miaomiao

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Bora falar de tecnologias? Bora falar de tecnologias para diabéticos? Então tá… Eu não gosto de ter diabetes… ninguém gosta de ter uma doença auto imune. Mas, felizmente estamos vivendo num momento em que várias tecnologias estão surgindo para auxiliar no tratamento de várias doenças crônicas. Entre elas o diabetes…

Eu fico imaginando a treta que não era, para um diabético comer direito e tratar da sua doença há 50 anos? Aposto que muita gente tinha diabetes e nem sabia, morria por complicações do diabetes sem sequer ser diagnosticado. Até hoje estima-se que no Brasil 14 milhões de pessoas tenham a doença e sequer saibam disso. Fora isso daqueles já diagnosticados 70%, não fazem o devido controle da doença. Mas, como sempre,  nem era disso que eu queria falar.

Eu tô sempre lendo sobre novas tecnologias que ajudem no controle e no combate ao diabetes. Ainda não encontraram uma cura. Alguns cientistas estão fazendo testes com células tronco e já conseguiram ‘reativar’ um pâncreas. Mas o efeito não foi duradouro, entretanto é um resultado animador… quem sabe em alguns anos? Outros estão desenvolvendo um tipo de insulina que o diabético possa inalar e não tenha mais que tomar o hormônio injetando com seringas ou bombas. Outros estão pesquisando aparelhos que medem a glicemia continuamente para um melhor controle nos níveis de açúcar no sangue. E é de uma dessas tecnologias que eu queria falar hoje.

Como eu já disse aqui no blogue para vcs. Eu uso um sensor, O FREESTYLE LIBRE colado na pele que mede 24 horas por dia os níveis de açúcar no sangue. eu já falei dele em três textos aqui no blogue. Só que vc tem que pegar o aparelhinho, ou seu celular com tecnologia NFC e encostar no sensor para ler essa medição. E ele armazena no sensor apenas as últimas oito ouras. Ou seja, vc tem que fazer essa medição pelo menos três vezes por dia. Acontece que… agora uma empresa chinesa criou um aparelhinho chamado MIAOMIAO que vai conectado nesse sensor e ele envia essas medições de 5 em 5 minutos para o seu celular via Bluetooth. Porque às vezes a gente se distrai e realmente esquece de medir no intervalo de 8 horas e perde alguns dados… o que não é legal. 

miaomiao1

Eu ainda não consegui comprar esse MIAOMIAO, mas podem ter certeza que está na minha lista de desejos para o final do ano hahahaha. Mas, assim que eu comprar e ficar um tempo usando eu prometo que faço uma análise dele aqui para vcs. Pelo que eu entendi, dos vídeos que eu vi e das resenhas que eu li, ele é um aparelhinho que vc carrega ele com um cabo de indução magnética e ele vai encaixado no leitor do Freestyle Libre. E ele lê o sensor do Freestyle Libre via NFC e envia para o seu celular via Bluetooth as medidas da sua glicemia a cada cinco minutos. Eu achei um barato essa combinação de duas tecnologias que estão presentes em praticamente todos os celulares atualmente. A pessoa que pensou nisso merece uma medalha pela genialidade da ideia.

Ele tem também um app próprio para vc ler as medidas, mas até onde eu pesquisei esse app por enquanto só tem a versão em Chinês. Mas, o app que eu uso o Glimp foi atualizado recentemente para receber as leituras do MIAOMIAO. E o Diabetes:M  que é outro app que eu uso ele se conecta com as leituras do Glimp se vc deixar os dois pareados. E ambos está disponível em vários idiomas, inclusive o português do Brasil.

O MIAOMIAO infelizmente ainda não está disponível no Brasil. Aparentemente só na Ásia e na Europa. Eu espero que ele venha para cá em breve. Mas enquanto isso se vc quiser vc pode importar eu já vi vendendo pelas internets da vida por $199,00 dólares americanos, ou $185,00 euros. O que dá por volta de 800 reais. É caro? Sim! Vale a pena? Não sei… ahahahahaha, se eu tivesse a grana talvez eu comprasse para testar. Quem sabe mais para frente, a economia não se estabiliza e o dólar não cai e de repente a gente pode comprar não é mesmo? Enquanto isso a gente fica só olhando de longe mesmo.

Eu ainda tenho a esperança de que a empresa chinesa resolva lançar o produto aqui no Brasil. A China tem condições e tecnologia pra lançar esse produto no Brasil num preço muito mais camarada. Então vamos aguardar. E qualquer novidade eu aviso aqui para vcs.

Atualização do post: Como vcs sabem eu escrevo os textos aqui para o blogue com bastante antecedência, quando eu escrevi este texto o MIAOMIAO ainda não estava à venda no Brasil. Agora já está à venda oficialmente em terra brasilis… e vc pode acessar www.miaomiao.com.br e saber mais sobre o produto. Acaba que ele sai mais caro que se vc pedir para alguém trazer de lá de fora para vcs. Sai mais ou menos uns R$1500,00 o aparelhinho. Caro né? Bom… ele é reutilizável… recarregável, então em tese vc não tem que trocar ele a cada X dias. Se vale a pena ou não aí vai de cada um… Eu queria testar ele? Queria claro, mas agora não tô com grana sobrando para gastar com isso. Quem sabe mais para frente…

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao