freestyle libre

Fala terráqueos como vão vcs? Eu tô legal… eu acho… tô 99% melhor da gripe só estou tomando extremo cuidado para não ter uma recaída, recaídas para mim significam glicemia alta, pneumonia e um monte de coisas ruins. Embora a dor no corpo e o desânimo tenham partido acho que eu vou ter que esperar até segunda para encarar o ar-condicionado da academia.

Mas, nem era disso que eu queria falar como sempre… como vcs sabem eu sou diabética, desde 2008… quer dizer, 2008 foi quando eu fui diagnosticada. Sabe lá Deus desde quando eu tinha essa doença em mim… A diabetes é uma doença silenciosa, pode ser que eu a tivesse a mais tempo. E eu sou nerd, e como tal, em geral eu estou quase sempre disposta a testar as novidades tecnológicas.

E felizmente para as pessoas doentes, com várias doenças, a medicina caminhando lado a lado com a tecnologia vem evoluindo muito. E eu já comentei com vcs sobre o aparelho Freestyle Libre (clique aqui e aqui para ler os dois posts anteriores nos quais eu falo sobre essa tecnologia) que eu tô usando para acompanhar a minha glicemia, fazer um controle melhor e não ter que furar o dedo tantas vezes durante o dia.

Já faz bastantes meses que eu estou usando esse aparelho, essa tecnologia e já deu para fazer uma avaliação dos pontos ruins e dos pontos bons. Não sei se eu comentei mas, um dos pontos ruins é o sensor ser caro (cerca de 250 reais cada sensor), de vender em apenas um lugar (Drogaria Onofre) e de durar apenas 14 dias. Pelo preço que é… ele deveria durar muito mais… entretanto hoje eu nem vou falar tanto do sensor em si, vou falar de aplicativos que funcionam para ler o sensor da Abbott. Vou listar alguns aqui, que eu experimentei e dizer o que eu acho de cada um deles…

Primeiramente, vc precisa ter um celular que possua a tecnologia NFC que é um leitor de sensores que vem embutido do celular, serve para por exemplo vc ver o crédito do deu bilhete único, serve par transferir arquivos para outros celulares que tem a mesma tecnologia, serve para usar o celular como cartão e efetuar pagamentos. E serve também para ler o sensor intersticial da Abbott. então par todos os aplicativos que eu vou falar hoje vc NECESSARIAMENTE tem que ter um celular com essa tecnologia. Se vc não tiver um celular qualquer com essa tecnologia NFC não vai funcionar…

Beleza, uma vez que vc tem um celular assim, tenha em mente que isso é uma espécie de Gambiarra. Que o leitor NFC pode danificar o sensor de 250 reais que vc aplicou no braço. Então utilize por sua conta e risco. Eu resolvi utilizar… massss, eu utilizo assim. Eu uso o leitor oficial da Abbott que é o aparelhinho da foto acima. até o penúltimo dos 14 dias e a partir do 14º dia eu uso os apps para fazer outra gambiarra e prolongar o uso do sensor por mais dias do que apenas 14. Pra vcs terem uma ideia eu usei o último sensor por mais 8 dias além dos 14… Ou seja, 22 dias consecutivos. Ou seja a cada dois sensores eu economizo um. Mas vamos aos aplicativos.

Tem vários aplicativos que vc pode utilizar para ler o sensor. Eu vou falar aqui apenas dos apps que eu testei okay? Porque tem vários e tem uns que eu tive preguiça de testar, eu confesso. E todos os que eu vou citar eu baixei da PlayStore que é a loja do Android. Celulares IOS não tem NFC (acho que o Iphone 7 tem… mas os anteriores não e eu tenho o 6plus) então eu nem procurei na AppStore da Apple. Mas se vc tem o Iphone 7 talvez valha muito a pena vc procurar por um desses aplicativos ou por aplicativos semelhantes na AppStore.

Outra coisa que eu acho importante citar antes de falar dos aplicativos e já que estamos falando da tecnologia NFC ainda é que a antena NFC de alguns aparelhos são mais fortes que a de outros. Porque são Hardwares diferentes então eles tem potências e alcances diferentes. Então fique ciente que dependendo do seu celular ele pode danificar o sensor em vez de lê-lo. Ou pode ler ele errado, alterar as leituras e tal… Dito tudo isso vamos falar dos apps agora.

liappUm dos mais simples e um dos primeiros que eu testei é o Liapp. Ele apenas lê o sensor, ele lê as últimas oito horas, acho até que ele armazena alguma coisa e ele é bem simples, gráficos simples e tudo mais… mas eu não curti muito ele. O aparelhinho da Abbott dá muito mais informações que ele. Mas ele é bom de ter no celular para uma emergência… tipo acabou a bateria do meu aparelho e eu esqueci o carregador em casa… Mas como eu disse ele oferece uma gama menor de informações sobre os dados colhidos e por causa disso eu logo o abandonei. Mas se vc só quer um app simples para substituir o aparelhinho de vez em quando este app é muito bom!

Uma coisinha que eu notei nele que não é tão legal é que dá alguma diferença da leitura dele para a leitura com o aparelho da Abbott. Mas a diferença é mínima. Para mais e para menos…

glimp

O segundo e meu preferido e o que eu uso mais vezes e uso até hoje é o Glimp, esse é um app que vale a pena, ele dá informações para um caramba, quase tantas quanto o aparelho oficial da Abbott. E isso é o mais bacana nele. Pelo menos na minha opinião. Vc consegue controlar os níveis de açúcar, ingestão e o tempo de ação da insulina, do remédio que vc toma e ingestão de calorias. É um app bem completo um dos mais completos que eu já testei. Novamente ele não oferece tantas opções de gráficos quanto o próprio leitor da Abbott, mas é o que mais se aproxima.

Assim como o app anterior ele também dá diferença de leituras comparados com o aparelho da Abbott, também para mais e para menos, a diferença de leitura entretanto é maior que o Liapp. Mas nada escandaloso também.

O mais bacana do Glimp entretanto é vc poder continuar usando ele depois dos 14 dias padrão do sensor. Ultimo sensor que eu utilizei ele funcionou os 14 dias normais com o leitor padrão e mais oito dias com o Glimp. Ou seja eu estendi o uso de um sensor de 14 para 22 dias… Isto em questão de economia é super importante porque… se vc fizer as contas… Se eu usar o sensor com apenas seus 14 dias normais, a cada 42 dias eu uso 3 sensores. Usando o Glimp eu consigo usar dois sensores por 44 dias. No fim de um ano é economia para caramba.

Mas atenção… eu sou adulta, faço a dieta direitinho e faço exercício físico cinco vezes por semana e fiz essa experiência para ver se rolava se tava de boas e não tive problemas, mas eventualmente eu fazia um teste de ponta de dedo com os glicosímetros tradicionais para ver se o sensor ainda estava medindo direitinho. Eu não aconselho vc fazer esse tipo de experiência com criança ou com idosos ou com uma pessoa que a glicemia ainda não esteja controlada. Certo? Se quiserem fazer… façam, por sua conta e risco!

Mas levem em consideração que pode dar problemas, que o sensor pode não medir com tanta precisão, entre outros mil problemas que podem dar. Se não estiverem tão seguros, não façam! Não brinquem com a saúde de vcs! Eu só fiz porque a minha glicemia está controlada e ela está controlada pelos fatores que eu citei acima ok?

Obs. Parece que a Abbott mudou alguma coisa nos sensores e os novos sensores não estão mais lendo após o 14º dia, o que é uma pena! Mas foi bom enquanto durou!

glycemiaOutro app bem legal e que eu cheguei a usar bastante também é o Glycemya. Na boa, ele tem bastante opções de leituras e gráficos mas ele tem menos funcionalidades que o Glimp, ele seria um Liapp melhorado. O que tem de bacana nele é ver em gráfico com números a evolução da glicemia. Comparado ao aparelho da Abbott bem menos leituras… óbvio.

O mais bacana dele entretanto é que em comparação com o aparelho da Abbott ele é o que apresentou mais precisão. Ou seja, as leituras mais aproximadas à leitura do aparelhinho oficial da Abbott. Diferença sempre foi mínima, de um ou dois pontos… para mais ou para menos também.

gluco

Outro que funciona bem também e é bem simples é o GlucoNight Watch  ele também tem poucas funcionalidades, acho que ele tem tantas leitura quanto o anterior, o Glycemia. Mas ele é bem simples, de todos os que eu usei este é o mais user friendly (ou seja, mais fácil de operar que os outros). As leituras dele também são bem precisas… não dá muita diferença do aparelho e ele é bem bonitinho. Ele tem umas funcionalidades bacanas que vc pode capturar a tela dele e vc pode também mandar a medição por SMS. Esse é o diferencial dele…

glipms

Este é interessante ter também porque ele serve para iniciar ou reiniciar o sensor da Abbott Glimp S eu não testei reiniciar o sensor ainda, mas já testei iniciar ele e ele funciona bem. Para quê ele serve? Eu já usei ele para iniciar um sensor novo quando eu tinha esquecido o aparelhinho da Abbott em casa. Quem quer tentar usar ele para além dos 14 dias pode tentar reiniciar um sensor. Eu ainda não tive oportunidade de testar essa feature mas me disseram que dá certo… veremos.

Assim galera, tudo isso é muita tentativa e erro… tudo é muito experimental. Eu acredito que com a nanotecnologia, modos melhores e menos invasivos de leitura de glicose no sangue virão surgir. Como nerd que eu sou eu testo tudo aquilo que está ao meu alcance que eu acho que sirva para melhorar a forma como eu lido e cuido da minha diabetes.

Quando eu comecei a usar o Freestyle Libre valeu a pena para mim só de eu não ter que furar o dedo três a cinco vezes por dia. E eu sentia que minha família se sentia incomodada de ver eu ter que passar por aquilo. Eles não vêem a hora de aparecer uma insulina em comprimido ou inalável, que eu não precise ficar me furando tanto. Tá certo que com dietas e exercícios a minha necessidade de insulina caiu para caramba. Eu ainda tenho que tomar todos os dias mas em quantidades bem menores e tem dias que eu nem preciso…

Eu espero que este post tenha ajudado a esclarecer dúvidas de outros diabéticos que querem usar ou já estão usando esta tecnologia. Este é meu terceiro post sobre o tema… (clique aqui e aqui para ler os dois posts anteriores nos quais eu falo sobre essa tecnologia) e conforme o tempo for passando e eu for passando por mais experiências eu pretendo continuar compartilhando aqui no Blogue. Claro este blogue não é especificamente sobre Diabetes, mas é o meu Diário de Bordo e a diabetes desde 2008 faz parte do meu dia a dia então eventualmente eu vou ter que falar sobre ela.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios