ss

Fala terráqueos, cês tão bonzinhos meus filhos? Espero que sim… não desejo pra vcs a enxaqueca que tá me perseguindo faz três dias… eu tô movida a café, e a remédio pra dor de cabeça faz bem uns cinco… não… quatro dias? Não sei mais… perdi as contas. De boa, minha vontade era deitar na minha cama e dormir pelo menos umas duas semanas. Mas toda a vez que eu tenho uma dor qualquer eu lembro do que a minha mãe costumava dizer…

Ela dizia:”Se eu fosse dar atenção para as minhas dores eu não levantava um dia da cama… Se tá doendo é porque vc ainda tá viva.” Então eu levanto da cama e tomo meu banho e vou trabalhar, e vou pra academia e chego em casa e tomo mais um comprimido mais, xícara de café e encaro horas e horas de estudo.Eu já virei uma figurante de “The Walking Dead”. Minhas olheiras estão tão fundas que acho que tô virando um Panda. E eu nem tô brincando… minha amiga me disse outro dia que eu tava com cara de morta… eu tô morta de cansada… Mas… eu vou ter todo o tempo do mundo para descansar quando eu morrer… enquanto a gente tá vivo a gente come e dorme apenas o suficiente para não pifar. Embora… sinceramente, eu precise mesmo é de umas férias… daquelas que vc apenas tem que ficar pelo menos uma semana dormindo.

Mas, como sempre nem era disso que eu queria falar nesse post… Já estamos no mês quatro (mês cinco Shao – mês quatro na verdade… porque eu estou escrevendo este post no mês quatro apesar de vcs estarem lendo ele no mês cinco) e eu já deveria ter lido pelo menos uns oito livros, mas com todo o cansaço que eu eu ando eu li apenas cinco… estou lendo o sexto (que será o próximo que eu vou postar aqui… fiquem ligados).

E este da capa aí em cima é o quinto livro do ano e deixa eu contar para vcs… é o melhor livro que eu li nos últimos tempos. Um livro de suspense realmente bom! Daqueles que prende vc do começo ao fim! Eu entrei em contato com esta historia primeiramente com  o filme (que eu até fiz um post aqui sobre ele clique para ler). E eu já gostei pra caramba do filme. E eu estava comentando sobre o filme com uns amigos e recomendei o filme para o meu irmão e fui assistir novamente, desta vez com ele e no início do filme aparece ‘baseado no romance – Sworn To Silence – de Linda Castillo’ aí eu pensei… Caraca velho… Tem livro desta história, eu pre-ci-so ler!!!

Então eu fui procurar na Amazon e encontrei a versão em inglês para baixar e baixei no meu Kindle e li em duas semanas. Porque eu estou sem tempo, eu só tenho uma hora, uma hora e meia por dia livres para ler na hora que eu estou na academia, caminhando na esteira, se eu tivesse mais tempo eu tinha lido mais rápido ainda. Porque como eu disse é daqueles livros que não dá vontade de vc parar de ler. A história é eletrizante, os personagens são bem construídos e o ritmo da narrativa não é nem um pouco monótono.

Claro que… não teve muito elemento surpresa para mim… porque eu já sabia quem era o assassino porque eu vi o filme primeiro antes de ler o livro. Mas, de qualquer forma o livro sempre, sempre, sempre é melhor que o filme… Sempre! E tenho dito, nem queiram discutir comigo porque não tô aceitando discussão com relação a livros serem melhor que os filmes.

Vamos falar do livro então… já falei que os personagens são bem construídos, que a narrativa é bem fluída… então deixa eu contar pra vcs mais ou menos a história para vcs. Não vou contar tudo porque não quero dar spoiler para vcs, eu sinceramente quero que a galera que leem aqui o blogue e vem procurando dicas de filmes e livros leiam este porque é muito legal. Eu me empolgo… me desculpem…

Voltando… Resuminho… A história é mais ou menos assim: Kate Burkholder é a primeira mulher chefe de polícia na pequena e pacata cidade de Painters Mill, no interior do estado de Ohio nos Estados Unidos… E tudo está bem calmo quando de repente, um assassino em série começa a atacar jovens mulheres da cidade. E Kate tem que solucionar o crime e evitar novas mortes. Acontece que… a cidade vive numa velada tensão entre a comunidade local e a comunidade Amish que vive também na cidade.

Mas fora estes problemas Kate tem seus próprios demônios para enfrentar. Dezesseis anos antes ela vivia na cidade e fazia parte da comunidade Amish, quando um ato de violência fez com que ela abandonasse aquele estilo de vida e partisse para longe, um segredo que ela e sua família guardam até hoje. Na mesma época um assassino estava atacando a cidade e as características dos crimes atuais levam a crer que o mesmo assassino está de volta. Kate, que também decidiu voltar para a cidade, mas agora como Chefe de Polícia vai ter que enfrentar os segredos do seu passado, o fantasma dos crimes que ocorreram há 16 anos e ao mesmo tempo impedir o novo assassino (ou seria o mesmo?) de matar novamente.

Como vcs podem ver a história base do filme e do livro são similares, mas existem diferenças… entre um e outro e como eu já disse o livro te dá mais detalhes do segredo de Kate, da sua família também, da tensão política entre a comunidade local e o povo Amish, detalhes dos assassinatos.

Os assassinatos aliás são um parênteses à parte, no filme a coisa é atenuada ao extremo. No livro os detalhes são descritos com precisão agoniante. Dá até um mal estar porque os crimes são extremamente violentos e não é uma coisa que a gente (pessoa normal) goste de pensar que  este tipo de atrocidades podem acontecer com qualquer um. Que um monstro pode estar mais perto de vc do que vc imagina e vc ou alguém que vc conhece pode ser vítima de uma violência tamanha. Eu como mulher fiquei meio abalada com as cenas descritas.

Mas tirando esses detalhes grotescos do crime… eu particularmente não teria coragem, nem estômago para descrever tão detalhadamente crimes, eu não gosto nem de pensar neles, quem dirá imaginar, descrever com detalhes…

Mas é um livro legal… quem quiser ler eu recomendo para um caramba a autora é boa pra caramba e a melhor parte (para mim pelo menos) é que é uma trilogia!! Adivinha se eu já não baixei no Kindle o segundo volume das aventuras de Kate Burkholder? Claro que sim! Segundo livro se chama “Pray For Silence” e já está no meu Kindle e eu já li uns 20% de suas 357 páginas. Se ele for tão bom quanto o primeiro deve ser o próximo post literário aqui do blogue. Aguardem.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios