pink

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… Eu acordei cedo e sem sono e sem cansaço apesar de ser sábado. Sábado é o dia da preguiça geralmente mas vcs não querem saber nada disso porque para vcs ainda é quinta-feira, não percam as esperanças daqui a uns dias será sábado para vcs também.

Hoje é dia de falar de música. Umas coisas que vcs precisam saber é que música tá muito ligado ao lado emocional da pessoa e conforme a gente vai ficando mais velho a gente diminui o volume mais, a gente presta mais atenção nas letras das músicas, a gente deixa de ouvir as rádios mais populares porque as canções que elas tocam geralmente não ‘tocam’ mais a gente. Então a gente ouve rádios que tocam músicas ‘da nossa época’ ou então a gente nem ouve rádio nenhuma hahahahahaha.

Eu ainda ouço rádio… Não como eu ouvia antes, hoje em dia eu ouço rádios online. Quando eu posso… a grande parte dos ambientes que eu frequento requerem silêncio. Rádios não são bem vindas então eu ouço música geralmente no meu carro indo e voltando do trabalho, da academia. Ou então em casa enquanto eu escrevo aqui no blogue. Mas eu ouço mais Streaming de Música, o meu escolhido é o Spotify. E esses dias atrás piscou na minha tela do Spotify dizendo que a P!ink lançou um álbum novo e eu fui ouvir para ver qual que era a desse trabalho novo dela.

Eu conheci a P!ink lá no final dos anos 90 início dos anos 2000 quando ela estourou. E três coisas que eu sempre gostei no trabalho dela, as letras são bacanas, o som que ela faz que é Pop porém com uma pegada mais puxada pro Rock e a voz dela. A mulher tem um vozeirão… dentre todas as cantoras pop que estouraram naquela época ela sempre foi uma das duas que tinham vozes poderosas e não eram produto de Autotune. 

pinkiii

Fazia cinco anos que ela não lançava nada, o último Álbum dela foi de 2012 e é meu CD favorito dela. Mas não é do CD antigo que eu quero falar e sim do novo. Eu ouvi algumas vezes antes de expressar minhas impressões. Eu não vou fazer um faixa a faixa só uma impressão geral. A primeira vez que eu ouvi eu achei o som diferente… lembra claro o estilo de sempre dela, mas vem com uma nova roupagem. E logo de cara vc sente um estranhamento…

Para mim existem três tipos de música aquela que vc ouve uma vez e ela gruda na sua cabeça que nem chiclete e sempre vai ser uma das suas favoritas (e eu não tô falando das músicas chiclete que vc ouve porque elas são feitas para grudar mas que depois de ouvir tantas vezes vc começa a odiar a música, o cantor e a mãe dele) são as músicas que vc sente amor à primeira ouvida hahahaha, existe aquelas músicas que vc tem que ouvir duas ou três vezes e na quarta vc pensa, nossa não é que essa música é boa? E tem aquelas que vc nunca vai gostar… não tem jeito, aquela que vc sempre pula ela qdo tá ouvindo o CD.

O CD de 2012 da Pink “The Truth About Love” era do tipo de CD que tinham várias músicas do tipo que vc ouve e ama de primeira e o resto eram músicas que se vc ouvisse mais de uma vez vc ia acabar gostando também. Esta é mais ou menos o inverso. Tem umas quatro ou cinco músicas que te pegam de primeira e as outras vc precisa ser paciente com elas, ouvir mais de uma vez pra vc começar a achar elas legais também. Mas é normal porque é um álbum onde ela está experimentando mais com novos sons e novos produtores então é um som diferente do que eu estou habituada a ver a P!nk fazer, mas não é ruim… muito pelo contrário, é um trabalho mais maduro.

Não deixa de ser pop, tem uma pegada rock também, mas é mais leve, menos raivoso, mais direcionado e motivacional. Assim como ela experimenta com o Rap e com o Blues. Eu gostei! Claro que “The Truth About Love” vai continuar sendo meu álbum favorito. Mas este trabalho dela tá muito bom também. A voz dela continua perfeita, as letras bastante significativas e o rock tá mais melódico. 

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao