oh-que-formosa-aparencia-tem-a-falsidade

Fala galera beleza? Espero que vcs estejam bem, espero que esteja tudo legal com vcs, eu como sempre estou morrendo de sono, de cansaço, me perguntando porque diabos eu resolvi fazer pós graduação e jurando para mim mesma que é a última vez que eu me meto a balão de estudar a nível universitário. Chega… eu acho que já estudei demais na vida. Eu quero poder sair do trabalho, ir para a academia depois chegar em casa e não ter que estudar mais nada…

Mudando de assunto, mas nem tanto… eu não tenho trabalhado muito nos textos aqui do blogue. Em primeiro lugar porque eu estou com bastantes textos agendados com antecedência, eu tenho mais de trinta posts agendados então não é necessária tanta pressa em escrever. Em segundo lugar porque eu estou cansada e quando eu tenho um tempinho Eu preciso escrever uns quatro ou cinco posts hoje para  poder ficar essa semana toda completamente sossegada com os posts e só precisar voltar a escrever semana que vem. Não tô tendo tempo quando eu chego em casa à noite, mas o movimento está acalmando no trabalho, eu vou rascunhando o texto aqui no bloco de notas enquanto não tem ninguém para eu atender.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar. Eu queria falar de Falsidade… Ai Shao, venenosa, vai falar das Falsianes. Vou nada… hahahahaha. Mas fiquem por aí, pode ser que seja interessante. Hoje em dia a gente tem mais contato com as pessoas pelas Redes Sociais que pessoalmente. Cada vez mais o mundo moderno acelera, novas tecnologias aparecem e cada vez mais nós estamos na corrida dos ratos, correndo atrás de trabalhar, pagar as contas ir ao médico, malhar, ficar fitness… a gente mal tem tempo para nós mesmos, não temos tempo para nossa família, para nossos amigos…

Eu estava lendo uma reportagem esses dias sobre discussões de família, de grupos de amigos e coisa e tal que foram parar na esfera judiciária. Viraram processos… porque né? Seres humanos!!! É difícil lidar! A tecnologia e as redes sociais servem para aproximar as pessoas é bem verdade mas… Também serve para aumentar a contenda entre as mesmas pessoas. Eu já tive vários desentendimentos e alterações online. Com amigos (que agora são ex-amigos por óbvio) com familiares (infelizmente não dá pra ser ex-parente hahahaha).

E isso acontece por quê? Porque tem muita gente sem noção no mundo gente. Nós mesmos somos sem noção de vez em quando, uns mais outros menos… anyway. E todo mundo tem direito a ficar irritado com alguém. Irritado com a gente e tem direito de reclamar, fazer textão no Facebook. Falar mal de vc pra outras pessoas… a verdade é que às vezes as pessoas faz algumas coisas e vc tem aquela reação visceral… Ahhh meu Deus, como ela pode???!! A verdade é que as pessoas podem tudo gente… não se surpreenda com isso… crie cabras mas não crie este tipo de expectativas em relação às outras pessoas. Infelizmente não dá sempre para manter a paz com todos… como dizia Martinho Lutero… “A paz, se possível, a verdade a todo custo.”

É um pensamento radical… sim, mas é real. Eu já fui chamada de falsa, de fresca, de metida, de arrogante e outras coisas mais na vida. Tanto no mundo real quanto no virtual. Mas gente… os verdadeiros falsos são aqueles que são os amigos de todos, aqueles que não desagradam ninguém. Quem tá sempre fazendo a social com todo mundo, e escolhe as palavras para estar sempre de bem com todo mundo. É amigo de gregos e troianos…

Como diz a frase de Shakespeare lá no começo do post… o falso ostenta a formosura das aparências.  É engraçado que, a grande parte das inimizades que eu fiz online especialmente, foi porque eu meio que fiquei se saco, sem paciência com a falta de tato ou falta de noção da pessoa. Sabe aquele dia que vc acordou de TPM, de mau humor… e um comentário te atingiu meio atravessado e vc pensou. Quer saber, foda-se essa pessoa e vc bloqueou ou discutiu ou whatever. Ou então a pessoa estava sempre agindo de forma grosseira e vc cansou de tentar ser educada e… foda-se essa pessoa.

E mais engraçado ainda porque esse mundo online é um mundo falso. Não é um mundo de verdade. E quando uma pessoa te acusa de ser falso com ele/ela online. Geralmente eu morro de vontade de rir loucamente porque… gente, nessas redes sociais, tudo é falso. É um Matrix gente, é uma emulação das relações reais. Ser acusado de ser falso é muito cômico…

Uma coisa que aconteceu comigo, deixa eu contar pra vcs… Eu postei um vídeo, numa rede social, não lembro qual… acho que foi no Facebook… De uma velhinha atravessando a rua numa avenida movimentada na China, e vem um cara, para o carro e ajuda uma senhorinha a atravessar a rua. Eu republiquei aquela postagem com um comentário tipo “ahhh ainda tem gente boa no mundo” então uma pessoa da minha família fez o mesmo republicou mas comentando “é fácil vc achar as outras pessoas boas e não fazer a mesma coisa dentro da sua própria família e blábláblá… como tinha gente falsa no mundo e mimimi…”

Quer dizer, tem gente que acha que porque vc achou uma atitude de uma pessoa bonita, mas não fez a mesma coisa (para ela… veja bem… se vc tivesse feito para outra pessoa a reação seria igualmente depreciativa) vc é falso.

A maioria se sente mais livre no mundo online, a distância física dá mais coragem às pessoas e falam mais, te ofendem com mais facilidade… Raridade é encontrar uma pessoa que fala as coisas que pensa sobre vc olhando nos seus olhos. As facilidades tecnológicas, as relações mais via redes sociais que pessoalmente deixaram as pessoas mais esquivas, mais hesitantes na hora de falar cara a cara, especialmente quando o que tem que ser dito é algo muito raro.

Eu tenho me preocupado muito, e tentado diminuir essa minha atitude de ‘falar na cara’ eu já quebrei muito a cara sendo honesta. Tem gente que como eu disse, não quer de verdade ouvir o que vc pensa. A pessoa não está preparada. Ou a sua verdade (que não é a verdade universal, tenha isso em mente) não é a verdade da pessoa, não se aplica ao universo daquela pessoa. Eu tenho procurado dosar as coisas e tenho tentado não impor meu ponto de vista às pessoas.

Ás vezes o melhor que um amigo pode fazer é ouvir, deixar o amigo desabafar, deixar ele quebrar a cara e estar lá presente para ajudar a recolher os cacos. Melhor jeito de a gente aprender alguma coisa às vezes é quebrando a cara… e eu falo por experiência própria.

Vou terminando este post por aqui, porque hoje eu tirei o dia para editar textos do novo livro. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios