paz

Fala terráqueos, como vão vcs? Eu tô legal… tô cansada para caramba. Ontem eu fui num show e eu tô acabada… eu não tenho mais idade para essas aventuras juvenis. Não me entendam mal, eu me diverti para caramba mas… eu tô cansada para caramba. Eu tô acabada, eu tô sem voz, meus pés estão doendo porque eu fui de pista e fiquei em pé na pista por duas horas e meia e eu pulei para caramba e meu joelho esquerdo está doendo de tanto pular. Em suma, eu tô velha ahahahahahahahaha.

Eu tenho que lembrar de daqui em diante comprar entradas para cadeiras porque a velhinha aqui precisa descansar um pouquinho, sentar um pouquinho entre as músicas. Próximo show que eu vou vai ser cadeirinha… Bom, eu tô cansada pra caramba e por conseguinte eu resolvi que eu ia passar o domingo descansando. Eu acho que eu machuquei meu joelho, forcei meu joelho ontem e ele está um tanto quando dolorido hoje, espero que não seja nada sério, vou colocar gelo nele e torcer para amanhã ele estar melhor. Então bora filosofar um pouquinho neste final de final de semana.

Esses dias eu estava pensando na pessoa que eu era há uns 20 anos. Eu não era uma pessoa muito paciente e eu achava que quando uma coisa está certa ela está certa e ponto final. Muitas vezes vc debate um assunto com uma pessoa e vc tem a sua opinião e a pessoa tem a dela e ambas as opiniões estão fundamentadas e cimentadas dentro de vcs e tal… e nem vc vai mudar de opinião e nem a outra pessoa e eu aprendi com o passado do tempo que primeiro… a sua opinião é apenas isso, a sua opinião não é uma verdade universal e irrevogável. Segundo, não é porque a opinião da pessoa é diferente da sua que ela vale menos. Terceiro vc não tem que tentar convencer ninguém que vc está certo, e nem tentar mudar as outra pessoas e convencê-las a pensar da mesma forma que vc.

Enquanto eu crescia, muitas vezes as pessoas impuseram a opinião delas à mim… vc tem que fazer isso, vc tem que fazer aquilo, vc tem que pensar assim, ou assado… porque isso é o correto… e blábláblá… Nossos, pais, tios, avós fazem isso com a gente muitas vezes sem perceberem que estão fazendo isso. Daí vc cresce e começa a expressar uma opinião diferente da deles e então de repente vc é um alienígena. De repente vc cresceu e ‘ficou rebelde’.

Eu descobri que na grande maioria das vezes não adianta discutir, não adianta vc tentar explicar, às vezes é melhor ter paz do que ter razão. Deixa lá a pessoa cheia das razões dela, não discute, apenas fica na sua… se afasta e fala… Beleza! É dolorido muitas vezes deixar a pessoa vagando pelo vale da ignorância mas… é o mais sensato a se fazer. Por mais que vc pense… mas mano isso é absurdo, tem tantas coisas erradas nesse mundo e a pessoa fica focando em coisa que não tem nada a ver…

Mas é a coisa mais sensata a se fazer e é a melhor coisa para vc. Porque discutir com gente que é ignorante e que defende com unhas e dentes o direito de permanecer na ignorância é extremamente, estressante cansativo e no final das contas não leva a gente a lugar nenhum. Então… de uns tempos para cá eu estou preferindo ter paz a ter razão.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao