Image result for a noviça rebelde

Fala coisados, beleza? Tudo belezinha mesmo com vcs??? Espero que sim, eu continuo morta de cançada… acho que acabou minha pilha velho hahahahaha. Eu segui toda a minha rotina hoje… acorda cedo, trabalho, academia… cheguei em casa literalmente morta. Eu me arrastei cinco andares escada acima… sério, me arrastei… Aí eu pensei, ahhh mano Foda-se dane-se, vou descansar hoje. Tomei um banho, comi meu lanche… e fui tirar um cochilo… dormi duas horinhas e agora levantei e vambora voltar pra rotina, dois posts, jantar, remédios e estudar pra valer pra faculdade hoje que segunda e terça eu não estudei nada. 

Mas, como sempre, vcs já estão acostumados, não era disso que eu queria falar… Hoje amiguinhos, vamos falar de um dos meus filmes favoritos, senão O MEU FILME FAVORITO de todos os meus quarenta anos e alguns meses. “The Sound of Music” ou como ficou conhecido aqui no Brasil… “A Noviça Rebelde”. Ai Shao, credo que filme velho… Gente, eu sou velha… a tendência é eu gostar de coisas velhas… aceitem que dói menos hahahahahaha.

Apesar de ter bastantes amigos jovens que me indicam filmes, séries, bandas, músicas novas… (uns tempos atrás me indicaram uma banda chamada Marina and the Diamonds e eu curti) eu vou sempre gostar das velharias povo.  A internet tem dessas mágicas, que vc consegue, através de uma música, um filme, um gosto qualquer se conectar com gente de todo tipo, idade… fiz muitos amigos assim. Hoje em dia nem tantos porque parece que a proliferação de gente louca tem aumentado exponencialmente e eu fico cismada de aceitar novos amigos no mundo virtual… uma pena porque a gente deixa de conhecer muita gente legal para poder desviar das antas e se proteger dos loucos.

Mas voltando ao tema do post… Vamos falar primeiro por que ele é meu filme favorito. Bom, não tem apenas umaa razão… são várias… Primeiro lugar porque Julie Andrews é uma das minhas atrizes favoritas. Se vc não leu ainda, clique aqui e veja meu post sobre as minhas atrizes favoritas… A mulher é uma artista completa, uma atriz maravilhosa, uma cantora excelente… ela não só interpreta a Maria como também é a Mary Poppins gente… E eu estava lendo um tempo atrás que ela disse numa entrevista que quase não aceitou fazer um desses dois papéis (não lembro qual ela fez primeiro) porque eram duas babás… e ela ficou com medo de ficar marcada, mas que o diretor a convenceu e ela ficou extremamente feliz de ter feito o filme posteriormente.

Segunda razão… uma das melhores trilhas sonoras de todos os tempos do cinema, a música se encaixa perfeitamente no filme e ajudam a contar a história, a delinear os personagens. O filme é um músical… e isso é extremamente importante num musical, quando a música não se encaixa tão bem com a parte não cantada fica uma bosta… um exemplo disso foi o musical do Tim Burton, “Sweeney Todd –  O Barbeiro Demoníaco…” poderia ter sido um filme incrível a história era maravilhosa mas… a parte do musical… as músicas… não ficou legal. 

Outra razão pela qual é um dos meus filmes favoritos é porque ele me lembra muito a minha infância. Quando eu era criança, não tinhamos TV a Cabo, minha família era pobre, a gente só tinha mesmo TV aberta e esse tipo de filme só passava na TV aberta naqueles feriadões de final de ano no Corujão. Então me lembra muito aquela vibe de família grande, todos juntos, comemorando Natal, ano novo, depois a gente sentava na frente da TV para ver esse filme longo e bem família… era uma das poucas ocasiões que as nossas mães deixavam a gente ficar acordado de madrugada então a gente aproveitava. 

Mais uma razão… A história é linda. É toda romântica… tem aquela receita que não funciona mais nos filmes de hoje em dia. E olha só que maneiro… É baseada em fatos reais, numa história real. Claro… que no filme é mais romantizada, mais fantasiada e tal… mas os personagens todos do filme realmente existiram e fugiram da Austria nazista a pé pelas montanhas… 

Outra coisa que sempre eu lembro toda a vez que eu vejo este filme é que a Minha mãe detestava musicais… e ópera. Duas coisas que eu amo. Eu me lembro que eu colocava o filme para passar no DVD e ela falava, ai meu Deus, essa ladainha dessa mulher cantando de novo, pra quê essa cantoria toda hahahahahahah. E eu sempre gostei de filmes antigos e musicais… eu amo musicais até hoje, mas… raramente aparece um musical bacana no cinema, com exceção talvez dos desenhos da Disney, que sempre tem uma cena musical, acho que o ultimo musical bacana que eu vi foi… “Os Miseráveis” que ganhou oscar para caramba. Mais para frente eu prometo escrever mais posts sobre meus filmes musicais e antigos que eu curto… era uma época diferente em Hollywood.

É um filme bem longo… mais de três horas… e o resumão da historia é esse… Maria é uma jovem rebelde que apesar de sonhar em ser freira ela encontra muitas dificuldades em se adaptar à vida no convento. Então a Madre Superiora a envia numa missão… tomar conta de sete crianças, como governanta na casa de um viúvo, um capitão aposentado da marinha. Enquanto pensa se realmente quer continuar num caminho para se tornar freira. Enquanto isso o capitão tem dificuldades de manter uma governanta na casa porque as crianças são uns capetas que aprontam todas, tendo que fazer ele sempre voltar correndo para casa. Maria entretanto chega na casa e consegue conquistar as crianças com seu jeito alegre e por conseguinte conquistar o coração do capitão. Entretanto, a baronesa noiva do capitão e a promessa que Maria fez para se tornar freira vão se interpor entre eles… quando eles finalmente conseguem sobrepor as barreiras e finalmente se casam… Hitler toma o poder na Austria e na Alemana e inicia a guerra e convoca o capitão para assumir um posto de destaque no exercito nazista. Então, Maria, o Capitão e as sete crianças, tem ajuda das freiras para fugir da Austria para manter a família junta e longe da mão destrutiva do Nazismo. Fala pra mim se não é uma história linda??

Sim… é… eu sei… se vcs nunca assistiram e ficaram curiosos depois deste post, tirem um final de semana, juntem a família, as crianças e assistam é um programão de família… sofá, pipoca e um filme com final feliz! Receita perfeita pra um final se semana sossegado em casa.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Advertisements