Fala coisados, beleza… hoje eu tive um dia péssimo. Tô meio doente. Um sono, hipoglicemia… vontade de ficar na cama o dia todo. Fui trabalhar, mas nem fui pra academia… já estava hipoglicêmica, se eu tivesse ido imagina. Aí comi um chocolate e a glicemia subiu… ai toca a tomar insulina… essa vida diabética e uma coisa chata do caramba, vcs não tem ideia. Talvez um dia eu faca um post sobre isso, de como e complicado manter a rotina e manter a diabetes controlada. Da vontade de vez em quando de jogar tudo para cima e falar, ahhhh foda-se essa merda, vou fazer tratamento, nem exercício nem dieta nem mais nada… Hoje e um desses dias, vontade de jogar tudo pro alto. Whatever.

Mas nem era disso que eu queria falar, eu tinha planejado escrever um post bacana e feliz… porque hoje, exatamente hoje fazem 14 anos que eu comecei a trabalhar na Prefeiturolândia. Nossa… eu sinceramente, quando comecei a trabalhar aqui (não era aqui, era em outro prédio, outro bairro…) não achei que fosse ficar tanto tempo. Mas a minha vida teve tantas reviravoltas nos últimos 14 anos. Eu não imaginava um terço das coisas que aconteceram. Infelizmente coisas acontecem e tiram vc da rota que vc tinha traçado para si.

Eu tô sempre pensando… ahhh eu deveria fazer outro concurso, arranjar um salário melhor e tal… mas a verdade e que o ser humano se acomoda. Eu estou acomodada no meu emprego. Não é o emprego dos meus sonhos, já disse isso aqui milhares de vezes, mas e um bom emprego e eu me consolo em não estar no trabalho dos meus sonhos porque onde eu trabalho eu posso ajudar as pessoas. Toda vez que eu fico chateada com meu emprego eu me lembro do dia em que eu comecei a trabalhar na Prefeitura… Foi uma das épocas mais felizes da minha vida.

Por diversos motivos… primeiro porque mano, sempre e uma conquista ser nomeado num concurso público. Lógico que eu fiquei feliz, eu fiquei feliz porque eu poderia ajudar em casa, ajudar a minha mãe… enfim, eu fiquei contente por diversos motivos. E até hoje eu sou feliz por ter esse emprego. Na crise que estamos passando, com tanta gente desempregada… eu sou grata por não ser uma dessas pessoas.

Há 14 anos… um funcionário público ficar sem receber seu salário… como esta acontecendo no Rio de Janeiro, no Rio Grande do Sul… era impensável. E isso me deixa bastante insegura em trocar de emprego. Já tive diversas oportunidades de prestar outros concursos para outros estados, e foi justamente essa crise e o medo dessa instabilidade financeira que me fez titubear em sair do meu emprego atual e me arriscar numa coisa nova, fora de São Paulo. Porque… bem ou mal. Sabemos que Sampa e o estado mais rico do pais. Então aqui e mais ‘seguro’ sim… entre aspas… porque segurança cem por cento não existe em lugar nenhum do mundo.

E eu estou estudando, buscando… eu ainda não desisti dos meus sonhos. Eu ainda tenho o sono de lançar mais livros e de quem sabe um dia, isso de escrever deixar de ser um hobby e virar uma profissão. Não que eu vá ficar rica (quem me dera hahahaha)… escritores ricos, são tão raros quanto jogadores de futebol ricos. Um entre milhares. Mas eu queria, ganhar uma graninha escrevendo, pagar as contas sabe?  Quem sabe um dia…

Mas hoje e dia de comemorar… parabéns para mim, ano que vem eu completarei 15 anos… ou seja, metade do caminho para a aposentadoria, hahahahahaha. Se bem que do jeito que as coisas andam nesse pais e nesse mundo, eu duvido que eu vá me aposentar daqui 15 ou 16 anos… certeza que a lei vai mudar ate lá. Certeza que vão aumentar a idade, mudar a forma, aumentar o tempo de contribuição. Porque e necessário ser feita uma reforma da previdência. Do jeito que as coisas estão não podem continuar, tá tudo falido… então eu acho que eu e quem falta tanto ou mais tempo como eu… vamos nos lascar, vamos trabalhar mais tempo e talvez nem cheguemos a nos aposentar.

Mas beleza, trabalhar e legal, o trabalho dignifica o homem. Da propósito para ele. Conheço um tanto de gente que se aposentou e ficou doente, em depressão porque perdeu o propósito da vida… claro, são pessoas que não se prepararam para o tempo em que não teriam mais aquela rotina.  Mas, enfim… feliz 14 anos para mim… bora encarar mais um ano… a caminho dos 15… sempre buscando o emprego dos sonhos e sempre aberta a novas possibilidades. Sei lá… de repente, pode ser que daqui a 15 anos eu esteja em outro emprego… fazendo em outra coisa. Agora e aguardar para ver.

Vou terminando este post por aqui, se houver algum erro de acentuação ou de pontuação e digitação desconsiderem porque eu escrevi este post no tablet. Preguiça de ligar o computador. Eu tentei corrigir mas… certeza que alguma coisinha sempre escapa

See you guys around the corner
Shao