thexfilesscully

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Hoje em vez de falarmos de uma série da qual eu sou fã eu vou falar de um personagem de uma dessas séries. Antes de mais nada deixa eu dizer para vcs que uma das primeiras séries que eu acompanhei de verdade, de não perder um episódio, de sair correndo e largar tudo pra assistir,  na minha infância e adolescência foi “Arquivo X”.

E a parte mais legal deste pedacinho do meu passado é que eu assistia com a minha família, se eu não me engano era toda a sexta-feira na Rede Record, entre nove e dez da noite a gente se juntava na sala de casa eu, meus dois irmãos e minha prima que morava com a gente na época e íamos assistir ao episódio semanal que falava de ET’s, e casos criminais, e casos inexplicados. “Arquivo X” é uma das minhas séria favoritas até hoje. E a Agente Dana Scully, uma das personagens principais da série, interpretada pela atriz Gillian Anderson, é uma das minhas personagens favoritas ever de todas as séries que eu assisti na vida. Se vc jogar no Google a frase “O Efeito Scully” vai pipocar na sua tela mais de 48 mil resultados de pesquisa… diversos blogues nerds, e blogues de fãs, e sites especializados (uma puta galera que manja muito mais do assunto que eu) já escreveram sobre o tal “Efeito Scully”.

E o que seria o Efeito Scully??? Eu vou tentar explicar bem rapidinho, bem por cima porque eu não sou especialista no assunto e como eu já disse, tem trocentos sites e blogues que já falaram deste assunto, que já explicaram tudo bem explicadinho muito melhor do que eu jamais serei capaz. O “Efeito Scully” seria algo mais ou menos assim… a personagem Dana Scully, médica, cientista, agente do FBI bem sucedida em todas as suas empreitadas… causou um rebuliço que mudou a vida de toda uma geração de meninas, que eram fãs da série (eu inclusive).

Todas as meninas queriam ser Dana Scully, houve um aumento absurdo de meninas querendo almejando carreiras na ciência, na medicina, nas carreiras policiais. Tudo graças a essa personagem inspiradora. Vcs tem que entender que na TV da época, nos anos 80 eram poucas as mulheres  protagonistas, e heroínas de seus programas… Claro, a gente tinha a Mulher Maravilha da Linda Carter, eu me lembro ainda que tinha a Poderosa Isis , tinham As Panteras… Mas ainda assim, a maioria esmagadora dos heróis da TV eram homens, as mulheres tinham algum papel importante nas séries, mas não eram tão protagonistas. E mesmo nas séries onde elas eram protagonistas, a audiência destas séries era muito menor que as séries protagonizadas por heróis masculinos. Scully veio para mudar isso devido o grande sucesso de audiência que foi Arquivo X. 

Tudo isso que eu tô escrevendo aqui eu li num canto ou outro da internet, se vcs pesquisarem um pouquinho vão ver. Um dos posts mais legais e detalhados sobre o Efeito Scully é este aqui do site Momentum Saga. Aliás um site muito bacana, muito legal que eu sempre leio, recomendo ele aqui para vcs. Visitem, o conteúdo do site é muito legal.

Mas, eu queria falar como essa personagem foi importante para mim, até mesmo porque eu não posso falar pelos outros… Era legal acompanhar na TV as aventuras de uma personagem com quem eu me identificava, nerd, interessada por ciências, sempre fazendo perguntas, sempre em busca da verdade mesmo que muitas vezes essas verdades contrastassem com as crenças dela. Sempre também na busca pela justiça. Tem um episódio, bem no começo da série em que um agente do FBI amigo de academia de Scully quer ajuda de Mulder para capturar um serial killer, para ficar bonito na fita e subir na carreira e Scully fica dividida entre o parceiro e o amigo, quando questionada pelo amigo de que lado está Scully diz: Da vítima.

Mulder era ateu e acreditava em alienígenas e toda e qualquer manifestação sobrenatural, enquanto Scully era católica e uma cientista completamente cética, mas apesar das suas diferenças eles juntos buscavam resolver os casos e buscar a verdade. Médica e legista, cientista, nerd, agente especial do FBI… ela fazia de tudo e ainda mantinha o penteado e o terninho impecável, mesmo perseguindo alienígenas e bandidos da pior espécie, mesmo quando a sua vida ou a vida de seu parceiro está em risco. E eu me lembro de ter meus 13 pra 14 anos e assistir aquelas peripécias todas da Scully e pensar, cara eu quero ser igual à ela quando eu crescer!

Depois da Scully vieram outros ícones femininos , durante todos os anos 90 e 2000 surgiram várias heroínas para as quais as adolescentes podiam olhar e pensar, uau eu quero ser como ela! Hoje em dia fala-se muito em feminismo e em empoderamento e tal. Na época que eu era criança e adolescente não se falava disso, ninguém virava e dizia, olha… nós precisamos de uma personagem feminina para inspirar as meninas a serem cientistas, a serem esportistas e blábláblá… Então personagens como a de Dana Scully meio que abriram os olhos da galera. E abriram caminho para que novas personagens, novos ícones surgissem para inspirarem novas gerações de meninas a enveredarem por caminhos que até então eram protagonizados maiormente por homens.

E todo mundo saiu ganhando com isso porque vamos e convenhamos, estatisticamente falando no mundo existem mais mulheres que homens e as redes de TV sacaram isso e focaram suas produções na mulherada e então surgiram várias séries de heroínas. Aliás os anos 90 foram generosos em surgimento de heroínas, tivemos “Buffy: A Caça Vampiros”, “Xena: A Princesa Guerreira”, “Jovens Bruxas”… isso pra citar apenas algumas. Se vc nunca assistiu Arquivo X porque acha que é uma série boba e cult dos anos 90, que só fala em ETs e coisas bestas… assistam (e fiquem de olho na Scully), vcs podem mudar de ideia e passar a curtir esta série que é uma das minhas favoritas até hoje e esta personagem que foi um ícone (e continua sendo) de duas décadas.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao