Image result for a mão que balança o berço

Fala galera. Como vão vcs? Espero que esteja tudo bem na vidinha de vcs. A minha tá igual. Se tem uma coisa no universo que é imutável e a rotina da minha vidinha. Eu sei, eu sei… eu preciso de rotina, rotina faz a minha vida melhor, é melhor pra minha saúde e blá-blá-blá… mas… de vez em quando eu fico de saco cheio. Sim, sou dessas que detesta rotina apesar de necessitar grandemente de viver na minha rotina.

Mas nem era disso que eu queria falar neste post… como sempre… não poderia ser diferente. Eu estava esses dias, zapeando pelos canais da TV a cabo. Engraçado… quando que não tinha TV a cabo e só tinha TV aberta… eu assistia mais TV do que agora que eu tenho mais opções e opções mais legais como os canais de filmes e o Discovery Channel… O Discovery aliás é um problema, eu coloco nele e começo assistir uma reportagem depois outra e quando eu vou dar por mim já são quatro horas da manhã… Tem muita reportagem legal nesse canal mano… E tem os canais de filmes também… e eu estava… como eu dizia… zapeando e parei no Telecine Cult, que passa filmes mais antigos e dei de cara com este clássico de terror dos anos 90 “A Mão que Balança o Berço”.

É um filme muito antigo então se eu contar aqui a história dele não vai ser spoiler né? Agora… como eu sou bacana… eu tô dando SPOILER ALERT pra vcs agora… vão embora, vão ver o filme e depois voltem para ler o post se quiserem. Continuando… a história é bem agoniante. Começa com um jovem casal, começando a sua família e… a moça, chamada Claire (acho esse nome lindo) está grávida e vai numa consulta com o médico. E o médico dá uma de Roger Abdelmassih e abusa sexualmente da paciente durante o exame.

Ela fica envergonhada, mas conta para o marido e eles denunciam o médico. Outras mulheres então, tomam coragem com a atitude dela e também denunciam o médico. Que antes de ter caçada sua licença caçada e ser preso ele comete suicídio. Acontece que o médico era casado e sua mulher estava grávida. Quando ele se mata ela fica com uma mão na frente e outra atrás. Com a notícia da morte do marido e da falência ela perde o bebê. 

Passam-se alguns meses e Claire, a moça que denunciou primeiramente o médico tem seu bebê e depois de um tempo ela e o marido decidem que eles vão precisar de uma babá para ajudar Claire a cuidar das crianças porque ela vai voltar ao trabalho. E então eles contratam Peyton. E a princípio ela é uma boa pessoa e a ajudante perfeita para a jovem família.

Entretanto, com o passar do tempo vc vai percebendo que essa mocinha Peyton, é meio estranha, meio sinistra. Tem umas atitudes meio vilã do mal de filme de terror do anos noventa. Não, pera… mas o filme é exatamente isso um filme de terror dos anos oitenta e ela é a vilã. Salafrária e dissimulada. Vc vai pouco a pouco percebendo que o plano maligno dela é tomar a família de Claire. Ela quer ficar com o marido, os filhos e a casa da nossa heroína. E ela é capaz de tudo para tal. Até mesmo matar… Ohh meu Deus Shao, conte mais… então…

Eu não vou contar tintim por tintim do filme porque né? Perde a graça… assistam! Vc que é jovem e nunca viu esse filme, veja porque é bem legal e se vc é meu companheiro de velhice e já viu mas não se lembra, reveja… vale a pena. Não se fazem mais filmes como antigamente… esses filmes dos tempos passados sabiam muito bem como manter o suspense até o momento final e deixar vc com a respiração presa.

Image result for a mão que balança o berço

Vou terminando este post por aqui. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Advertisements