ovos

Fala galera, como vão vcs? Eu tô legal… aproveitando meu sabadão (eu sei que para vcs é quarta-feira mas para mim é sabadão depois do feriado prolongado, depois que eu lavei toda a roupa da semana, quer dizer, não toda… metade porque eu já tinha lavado um pouco na quarta-feira… então tive poucas tarefas domésticas hoje e estou aproveitando para descansar esse feriadão porque segunda que vem começa novamente a agonia de rato do Cartão de Estacionamento do Idoso na Prefeiturolândia e eu começo a contagem regressiva para a minha prova final da pós que vai acontecer sábado que vem.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar neste post… Hoje eu quero contar mais um causo. Vcs digam se é engraçado ou não, na época eu achei engraçado, logo em seguida não e hoje eu acho engraçado novamente. Quando meus irmãos eram pequenos… uns cinco seis anos por aí… eu tinha que tomar conta deles. E eu tinha que inventar trocentas atividades para eles para distraí-los. Mas nem sempre eu tinha boas idéias… hhahahahaha, eu era adolescente e às vezes eu tinha idéias péssimas.

Uma vez eles me perguntaram o que eu fazia para me divertir e eu fui cair na besteira de contar para eles o que eu e meus primos fazíamos quando a gente era criança. Duas coisas que a gente fazia… uma, era jogar ovo nas pessoas que passavam na rua… maldade eu sei. Se serve para consolo para vcs a gente era muito ruim de mira e nunca acertamos em ninguém. Outra coisa que a gente fazia era jogar balões com água nas pessoas… também erramos todos para o bem geral da nação (não façam isso com as pessoas… nós éramos crianças, e idiotas… felizmente a gente cresce).

Só que eu tinha que cometer a rematada loucura de contar isso para os meus irmãos. E a gente mora num apartamento, no quinto andar… e a janela dá para a avenida. E de sábado, temos feira-livre aqui na rua… o que foi que os bonitos fizeram ? Com a minha ajuda claro, eu não me eximo da minha parte nesta peraltice hahahahaha… Eles pegaram ovos na geladeira (mentira, eles não pegaram eu que dei… hahahahaha. E jogaram da janela, em pleno meio dia que é quando a feira tá parecendo um formigueiro. Felizmente… eles tinham a mira tão péssima quanto a minha e eles não acertaram ninguém.

Sabe quando o ovo vai caindo e vc pensa, ai vai cair na cabeça de alguém, aí ele cai bem naquele único espaço vazio existente e vc fica UFA! De qualquer forma… minha mãe descobriu e adivinha quem apanhou? Eu né! Claro… eles apanharam um pouquinho também, mas eu apanhei mais porque eu era a mais velha e eu era responsável por eles e eu deveria estar tomando conta deles e não ensinando eles a fazer o que não presta. Palavras dela! Hoje é engraçado e a gente ri junto do que aconteceu… mais uma aventura conjunta para mim e meus irmãos… mas na época a gente apanhou hahahaha. 

Vou terminando este post por aqui. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao