1457854

Fala terráqueos beleza? Espero que sim… Eu tô cansada para caramba, menos cansada do que eu estava quando eu estava na correria louca do TCC. Falando do TCC amanhã eu tenho a PROVA FINAL da minha pós-graduação… (vcs devem estar lendo este post bem depois de eu já ter feito a prova e estar descansando) mas no momento eu estou extremamente ansiosa. Não nervosa. Ansiosa… porque eu quero mesmo fazer logo essa prova para encerrar esse capítulo da minha vida. Hoje eu vou estudar um pouquinho, vou dormir cedo pra fazer a prova amanhã de manhã…

Esses dias eu tirei para descansar justamente para não estar toda cansada e doida na prova para amanhã… E como é que eu geralmente descanso? Dormindo… claro… mas às vezes eu assisto filmes e nem sempre são filmes que estão entre os mais vistos. Às vezes eu fico procurando uns filmes menos populares na Netflix. E não sei se eu comentei aqui neste blogue alguma vez, mas eu curto filmes Chineses daqueles bem fantasiosos, que vc assiste a luta e pensa… Ah vá que o cara ia ficar flutuando no ar desse jeito só porque ele sabe Kung Fu!

Mas eu curto pra caramba esse tipo de filme, eu assistia esses filmes com a minha mãe quando eu era criança. Esses filmes ganharam o mercado quando o filme “O Tigre e o Dragão” fez sucesso… e como eu já disse eu amo esse estilo de filmes. E tem bastante deles no Netflix e nas internets da vida… Tem vários filmes chineses mesmo que atores famosos como Jack Chan e Jet Li fizeram lá no país de origem deles e não chegou aqui para a gente nos cinemas mas que são bons para caramba. E é de um filme desse estilão que eu quero falar aqui hoje.

Procurando no Netflix eu encontrei bastantes filmes legais deste estilo. Este aqui em português foi chamado de “A Lenda do Mestre Chinês” em inglês era “O Feiticeiro e a Serpente Branca” que eu particularmente achei mais interessante hahahahaha, mas caso vcs não saibam, nem, sempre são os tradutores quem escolhem os nomes dos filmes… são os estúdios e tal… Anyway, nomes à parte… o filme conta uma história que é mais ou menos assim… Numa província lá da China, temos diversos monges budistas e seu mestre Fa Hai (interpretado por Jet Li) e esses monges tem como missão principal proteger os seres humanos de demônios. Para tal eles caçam esses demônios, usando seus poderes mágicos e feitiçarias bem como suas habilidades nas artes marciais, e eles banem eles para longe da humanidade. E eles também tomam conta das pessoas doentes que ficaram doentes por causa de alguma maldição de algum demônio.

Nessa mesma província existe um jovem e pobre médico que quer nada mais nada menos que curar as pessoas. Por conta de maldições demoníacas uma cidade toda está doente e morrendo e o rapaz, chamado Xu Zian se esforça sem sucesso para curar as pessoas. Enquanto isso no mundo dos demônios duas irmãs serpentes vivem suas vidas imortais e observam a humanidade. Enquanto elas fazem isso a jovem que é a serpente branca se apaixona pelo jovem Xu Zian e ela salva a vida dele quando sua irmã o joga num lago, colocando a vida dele em risco. O rapaz também se apaixona por ela… mas ele nem sonha que na verdade ela é um dos demônios que o Fa Hai caça…

123456

Passando o tempo…a jovem que é a serpente branca se disfarça de humana e vai atrás de Xu Zian, ela resolve viver como humana ao lado dele. Os dois se casam e vivem felizes por algum tempo mas cada vez mais humanos estão aparecendo mortos ou doentes por demônios… como ela é um demônio e ele é um humano o amor deles é impossível.

É uma história de amor, recheada de mitologia chinesa, lutas absurdas e tem muitas partes muito engraçadas… as melhores partes são as do aprendiz do Mestre ele é todo atrapalhado… é uma história bem triste. Esses filmes chineses geralmente não tem finais felizes. A trilha sonora é linda de morrer e é outra característica marcante desses filmes, eles tem composições clássicas muito lindas. Não é um estilo de filmes muito comercial… então ele causa uma certa estranheza para nós que estamos acostumados ao formato Hollywoodiano mas assim, eu recomendo para caramba esse filme… talvez porque eu goste muito, ou talvez porque ele seja bem legal, deixo para vcs decidirem.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao