco de trás e meu pai no banco da frente do lado do motorista.

Meu pai passa o endereço e ele percebe que o motorista estava nervoso, e errava o caminho, não parecia um taxista… ele nem tinha ligado o taxímetro. Parece que ele nem sabia como funcionava o negócio. Daí meu pai começou conversar com o cara e o indivíduo confessou pra ele que não era taxista, ele confessou que ele tinha furtado aquele carro. Então meu pai perguntou, mas meu amigo se vc é ladrão e furtou este carro por que diabos vc parou pra mim quando eu dei sinal? Era só passar direto. E o cara disse: Eu não sei! Meu pai então pediu para ele deixar os dois numa avenida lá… Pagou a corrida ainda (sim, não tô brincando) e deu um conselho pro cara. Ele disse: Olha meu amigo se vc não quer se dar mal, larga esse carro em algum lugar aí pro dono achar e segue a sua vida.

O sujeito apertou a mão do meu pai, agradeceu e foi embora… não sabemos até hoje se ele seguiu ou não o conselho do meu pai. Dalí meu pai e minha mãe pegaram outro táxi e foram para casa. Mas gente, já imaginaram o perigo? Naquela época não tinha esse lance de sequestro relâmpago nem nada, imaginem se fosse hoje em dia?

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner

Shao