oaqer

Fala terráqueos, beleza? Como vão vcs? Bem? Eu tô mais ou menos… acabando o feriado, sem computador, numa maré de azar. Claro que a gente fica meio chateada com as coisas, mas a gente vai levando né? Então bora direto pro assunto do post porque eu não estou muito afim de fazer nada hoje.

Acabei de levar uma facada de 590 reais, e eu já tô sem grana… então vai ser uma bosta. Eu preciso de um segundo emprego… mas meu pai e meu irmão acham que eu sou feita de vidro e que se eu começar a trabalhar demais eu vou ter uma espécie de colapso e ter um treco e morrer… acho…

Então é isso… vamos falar de mais um livro que eu li este ano… acho que é o segundo se eu não me engano. Sim… isso mesmo, segundo livro que eu estou lendo. E eu queria que fosse um livro levinho e inconsequente porque eu estava lendo um monte de coisas pesadas para a faculdade, então eu meio que ‘achei’ esse livro na Amazon. Baixei no meu Kindle e li ele até que bem rapidinho.

Primeiro livro desta autora que eu leio e vamos lá… primeiramente, eu li bastantes críticas ótimas, maravilhadas sobre essa autora e sobre essa saga (são três livros, tratando do mesmo tema, com personagens diferentes, até onde eu sei). E a autora é bem simpática, no final do livro tem até uma carta para os fãs brasileiros.

Resumo da história… Tristan é um artista talentoso, casado e pai de um menino e ele ama sua família mais que tudo… juntamente com o pai ele quer montar uma loja grande para expor os móveis que ele mesmo faz de madeira. Entretanto quando ele está indo para se encontrar com investidores, sua mãe, sua esposa e seu filho sofrem um acidente de carro… e no acidente a esposa e o filho de Tristan morrem e ele se afasta de tudo e de todos e muda de cidade e começa a viver como um eremita.

Enquanto isso na mesma cidade, a jovem Elizabeth volta para casa após um ano da morte do seu marido e amor da sua vida, com a sua filha Emma disposta a recomeçar. E quando ela volta para casa o estranho Tristan está morando na casa da frente… Eu não vou contar mais nada sobre o livro, porque não quero estragar, o livro é relativamente novo… Vcs tem que ler se quiserem saber. Um dos temas principais do livro é o luto, e como superar o luto e continuar com a vida… este foi um dos motivos pelos quais eu comecei a ler o livro. Mas… o livro é um romance então… a intenção primordial do livro era bacana, mas eu acho que ela acaba meio que se perdendo no meio do romance que surge entre os personagens Tristan e Elizabeth.

Beleza, vamos levar em consideração que romance é o que vende e que os personagens meio que procuram superar as suas perdas através desse romance. Mas, como eu disse… o livro tinha potencial para ser um livro bem bacana, mas acabou que a intenção se perdeu no caminho… Não sei se o texto original era melhor e a tradução meio que estragou a história… eu duvido…

A princípio vc pensa que o livro vai ter alguma profundidade porque trata de luto, então descamba para romance e a parte chata dessa parte romanesca do livro é justamente porque todo mundo adora ele… O livro é recheado de cenas pretensamente sensuais… Fora isso, logo de cara vc também pensa que os personagens vão ter mais profundidade mas no final das contas vc vê que não, porque a tragédia que a escritora colocou no começo da história serve de razão para o casal principal se conhecer, viverem uma relação complicada, então diversos obstáculos se opõem ao amor deles… obstáculos passados e presentes e então depois tudo que como por mágica vira amor verdadeiro que obviamente termina em felizes para sempre.

Como eu disse… é uma trilogia, entretanto eu não fiquei interessada em ler os outros dois… O livro é bacaninha, mas… não é o tipo de livro que eu costumo ler. Se vcs curtem esse tipo de romance, mais levinho que dá pra ler num final de semana, eu recomendo esse livro para vcs, a autora escreve bem… eu só acho que ela tinha que trabalhar um pouco mais as emoções, e aprofundar isso e também os personagens, mas… é legal…

Vou terminando este post por aqui, porque hoje eu tirei o dia para editar textos do novo livro. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios