filosofando

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Eu tenho coisa para fazer hoje mas, tudo que eu tenho que fazer é praticamente na rua, mas eu estou escrevendo num sábado, e como sempre tá tendo feira aqui na minha rua. Então, enquanto a feira não acaba…

Mas como sempre nem é disso que eu quero falar. Bora falar do tema de hoje… Rotina, cotidiano… aquela coisa que a gente tem que seguir todos os dias, como ir trabalhar, dormir cedo pra acordar cedo, pagar as contas, arrumar a casa… Eu, por conta do diabetes vivo em rotina. Eu não posso cometer nenhum deslize…. deslizes significam descontrole do diabetes. Significa dias de cama dias doente… não é legal. Minha psicóloga diz que eu sou a rainha da burocracia… e infelizmente tem que ser assim. E é uma obrigação eu ficar dentro dessa rotina. E essa obrigação é extremamente cansativa. É tão cansativa que parece um emprego, daqueles que vc detesta… do qual vc não tem férias, nem folga… São 24 horas por dia, sete dias na semana para sempre… pro resto da vida!

E essa obrigatoriedade às vezes cansa a gente pra caramba. Eu fui diagnosticada com diabetes em 2008… ou seja, este ano fez dez anos. Dez anos dessa rotina é pesado. De vez em quando a gente quer jogar tudo para cima e falar ahhhh foda-se dane-se, eu não vou mais medir a glicemia, eu não vou mais contar carboidrato, eu não quero saber de tomar remédio, nem de fazer exercício. Mas… sem exageros nenhum… me manter na rotina é uma questão de saúde, uma questão de vida e morte… qualquer alteração na minha rotina pode significar um descontrole nos níveis de açúcar.

Nos últimos dias eu tive um problema no dente. Uma das minhas obturações trincou e eu tive que trocar. Deu infiltração e um pouco de dor, e eu tive que tomar remédio. E o remédio dá uma mexida na glicose. Resultado… uma semana de medidas bem altas… teve dias de chegar a 300 coisa que não acontecia comigo há muito muito tempo. Mas essa é a minha realidade… A de vcs pode ser diferente. Mas cada pessoa tem o seu desafio. E o que a gente faz para não deixar o cotidiano  e a rotina engolir a gente?

Temos que quebrar essa rotina. No meu caso, uma quebra de rotina, significa muito planejamento. Ou seja eu tenho que ter rotina até pra sair da rotina hahahahaha ou seja, eu não saio completamente da rotina, eu dou uma ligeira quebrada nela. Eu pego pelo menos dois dias da semana para fazer uma pausa… um dia no meio da semana… outro no final da semana, para fazer coisas que eu gosto, para descansar ler um livro. Para literalmente carregar as baterias. E a vida da gente é tão corrida que… a gente tem que se lembrar de dar uma pausa. Senão a gente se deixar ser engolido pelo cotidiano, a gente acaba preso apenas nas nossas obrigações e não vive, não se diverte…

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao