2

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Terça-feira… é aquele dia de falarmos de Games, Desenhos e livros… faz um tempo que eu não jogo nada (sem tempo) e faz um tempo que eu não termino nenhum livro (pelo mesmo motivo) entretanto, esses dias, navegando pelo YouTube eu encontrei uns videos de uns desenhos que eu assistia quando eu era criança (eu faço isso de vez em quando, me julguem) e eu dei de cara com este anime de hoje… “A Princesa e o Cavaleiro”.

Faz um tempão eu já falei sobre este desenho aqui no blogue, mas eu falei bem por cima. Então eu achei que agora ele merecia um post só para ele. Pelo simples fato de que ele efetivamente era um dos meus desenhos favoritos quando eu era bem pirralhinha… Então bora lá… “A Princesa e o Cavaleiro” (ou então Ribon no Kishi – do original em Japonês… que grosseiramente traduzido significa O Cavaleiro da Fita – se vcs repararem no chapéu da personagem principal tem um laço de fita) é um mangá e um anime japonês. E é considerado o avô dos animes/mangás de hoje em dia.

Eu tenho todos os mangás… (como vcs podem ver na imagem abaixo) eu me lembro de que teve um ano que eu estava zanzando pela Bienal do Livro de São Paulo (não lembro qual edição) e eu encontrei a coleção toda. E como na época não estava nada caro (vcs podem ver que eu paguei 3,50 cada hahahahaha), eu comprei logo de uma vez toda a coleção. Eu só não sei exatamente qual das três versões do mangá eu tenho… porque houve três edições… preciso ver isso depois. Mas agora eu tô com preguiça de pesquisar.

2017-04-22_1498697317291784451

O mangá foi lançado em três versões do final dos anos 50. Já o anime foi lançado no final dos anos 60. É bem antigo… Mas euzinha da silva assisti esse anime nos anos 80, na TV Record se eu não me engano. Quando eu comecei a assistir o anime ele já estava no ar há muito tempo… e já era um grande sucesso. Porque ele começou a ser exibido bem antes de eu nascer no começo dos anos 70 (eu nasci em 76). Eu tenho também alguns DVD’s (imagem abaixo) com alguns episódios do anime… que eu ganhei de aniversário do meu irmão. Ele encontrou esses DVD’s vendendo no Anime’s Friends. Não tenho todos, falta bastante coisa… São ao todo 52 episódios. Mas eu acho que tem todos eles no YouTube. Mas claro que eu queria ter todos eles em DVD… um dia eu acho os demais para comprar hahahaha.

Mas agora bora falar da historia do anime que era mais ou menos assim… A história começa no céu, onde conta-se mais ou menos a historia do anjinho Ching. Ching mora lá no céu e vive aprontando… Lá também ficam as almas das crianças que vão nascer aqui na terra e antes de nascer cada criança tem que receber um coração. O coração dos meninos é azul e o das meninas rosa. Então um dia, Ching… resolve aprontar, rouba  e faz uma menina engolir um coração azul… pouco depois São Pedro dá para ela também um coração rosa… e graças a isso ela fica com dois corações. Então Deus manda Ching para a terra para consertar a burrice que ele fez, pegar de volta o coração de menino que ele deu para o bebê, que no caso era Safiri a princesa da Terra de Prata, e ele não pode voltar para o céu até consertar a confusão que causou.

Acontece que para piorar ainda mais a situação… Na Terra de Prata, onde nasceu a princesa Safiri, de acordo com as leis do reino os governantes não podem ser mulheres. Por causa disso, quando nasce a princesa em vez de revelar que ela é uma menina… eles dizem que ela é um menino para manter a linha de sucessão e impedir que o vilão o Duque Duralumínio não tome o reino para o seu filho, o Príncipe Plastico se torne o Rei em vez de Safiri. Com a ajuda de seu comparsa Nylon, o Duque vive tentando provar que Safiri é uma menina para poder retirá-la da linha de sucessão ao trono e colocar o seu próprio filho nele.

safiri

Mas não é só isso… para deixar a trama ainda mais complicada claro que a gente tem que ter um romance básico né? Um dia, na sua festa de quinze anos, em um baile de máscaras, Safiri conhece o príncipe Franz da Terra de Ouro, reino vizinho a Terra de Prata. Cansada de fingir ser um menino, Safiri se veste de menina e se apresenta como Rosa, a “garota de cabelos dourados” e Franz apaixona-se por ela sem saber que é Safiri. E no caminho dos dois aparecem vários obstáculos e vários vilões que vão tentar impedir o ‘felizes para sempre’ deste conto de fadas em formato de anime.

Como eu já disse, acredito que todos os episódios estão liberados (por hora) no YouTube. O Anime teve uma continuação… onde os criadores contam a historia e as aventuras dos filhos gêmeos de Safiri e Franz… que eu ainda não tive a oportunidade de assistir… mas que um dia ainda quero ver. Claro que não vai ter o mesmo apelo emocional. Mas eu sou daquelas que gosta de saber como termina a historia e também a sua continuação quando tem uma.

Vou terminando este post por aqui… espero que tenham curtido o texto de hoje. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao