Fala galera… beleza? Eu nem ia escrever nada sobre este caso mas… eu fiquei particularmente irritada com o que aconteceu então vamos lá… Esses dias no metrô de São Paulo, se eu não me engano uma moça branca que estava usando um turbante, foi confrontada por algumas mulheres negras porque ela estava usando o turbante… vcs já devem ter visto o caso por aí… mas eu vou colocar a foto do post abaixo pra vcs lerem a íntegra do post da moça…. ela contando o caso.

16602794_373322386385038_1390756869385879603_n

Já leram, então foi isso que aconteceu com a moça, que estava lá usando um lenço enrolado como um turbante na cabeça porque ela teve câncer. E o que é apropriação cultural??? Eu não vou tentar descrever para vcs o que é apropriação cultural, eu vou colocar um vídeo aqui embaixo para vcs que explica o que é apropriação cultural do ponto de vista de uma moça que é militante do movimento afro.

Se vcs tiveram paciência de ler até aqui de ver o vídeo, deixa eu falar o que eu acho. Essa postura das moças no metrô de Curitiba, e a postura da moça do vídeo é uma postura defensiva. Extremamente defensiva. É um reflexo de um monte discriminação que muita gente sofreu. Daí criou-se uma resistência, uma militância para defender os direitos dos negros, que eu acho super necessária e válida, mas que hoje em dia é uma vitimização. Veja bem no vídeo, ela fala… Ahhh não importa que sua mãe é negra se vc é socialmente branca, vc não sofre discriminação…

Eu concordo com ela quando ela fala que existe uma discriminação gigantesca. Mas ela está generalizando, como ela mesma diz no vídeo. Mas, enfim… eu entendo o conceito de apropriação cultural, respeito o ponto de vista da galera militante. Mas eu sinceramente discordo da generalização e da ideia de separar coisa de negro, coisa de branco. É um pensamento extremista. Como vc quer ser reconhecido como igual sendo que vc se coloca como diferente? Como vc quer lutar pela igualdade, como vc quer ter direitos, e não acha correto conceder direitos às outras pessoas que são diferentes de vc? É meio incoerente.

Como eu sempre digo, todo pensamento extremista não é legal. Tem discriminação no Brasil? Tem e muita. É preciso acabar com ela? Sim… e com urgência. Temos que generalizar? Não! No Brasil a gente tem… o branco… o negro… o índio… o japonês… tem trocentas etnias de imigrantes. E no meio dessa galera toda, tem o mestiço, o cara que descende dessa gente toda e etnicamente não se encaixa em nenhuma  delas…

A maioria dos militantes negros falam, ahhh mas vc tem pele branca vc não sofre discriminação. Tá… se vc é uma pessoa branca que nasceu numa família negra, extremamente militante… sua vó vai te chamar de branquinha, branquela… ahhh mas isso não é discriminação porque a sociedade… blábláblá… Tá se meu meio social familiar já me discrimina, imagina o resto da sociedade…

Mas, no final das contas…sabe qual a solução para esse mimimi todo das redes sociais? A gente vive a nossa vida e quando essa galera vem de mimimi reclamando, a gente solta um grande FODA-SE para tudo isso. Seja vc branco ou negro ou verde musgo, se vc quiser usar um turbante, um chapéu mexicano, uma jaqueta de couro e sandálias japonesas e sair assim na rua faça isso!!! E FODA-SE o resto do mundo. Ninguém paga as suas contas, ninguém sabe da sua vida. Vc vai ficar esquisito pra caramba andando vestido desse jeito, mas FODA-SE a opinião alheia!!! E se vc quiser ler um texto coerente sobre Apropriação Cultural… leia este Blogue aqui “O Reacionário”.

See you guys around the corner.
Shao.

Anúncios