dadsdasdae

Fala terráqueos beleza? Eu espero que vcs estejam bem. Eu tô de férias então eu tô ótima. Acabou o feriado… eu tinha prometido para mim mesma que eu ia ficar os quatro dias do feriado descansando mas, eu só consegui ficar três dias sem fazer nada só vendo série, lendo, jogando videogame e navegando na internet. E dormindo claro… Hoje eu acordei cedo mesmo sendo domingo (e eu sei que vcs estão lendo este post na segunda) e passei o dia todo com a cara enfiada nos livros.

Ou quase o dia todo, porque eu fiz uma pausa para comer porque já ta me dando hipoglicemia… e para assistir uns documentários. Depois voltei a estudar mais um pouco e agora eu fiz outra pausa eu tenho que jantar e eu tô vendo outro filme… mas acho que vou pegar mais um pouco nos cadernos antes de terminar a noite. Pois é… eu não consigo ficar muito tempo longe dos estudos, meus irmãos dizem que é o meu hobby, estudar. Me julguem.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar neste texto. Como eu disse eu estava navegando na internet e eu dei de cara com a notícia hoje de tarde que um jornalista da Folha foi demitido depois de fazer uma entrevista tendenciosa com o humorista Danilo Gentili. Porque o Danilo escreve um livro que acabou virando m filme que estreou no feriado. E como todo filme que é lançado tem aquela coletiva de imprensa onde eles falam do filme e onde geralmente os atores, diretores e produtores tem que responder às mesmas perguntas o dia todo…

Acontece que o ex-Repórter da Folha, Diego Bargas depois da entrevista publicou uma matéria descendo a lenha no filme e tal…(clique aqui para ler a reportagem dele). Eu não cheguei a ler a reportagem antes da polêmica toda, da demissão e o caramba porque… sinceramente o filme não me interessou nem um pouco. Semana passada eu fui ao cinema ver “It” e passou o trailer deste filme eu achei bem besta, bem retardado… jamais que eu ia gastar a minha grana para ver este filme no cinema. Então nenhuma reportagem referente ao lançamento deste filme em particular me chamou a atenção então eu não li nada sobre critica nem nada…

E então hoje eu li que o repórter foi demitido… aparentemente, depois de ler a matéria o próprio comediante Danilo Gentili publicou o vídeo da entrevista. E acusando o cara de já ter começado a entrevista com o texto da matéria pronto. Se vc apenas lê a reportagem do tal Diego Bargas vc nem acha nada demais, parece simplesmente um cara que não curtiu o filme e que não é muito fã do Danilo. Eu consigo me relacionar… Porque só pelo trailer eu já achei que o filme seria uma bosta, e eu não sou muito fã também do Danilo Gentili… eu não tenho nada contra ele, e ele é um cara super bem sucedido na carreira que ele escolheu, mas eu não o acho um comediante extremamente engraçado.

E o Danilo e um cara controverso daqueles que tem gente que ama e tem gente que odeia. Ele é de direita, e ele faz questão de deixar isso bem claro… logo ele é extremamente atacado pelos militantes de esquerda. E claro, ele é extremamente defendido pelos militantes de direita. 

Então quando vc lê a reportagem isoladamente vc não percebe todo esse background. Mas quando vc vê o vídeo e vc manja de todo esse contexto de polarização esquerda vs direita que está acontecendo na sociedade ultimamente, e vc sabe do histórico do jornalista e do histórico do Gentili e vc vê o vídeo vc vê que… as questões que o jornalista estava fazendo para o Danilo não tinham nada a ver com o filme, tinham muito a ver com política e que ele ficava, de forma bem explícita tentando arrancar conexões políticas, motivos ocultos, mensagens subliminares direitistas no filme.

Teve um momento que ele perguntou porque eles não tinham convidado outras figuras polêmicas além do Danilo para participar do filme e ele cita três figuras de extrema direita… entre elas Raquel Sherazade e o Alexandre Frota… o outro eu não lembro. A resposta do produtor é que eles convidaram atores que eles consideravam extremamente talentosos. No final das contas o Danilo perdeu a esportiva com o cara e disse que ele obviamente já tinha a reportagem pronta… porque aparentemente ele não estava interessado em responder aquele tipo de questionamento sendo que o repórter já estava com a opinião firmada e tal.

Daí passa um tempinho… o cara posta nas suas redes sociais que foi demitido da Folha de São Paulo… E eu me questiono, ele foi demitido por causa da matéria? Por ter sido ostensivamente de esquerda? Por não ter soado muito profissional? Na verdade nunca saberemos… Eu acho até que é uma questão particular, acho que nem a filha nem o repórter querem que a razão da demissão venha à tona. Não deve ser bacana para nenhuma das partes.

Mas para mim a questão nem é essa… Não me importo se o jornalista é de esquerda ou não e se o Danilo é de direita. Isso de mídia isenta, que ouve e reflete os dois lados da historia não existe e nem nunca vai existir e isto é fato. O que existe são meios de jornalismo tradicional ou digital que contratam repórteres que estejam mais ou menos alinhados aos pensamento editorial da empresa. E toda a empresa midiática quer passar essa imagem de ‘isenção’ de ‘profissionalismo’ mesmo que ela seja irreal. É o caso da Folha e de todos os outros jornais existentes… no final das contas ela vai refletir a opinião do jornalista, do editor… da linha editorial. A questão é… mano, olha em que ponto chegamos com os ódios e os extremismos! E infelizmente eu acho que ainda não atingimos o fundo do poço…

Eu venho pensando nisso tem anos… Daqui a pouco as pessoas vão começar a se esfaquear na rua por causa de idealismo. Esses dias a propaganda do OMO, sabão em pó… fez uma propaganda falando que não existia brinquedo de menina e de menino… pronto!!! Tava fazendo apologia à ideologia de gênero. Foi pedrada a torto e a direito dos movimentos conservadores. Gente pedindo pra boicotar o sabão e o caramba… Mano, na Suécia não existe esse lance de brinquedo de menina e de menino tem sei lá quantos séculos. A empresa manteve a propaganda no ar mas fez um comunicado mudando o foco para a liberdade da criança de brincar com o que quiser e tal… Mas aí já tava criado o salseiro todo.

Agora o jornalista perdeu o emprego por… não sei… acredito eu, por (aparentemente) demonstrar que pendia um pouco para a esquerda o que deve ter desagradado os donos da empresa. Fora ter perdido o emprego ele foi atacado por diversos seguidores do comediante Danilo Gentili nas redes sociais… Não sei sinceramente se o cara é esquerdista, isso nem vem ao caso. Eu vi gente dizendo que ele tinha usado o seu veículo de trabalho para espalhar a sua ideologia e que era bem feito que ele tinha se ferrado, perdido o emprego. Vi gente dizendo também que ele era um trabalhador e o Danilo um artista e claro que a corda tinha que estourar para o lado mais fraco… e blábláblá.

O ponto é que… hoje em dia se vc exprime a sua opinião, e nem precisa ser de forma contundente tá? Vc pode até pegar leve na hora de declarar no que vc acredita. Vc poder mesmo ser respeitoso. Vc vai atrair ódio do lado oposto. Eu já sofri ataque de ambos os lados da direita e da esquerda raivosa porque eu tendo a ter uma postura mais moderada, mais de centro…

E eu tenho evitado ao máximo declarar o que eu penso em redes sociais e tal primeiro, porque enche o saco dos outros. Eu já tô de saco cheio… imagino que muita gente também esteja. Segundo porque a gente tá sim vivendo num mundo onde vc pode se prejudicar, perder seu emprego, seu ganha pão, a vaga na universidade, sua professora orientadora do TCC pode te reprovar, se vc discordar do que aquela pessoa tá dizendo. Geralmente eu exponho o que eu penso, em casa numa conversa com a minha família, no barzinho com meus amigos… e geralmente para pessoas que eu sei que mesmo que discordem de mim, me respeitam e que me permitem ter uma opinião divergente da deles… da mesma forma que eu respeito e não tento impor meu pensamento, minha religião, minha ideologia a quem quer que seja.

A intolerância domina… e pessoas como eu e meus amigos somos cada vez mais uma minoria espremida entre dois cordões de ódio que ficam gritando para que nós façamos a nossa escolha entre um e outro. Bom… eu, não escolho nenhum lado insano. Eu escolho a temperança, eu escolho respeitar quem pensa diferente de mim. Mas no momento, é um lugar bem solitário para se estar.

 

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao