milagre

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Antes de mais nada deixa eu dizer para vcs que hoje só tem texto de filme legal neste blogue hahahahaha. Eu sei o que vcs devem estar pensando… vcs pensaram assim: Shao, não é porque vc curte que o filme necessariamente vai ser legal para mim. Eu sei, mas sério… só filme legal hoje (pelo menos do meu ponto de vista).

E neste post vamos falar de outros dos meus filmes favoritos “A Espera de um Milagre” (ou “The Green Mile” no original em inglês). É um filme de 1999. Então, já é relativamente antigo. Eu acredito que a grande maioria das pessoas já tenha visto este filme porque o SBT reprisa ele pra caramba. Mas de qualquer forma eu vou tentar não dar spoiler. Antes de mais nada deixa eu dizer que o filme foi baseado na obra homônima do escritor Stephen King, que para quem não sabe é considerado o mestre do terror na literatura.

Entretanto… apesar disso e apesar de um quê de sobrenatural na história eu sinceramente não considero este um filme de terror. É muito mais um filme de drama para mim. A história é narrada em primeira pessoa… e se passa na década de 30 nos EUA quando a América do Norte passava por uma depressão, a pobreza se espalhava, os crimes aumentavam e milhares de pessoas estavam desempregadas e desesperançosas. O cenário principal do filme de dá dentro do corredor da morte numa prisão no Sul dos Estados Unidos. Que era um conjunto de celas, onde os criminosos condenados à morte esperavam chegar a data da sua execução. No filme, a execução de dava via cadeira elétrica. Eu não sei o quão verídico é isso… se realmente nas prisões da Louisiana em algum momento os presos eram executados eletrocutados… eu fiquei com preguiça de pesquisar… se vcs tiverem curiosidade quanto à este assunto vão ter que pesquisar vcs mesmos hahahahahaha.

Então, um dia… chega no corredor da morte, o prisioneiro John Coffey (interpretado pelo ator Michael Clark Duncan, que já é falecido)… um negro enorme que foi acusado de matar duas meninas. É um creme horrível e esta, na minha opinião é a parte de horror do filme, a parte do crime. John Coffey vai preso e fica sob a responsabilidade dos guardas do corredor da morte, liderados pelo chefe Paul Edgecomb (interpretado pelo Tom Hanks, em um dos seus melhores papéis na minha opinião). Coffey tem o tamanho e a força suficiente para matar quem quisesse mas, conforme vai observando o comportamento de Coffey na prisão Paul começa a duvidar que ele tenha cometido qualquer crime.  E a história do filme é centrada nesses dois personagens. O ator Dabbs Greer, interpreta também Paul, só que mais velho, no final da sua vida, morando num asilo e é ele quem conta a história, se lembrando de John Coffey. Então o filme fica indo e voltando entre o presente e o passado.

O filme também conta ligeiramente a história dos outros presos e dos outros guardas, de suas famílias e também do diretor da prisão e de como a passagem de John Coffey pela vida dessas pessoas a modifica indelevelmente. Conforme o filme vai avançando podemos ver que Coffey não é uma pessoa comum. Não é apenas a sua aparência gigantesca que ele tem… ele tem um dom sobrenatural. Tudo que Coffey toca… se estiver doente ou ferido ele cura… ou, como ele mesmo diz ele ‘ajuda’. Começamos a perceber isso quando um novo prisioneiro é trazido para o corredor da morte, um cara encrenqueiro e perigosíssimo que tem o apelido de Billy de Kid. O sujeito causa a maior confusão, quase conseguindo fugir quando é trazido para ser colocado na cela. Ele desarma um guarda, acerta Paul, que já não estava se sentindo bem com uma grave infecção urinária. Depois que é contido e colocado na cela… Paul fica ainda mais mal… John Coffey então cura Paul e ele fica estarrecido com o poder sobrenatural do homem.

Depois de ser curado por Coffey Paul resolve investigar o caso de Coffey, ele procura o advogado de Coffey porque cada vez menos ele acredita que o prisioneiro tenha matado as crianças. O advogado deixa claro que ele acredita sim que Coffey tenha cometido os crimes e ele compara o “negro” a um cão vira-latas… então vc percebe que estamos no sul dos Estados Unidos e que o racismo foi um dos fatores definitivos pela prisão e condenação de Coffey. Um negro, encontrado na cena do crime… foi ele quem matou. Paul então percebe que mesmo que Coffey seja inocente… ninguém vai querer perder tempo em rever o seu caso.

Passado um tempo, um guarda (que é o capeta da saia de tule) chamado Percy que é detestado por todos os presos e por todos os outros guardas. Por maldade pura mata um rato que era o bichinho de estimação de um dos presos. Coffey pega o animal morto e o bicho volta à vida. Um dia depois de mais um milagre de Coffey… Paul e sua mulher vão visitar os amigos pessoais que são o Diretor do presídio e sua esposa Melinda que está sofrendo com um terrível e inoperável tumor no cérebro. Hal, o diretor e amigo de Paul, desabafa com ele, mas se mostra cansado e desesperançoso. Paul então tem uma ideia… ele pensa em levar Coffey para ver Melinda para tentar curá-la… mas para isso ele precisa da ajuda dos outros guardas… Os amigos de Paul concordam. Eles então drogam Billy de Kid para ele dormir, e eles colocam Percy amarrado na solitária. Então eles tiram Coffey da cadeia e levam ele para ver Melinda…

E daqui para frente eu não vou contar o que acontece no filme porque não quero dar spoiler. Apesar de ser um filme bastante antigo é um dos meus filmes favoritos… e é um filme bem legal. Eu recomendo para caramba que vcs assistam esse filme. É muito, muito, muito legal mesmo…

Vou terminando este post por aqui… espero que vcs tenham curtido este post. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao