Related image

Fala galera beleza? Que dia é hoje, seis de fevereiro… entretanto para mim ainda é sete de Janeiro, eu fiquei três semanas de folga aqui do blogue, sem escrever quase nada, eu meio que comecei a escrever alguma coisa mas não terminei nenhum post porque eu tinha muitos posts (mais de quarenta posts agendados com antecedência) agendados então eu pensei, ei… eu posso ficar uns dias sem escrever e quando eu voltar eu ainda vou ter mais ou menos trinta posts agendados com antecedência. E foi isso que eu fiz e agora estamos de volta… acabou que eu tenho menos de trinta hahahahaha… eu tenho que escrever pelo menos três posts hoje pra ficar com trinta novamente, mas beleza porque hoje é final de semana, eu vou ter tempo para isso, e os três posta que eu preciso fazer estão mais ou menos rabiscados.

Como está indo o ano de vcs até então? O meu vai bem… Começou o ano, começaram os trabalhos do novo ano na Prefeiturolândia. Este ano tomou posse um novo Prefeito… toda a vez que um novo Prefeito toma posse um monte de coisa muda. Umas para melhor, outras para pior. Vamos ver o que vai acontecer. Eu espero que sejam mudanças para melhor… eu sempre espero que as mudanças sejam para melhor, infelizmente nem sempre são.

Como sempre os munícipes que a gente atende lá no trabalho já começaram o ano acelerados. Eles acham que chegar lá na Prefeitura na primeira semana do ano dá tempo de arrumar tudo, fazer tudo que eles não fizeram o ano passado. Anyway, mas isso não tem nada a ver com o assunto do post.

Mas é proveniente… vejam bem, eu estava atendendo uma pessoa… e um número grande de pessoas que vai até a Prefeiturolândia vai até lá para fazer reclamações. E quando a pessoa está fazendo algum tipo de reclamação… eu tenho que fazer uma série de perguntas, e tenho que digitar as respostas e tenho que efetivamente registrar a reclamação é é um monte de detalhezinho, um monte de procedimentos no sistema… e teve um dos munícipes que eu estava atendendo que reclamou que eu “não estava olhando nos olhos dele” enquanto eu o atendia. Pode uma coisa dessa??? Eu não tive nem resposta para dar para a criatura. eu só olhei para a cara dele… com ar estupefato, balancei a cabeça como quem diz “ai meu Deus, é cada uma que eu tenho que ouvir” e continuei cadastrando o pedido.

Em primeiro lugar, existe toda uma crença de que pessoas que não conversam com a gente “olhando no olho” são pessoas falsas e dissimuladas. Gente, o pior tipo de gente, o bem sacana mesmo, os mais dissimulados, os mais mentirosos, os piores mesmos… mentem, olhando bem no fundo do seu olho. Querem saber por que? Porque eles não tem remorso nenhum em fazer isso… em mentir descaradamente para vc.

Existe uma outra premissa de que olhar no olho enquanto conversamos estabelece uma conexão entre as pessoas e tal… e eu até concordo com esta premissa. Mas, eu geralmente quando eu estou atendendo as pessoas, eu estou representando o município, vc tem que ser simpático e tal, mas vc não pode ser muito amigo das pessoas. Até para se proteger porque senão as pessoas chegam e falam: Ahhh vc é meu amigo… faz esse favor para mim. Brasileiro é cheio dessas coisas de fazer favorzinho.

Mas, eu geralmente não atendo “olhando no olho” das pessoas, porque dependendo do atendimento que eu tô fazendo… eu tenho que olhar para a tela do computador onde eu estou digitando as informações. Infelizmente, existem pessoas doidas no mundo que querem porque querem ser seu amigo para amanhã ou depois quererem pedir algum favor, alguma coisa. E quando vc não dá abertura pra eles eles ficam bravos como foi o caso dessa pessoa que eu atendi.

E vamos ser sinceros, mesmo que eu não tivesse que olhar na tela do meu computador enquanto eu estou atendendo as pessoas eu não ia querer ter uma conversa profunda, olhando nos olhos de cada pessoa que eu atendesse. Imagina só… Num dia calmo, eu sozinha atendo entre trinta e quarenta pessoas. Nos dias mais doidos eu já cheguei a atender umas quatrocentas pessoas. Imagina… eu ia sair do trabalho um caco. E eu não ia conseguir atender todas as pessoas.

Então, bora conversar olhando nos olhos das pessoas, mas só se vc quiser realmente estabelecer uma conexão com a pessoa, ou com as pessoas que vc ama, seus familiares e amigos. Atualmente as pessoas conversam com vc olhando para o celular… vc tá num restaurante com um grupo de amigos e as pessoas não interagem, ficam lá olhando pro celular, não façam isso… não é legal. Um dia, a pessoa não vai estar mais lá, a vida é tão efêmera. Aproveitem enquanto as pessoas estão por perto ainda.

Vou terminando este post por aqui. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios