correndo

Fala galera… como vão vcs? Eu tô legal… como sempre… tirei esse final de semana para descansar. Espero estar menos cansada semana que vem. Eu não fiz literalmente nada hoje, eu tinha que estudar, tinha que revisar uns textos. Mas, eu precisava descansar tanto a parte física quanto a minha cabeça… vamos retomar essas coisas na segunda…

Faz duas semanas que eu estou falando isso, vamos retomar as atividades na segunda-feira… hahahahaha e faz duas semanas que eu não consigo. Mas eu precisava porque eu estava esgotada, não era somente cansada. E não adianta ir extremamente cansada pra academia porque vc não tá rendendo nada… Tô melhor depois de duas semanas curtas. Essa semana vai ser cansativa também eu tenho um curso bem no meio dela, e é aquele tipo cansativo de curso com dinâmica e que vc tem que ficar o dia todo… mas apesar disso vou me esforçar para conseguir ir direitinho para a academia aproveitar que eu tô descansada.

E é sobre isso que eu quero falar no post de hoje. Eu nunca fui uma pessoa muito atlética, mas eu sempre fui bastante ativa, fora os anos que eu fiquei bem doente. Eu jogava vôlei, eu pratiquei judô, karatê e kung-fu. Entretanto desde 2006 quando eu comecei a minha segunda faculdade eu não tive tempo (nem ânimo) de praticar muito exercício.

Nesse meio tempo muita coisa aconteceu, entre elas duas que deixaram a minha saúde bem zoada, minha mãe ficou doente, eu descobri que eu estava com diabetes, logo em seguida minha mãe faleceu. E então ano passado eu resolvi voltar para a academia, por causa justamente da diabetes que por conta de alimentação errada e falta de atividade física estava descontrolada. Comecei fazer uma dieta orientada para uma nutricionista e voltei a fazer exercício.

Em 2006 eu pesava cerca de 78 quilos, eu conseguia correr (na esteira) duas horas, três vezes por semana… Eu estava com a saúde relativamente boa. Daí pra frente foi ladeira abaixo. Ano passado, quando eu comecei a fazer a dieta e a atividade física. Eu estava pesando 98 quilos, diabética onde a média da minha glicose era de 250 a 350 e eu não aguentava caminhar a passinhos lentinhos dez minutos sequer na esteira.

E mês passado, fez um ano que eu estou nessa batalha para perder peso, voltar para 78 (minha nutricionista falou que entre 75 e 78 está legal). Eu consegui perder um pouco de peso. Tô pesando 87 agora… ainda faltam mais de dez quilos para chegar no peso ideal. Mas, por conta da diabetes é complicado a perda de peso. É mais difícil perder peso até mesmo por conta da hipoglicemia, eu não posso forçar muito nos exercícios. Eu sou obrigada a pegar leve nos exercícios e a respeitar os limites do meu corpo, que não é o mesmo de onze anos atrás. Mas o resultado dos meus níveis de açúcar no sangue foram bem rápidos. Eu que acordava em jejum com 300 de glicemia, comecei a acordar com 80… que são níveis de açúcar de uma pessoa não diabética. Com picos de 150 máximo.

E eu consigo agora correr uma hora na esteira na velocidade que eu corria antigamente… sem forçar a barra, se eu forçar a barra e me extenuar eu até consigo uma hora e meia, mas este não é o objetivo. Se eu fizer isso é perigoso, eu posso passar mal… Semana passada mesmo, eu e fui dois dias seguidos para a academia e dois dias seguidos eu tive hipoglicemia no meio do exercício. Eu tive que parar, sentar no banco do vestiário e comer uma barra de fruta. Tomar aquele guaraná melado que vende na academia para a taxa de açúcar no sangue subir e eu poder ir para casa. Eu suava frio, taquicardia, mãos trêmulas… hipoglicemia é foda. Diabetes é foda…

Você tem que manter a taxa de açúcar baixa, para não prejudicar diversos órgãos, mas ao mesmo tempo vc não pode deixar ela cair demais senão vc pode ter uma parada cardíaca. É uma batalha constante… onde vc tem que controlar o que come, não ficar sem comer, fazer exercício mas não extrapolar… e às vezes desanima sabe? Enche o saco e dá vontade de mandar tudo às favas, ainda mais quando num mês vc vai na nutricionista e em vez de vc ter perdido peso vc ganhou peso. Eu perco a paciência de vez em quando e não faço a dieta (especialmente de final de semana) não que eu coma porcaria, eu só… fico sem comer. Comer de três em três horas é um saco também. Mas eu sei que eu tenho que me esforçar que é para meu próprio bem.

Então para eu não desanimar o que eu faço? Eu estipulo metas para mim… minha meta atualmente não é nem perder o peso em si… porque meu peso flutua para caramba. Meu objetivo atualmente é conseguir voltar a fazer uma corrida razoável de duas horas na esteira como eu fazia antes. Eu comecei ano passado que como eu disse eu não aguentava sequer caminhar dez minutos, me anima agora eu saber que eu consigo correr uma hora… tem dias que eu tô cansada demais, que eu não consigo. Nos meus piores dias eu tento pelo menos correr 45 minutos e caminhar mais 45… uma hora e meia de atividades diárias pelo menos cinco dias na semana. Num dia bom eu consigo fazer uma corrida de uma hora e mais uma caminhada de 45 a 60 minutos. Nos dias bons eu tento dar uma puxadinha a mais e nos dias que eu não estou tão bem eu vou com mais calma… O importante para mim é não desanimar… eu não tenho um prazo final para isso… Pode demorar mais um ou dois anos… Eu espero conseguir ahahahahahaha.

Vou terminando este post por aqui. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios