Image result for música

Fala terráqueos, beleza… que dia é hoje? Deixa eu ver… ah tá…beleza. Tô mais perdida que cachorro que caiu do caminhão de mudança. Vc estão em Janeiro mais eu ainda estou em dezembro, minha vó me ligou pela… terceira vez querendo que eu arrume um calendário pra ela. Porque ela precisa do Calendário Urgente. Entretanto não é ela mais que marca os médicos dela, é minha tia… ela não precisa do calendário na verdade, e ainda falta muito pro ano que vem e ela vai para a casa da minha prima em Minas passar uns dias lá. Mas, das duas uma… ou ela fica usando essa conversa do calendário como desculpa pra me ligar ou ela tá ficando esquecida cada dia mais… Uma coisa não anula a outra.

E eu tô tão na correria… eu fico me sentindo culpada por não ter tanto tempo para ir vê-la. A vida é injusta. Eu trabalho que nem uma condenada, estudo, tenho que cuidar da casa, e não posso descuidar dos meus exames e consultas e quando eu tenho um tempinho livre eu ainda tenho que escrever aqui e dormir. Sério… Toda a vez que alguém me chama pra sair, ou me convida pra ir na casa deles e eu vou… são pelo menos quatro ou cinco coisas que eu tinha para fazer que eu deixo pra depois e no final das contas e tenho que ficar acordada até de madrugada para fazer e daí eu tenho que ir trabalhar parecendo um zumbi e depois encher a cara de café quando eu chego em casa para conseguir ficar acordada e cumprir com meus deveres escolares.

Ontem mesmo eu dormi até uma dez porque eu tava morta de cansada e com dor e tudo e depois eu fiquei o dia todo lavando roupa e dando um jeito nas coisas depois eu encarei seis horas direto de vídeo aula. E hoje eu tive que acordar cedo, para terminar de fazer as coisas eu tenho que fazer comida pra eu poder levar na marmita amanhã e tenho que pagas umas contas e tenho que fazer tudo isso até umas cinco da tarde porque eu quero ir pra igreja ainda. E tem o pessoal que me cobra de ir aqui e alí. Eu tirei… dois dias da minha semana para sair com as pessoas essas ultimas duas semanas… fim de ano é cheio dessas confraternizações. E eu por causa disso, eu comi porcaria, perdi a academia, perdi minha aulas e ainda passei mal por conta das tranqueiras que eu comi. Ahhh Shao, mas vc não precisava comer… eu sei… eu sou uma anta. Uma anta cansada… Só eu sei o quando eu tô cansada dessa rotina e de tentar atender as expectativas das pessoas.

Mas enfim… nem era disso que eu queria falar, desculpem pelo momento desabafo. Eu queria falar de estudantes de música… e por que eu queria falar disso? Na verdade eu não queria. Eu estava dormindo hoje e de manhã meu vizinho começou a tocar a escala no trombone dele… Como eu sei que era a escala, porque eu já fui estudante de música. Eu estudei, teclado, órgão e piano… intercaladamente dos 12 aos 33 anos. E eu me meti a balão de dar uma de auto didata no violão. Então eu não sou expert mas eu manjo um pouco de música. E eu tenho um tio que toca violino, uma prima que toca órgão e outro primo que toca clarinete na orquestra da igreja. Sim, minha igreja tem orquestra…

E meus irmãos tocam também Cezar estudou teclado um tempo, e toca guitarra ele fez aulas um tempo também e o Carlos toca baixo e estudou saxofone um tempo. Eles até tiveram uma banda com uns amigos um tempo atrás.

E assim… estudar música é 1% inspiração, 1% talento e 98% de transpiração, de trabalho, de dedicação. Eu nunca tive paciência para ficar sentada tocando repetidamente um trecho de uma música, ou uma música até eu conseguir tocá-la perfeitamente. Meu vizinho tá claramente estudando o instrumento, porque ele toca a escala depois ele toca uma peça e ele erra pra caramba, desafina, toca nota errada. Eu já fui estudante e eu aposto que eu perturbei muita gente tocando trocentas vezes o mesmo trecho, tocando errado, errando a nota, o tom o tempo… é sofrível… dizem que pra vc ser um bom músico vc tem que estudar pelo menos oitos horas diárias… é uma vida de dedicação… mas eu não tive e nem tenho paciência. Talvez por isso eu nunca tenha me tornado uma boa pianista hahahahaha.

Então, eu gosto de ser acordada por um trombone desafinado nos finais de semana? Claro que não! Mas eu sei como é dureza então não chega a me perturbar. Perturbação era quando eu era criança e meu tio estava aprendendo tocar violino e eu morei oito meses na casa dele. Ele acordava seis horas da manhã porque ele não sabia apreciar a vida de dormir até mais tarde. E ele pegava aquele violino dele e ficava lá… parecendo que tava espancando um gato com hidrofobia… eram esses os sons que saiam do violino dele. Logo cedo acordar no final de semana com esse som, deixa eu contar para vcs… não é legal! Então não… as desafinadas do trombone não me incomodam tanto… dá pra virar pro outro lado e continuar a dormir.

E vc ainda toca Shao? Não… faz sete anos que eu não toco… desde que a minha mãe morreu. Ela ficava sentada do meu lado me ouvindo tocar e cantando junto e eu ria porque ela me fazia errar. Porque eu sempre toquei mais para mim mesma… eu nunca gostei de tocar para outras pessoas. E ultimamente eu não tô nem tocando para mim mesma, eu tenho saudades dos tempos que eu ficava uma ou duas horas tocando sem me estressar. Então estudantes de música aí mundo afora, continuem estudando… não se importem se no começo vcs vão incomodar um pouco sua família e seus vizinhos, capaz de eles amarem ouvir vc tocar depois, quando vcs aprenderem.

Vou terminando este post por aqui. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios