Fala terráqueos, como vão indo vcs? Eu tô bem, cansada mas bem. Bora escrever dois textos de hoje depois eu tenho pelo menos umas seis ou oito horas de estudo pela frente. Daqui para frente e até Agosto de 2017 vai ser isso, trabalho, academia, casa, banho, duas horas para escrever e o resto da noite até eu começar a cair de sono… estudar, estudar as matérias da Pós Graduação e estudar para concurso. Vou estar morta no final desses meses todos, haja café pra manter a tia Shao acordada, haja cérebro pra absorver tanto conteúdo, mas vamos… como dizem a galera da academia, força, foco e fé!

Então gente, como vcs sabem eu tenho de vez em quando conversas filosóficas com meus irmãos… tipo, quem sou, onde estou, para onde vou… Não sei se este post vai ser longo ou curto, a conversa que eu tive com meus manos foi longa pra caramba hahahahaha horas e horas, mas pode ser que eu não lembre de tudo o que a gente conversou. Esses dias estávamos conversando sobre Orgulho e Vaidade… Especialmente o orgulho e como o orgulho é um sentimento humano que é ao mesmo tempo bom e mau. Como assim Shao??? Deixa eu ver se eu consigo explicar… é complicado. Geralmente é tido como defeito uma pessoa ser orgulhosa…

Por exemplo… Uma pessoa é extremamente orgulhosa, é sempre considerada uma babaca. Uma pessoa orgulhosa, tem uma opinião muito elevada sobre si mesma, ela está sempre acima das demais pessoas, ela se acha melhor que todo mundo. Pelo menos é isso que a maioria das pessoas acha. Na verdade se vc parar um pouquinho para analisar, vc não está descrevendo uma pessoa orgulhosa, vc está descrevendo uma pessoa, arrogante, prepotente ou soberba.

soberba

Ahhh Shao são sinônimos, não é tudo a mesma coisa? Na verdade não… a diferença é sutil, mas existe (leiam as imagens, as definições… bacana). Porque eu digo isso… porque vc pode sim ser uma pessoa orgulhosa, soberba e arrogante, mas vc pode ao mesmo tempo ser orgulhoso, mas não ser um babaca prepotente e arrogante. Shao, como é que vc pode ser orgulhoso e não ser babaca arrogante? Bom, vc pode ter orgulho de si mesmo… ter uma grande quantidade de amor próprio e dar valor a si mesmo, à pessoa que vc é, às conquistas que vc alcançou na vida. Sem necessariamente vc considerar as outras pessoas inferiores a vc e especialmente sem vc precisar diminuir o valor de outro indivíduo e das conquistas dele para se sentir bem com relação à sua vida e às suas conquistas. Eu estou fazendo sentido? Sei que aprece meio confuso… Não sei se eu estou conseguindo me fazer entender.

arrogancia

Eu confesso aqui para vcs que eu já fui na vida, uma pessoa bem prepotente. Então eu falo com conhecimento de causa. Não querendo me justificar nem nada (mas já me justificando), mas eu cresci num ambiente meio hostil, extremamente competitivo e eu sempre fui de boas, de ficar na minha e tal… mas, eu tomei tanta pancada, de todos os lados que uma hora cansei de ser saco de pancadas e eu percebi que se eu não batesse de volta eu ia sempre ser o Judas do Sábado de Aleluia do meu grupo de convivência. E por mais torpe que isso possa soar… é extremamente satisfatório, vc bater de volta (e eu digo isso no sentido figurado, não bater de dar porrada mesmo mas… sabe… responder à altura, devolver a ofensa…) numa pessoa (ou várias como era meu caso) que estão sempre te escarnecendo, fazendo vc se sentir menos.

É parte da natureza humana ser mauzinho e se vingar. E é sempre satisfatório. Vc diz a si mesmo que é justiça, mas na verdade é vingança e vc está sendo tão filadaputa quanto a pessoa que te humilhou te colocou abaixo de zero. Então, eu passei muito tempo sofrendo essa pegação de pé geral (que hoje a galera chama de bullying, na minha época não existia essa terminologia) até que um dia eu me tornei exatamente igual às pessoas que eu menos gostava. E eu fiquei outro tanto de tempo fazendo com os outros aquilo que fizeram comigo… me colocando acima, me achando melhor que os outros. Era meio que o meu modo de me defender, dizem que a melhor defesa é o ataque… vc ataca a pessoa antes dela ter chance de atacar vc e assim vc não dá armas para o inimigo.

É claro que é tudo uma grande ilusão uma grande bobagem. Demorou anos, e amadurecimento para eu olhar para mim mesma e ver que aquilo não era legal, aquela pessoa não era quem eu queria ser e infelizmente não é todo mundo que faz essa descoberta chocante, que de vítima, vc se torna o babaca agressor. Vc acaba se perdendo na sua própria vaidade!

vaidade

Hoje em dia eu consegui ser uma pessoa mais e boa, grande parte disso se deve ao fato de eu estar muito feliz em ser quem eu sou, a pessoa que eu me tornei e não dar mais a mínima para a opinião dos outros. O soberbo, ele geralmente se preocupa com a imagem que ele tem, com a opinião dos outros, ele diz que não mas no fundo ele se importa… e muito. Eu consegui deixar de ser essa pessoazinha asquerosa quando eu vi que eu tinha me tornado iguais a elas e que a opinião dos outros sobre mim jamais deveria ser para mim, mais importante que a minha opinião sobre mim mesma.

Ao mesmo tempo galera o orgulho é um sentimento necessário, o amor próprio é necessário. Vc vai sempre encontrar gente para tentar te colocar para baixo e vc precisa amar a si mesmo e não se deixar ficar lá embaixo onde estão tentando te colocar. É legal, vc ter orgulho, vc ter aquela sensação de dever cumprido, de vitória de quando vc batalhou para caramba para conquistar alguma coisa. É bacana vc ralar, fazer uma coisa legal e as pessoas que vc ama (as pessoas que realmente importam pra vc) virarem para vc e te falarem… Nossa mano, que orgulho de vc!

orgulho

E qual filho/filha não fica satisfeito de ouvir seus pais falando uma coisa dessas? E esse sentimento de orgulho de pai e mãe é um sentimento extremamente altruísta. Pai e mãe geralmente se orgulha das conquistas dos filhos… e é um sentimento derivado do amor não de coisas ruins, de vaidade, de prepotência, de soberba.

Então claro, existe gente babaca… não sejam essa pessoa, não cometam meu erro da juventude (ou comentam não sei, a juventude está aí para cometermos erros mesmo, a vida está aí para cometermos erros… mas estejam preparados para arcarem posteriormente com as consequências). Mas também se valorizem (sem desvalorizar as outras pessoas) se amem e é isso aí…

Vou terminando este post por aqui, porque hoje eu tirei o dia para editar textos do novo livro. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Advertisements