Image result for luto

E aí terráqueos, beleza??? Vocês estão bem? eu não tô legal não… não tô legal desde ontem e hoje eu tô até pior. Sabe aqueles dias que vc acorda e vc pensa, ai… queria ficar na cama o dia todo hoje. Aquele cansaço aquela dor no corpo. Mas a gente é pobre e Caxias, tem que pagar as contas e tem que ser responsável e coisa e tal. A gente levanta, mesmo toda dolorida e sonada e com cólica e vai trabalhar e vai fazer as coisas… Se bem que ontem eu só fui trabalhar… nem fui pra academia, nem escrevi, nem fiz mais nada… cheguei em casa, tomei um banho quente, um remédio pra dor e me joguei na cama e apaguei.

E como eu apaguei eu simplesmente esqueci de comer na hora certa e tive uma crise de hipoglicemia, eu estava dormindo porque o remédio para a dor me apagou e daí eu acordei suando frio, taquicardia… aqueles sintomas básicos. Daí corre eu comer alguma coisa e tomar outro analgésico porque a dor voltou. Depois… quando eu estava melhor eu resolvi entrar no Facebook um pouco e meu dia que começou péssimo, terminou péssimo também. Recebi a notícia que um amigo muito querido faleceu depois de uma luta de dois anos contra o câncer. Eu falei com ele tem um mês quase e eu reparei que ele tinha dado uma sumida das redes sociais. Eu nem sabia que ele estava doente… com câncer.

E… eu não sei se é por causa do meu histórico familiar com essa doença. Talvez seja… certamente é… Mas, toda a vez que uma pessoa que eu conheço morre por causa dessa doença maldita, eu fico muito mal. E não sei o que acontece, mas… parece que a minha ferida que ficou mal cicatrizada, quando meu avô e minha mãe faleceram, parece que ela abre novamente. Eu não sei… acaba comigo. E fica também martelando na minha cabeça aquela vozinha ‘podia ser vc’… porque, vamos e convenhamos… podia mesmo. Não foi, agradeço a Deus por isso, mas podia…

Eu sei que eu precisava ver isso, ir no psicólogo e tal porque isso tá me fazendo mal. Mas… sei lá… Eu sei que a morte é a única certeza da vida, e que mais cedo ou mais tarde, de algum jeito a gente vai… De uma forma súbita, ou depois de uma doença avassaladora que judia, que traz sofrimento. Faz parte da vida, faz parte de ser humano… Mas, às vezes, é devastador demais para mim. Às vezes eu simplesmente não aguento e eu queria ficar escondida num cantinho e fazer de conta que nada disso existe e que tudo é perfeito. Covardia minha talvez… mas… enfim. Foi (mais) uma pedrada que eu tomei… a vida é assim mesmo eu acho…

Por outro lado… todas as descpbertas, novos remédios, novos tratamentos para o câncer eu também vejo como uma vitória pessoal. Eu sonho com o dia que vão encontrar a cura pra esse gene que sofre essa mutação maligna e cria um tumor que vai corroendo as pessoas por dentro, levando tantas vidas preciosas. Pessoas tão importantes, especiais…

Eu descobri uma coisa com o luto… o luto é meio que eterno, vc nunca sai dele de verdade. É como uma sombra que te acompanha pelo resto da vida. Se vc se mantem feliz e contente e para cima, vc às vezes nem percebe que ele está lá, num cantinho te stalkeando. Mas a vida não é feita só de momentos felizes, tem os momentos tristes e quando vc tem que passar por eles… e eles tem alguma semelhança com a dor que te causou aquele luto… parece que aquela sombra sai do canto onde estava escondida e te assalta novamente. Te derruba de novo.

Vou terminando este post por aqui… a vida passa várias rasteiras na gente, e a gente se levanta e se levanta… às vezes demora um pouco mais, mas eventualmente a gente cicatriza de novo.

See you guys around the corner
Shao

Advertisements