belaeafera

Fala galera… como vão vcs? Eu espero que bem. Hoje vai ter textão… hahahahahaha então se preparem que lá vem textão… Porque vai ter textão. Porque como vcs todos sabem, em breve… acho que em Março de 2017, vai ter o lançamento do Live Action (que é quando um desenho é transformado em filme) de um dos filmes mais queridos da Disney… “A Bela e a Fera”. E as internets da vida estão em polvorosa com esse lançamento, todo mundo ansioso para caramba (eu e meus manos inclusive… pois este é uma das nossas produções favoritas da Disney) para assistir esse Live Action.

E esse alvoroço, causa comentários diversos… agora… Eu li no site O FILME É LEGAL MAS… Um post falando sobre o desenho de 1991 (clique aqui para ler o post em questão) classificando o desenho como… não é romance, é uma relação abusiva, é sequestro, é síndrome de Estocolmo (clique aqui, para ver um vídeo que descreve e explica a tal da síndrome), não é feminista e passa uma mensagem errada para as meninas e yadda, yadda, yadda… Eu quero que vcs leiam esse post do site… depois vcs voltem aqui e continuem lendo este post… podem ir sem pressa… eu espero…

Tudo é questão de ponto de vista eu acho… Primeiro, o post descreve a Bela como… “uma garota letrada e culta, que ama ler e despreza as opiniões antiquadas dos moradores de sua vila. Ela é curiosa e inventiva, interessada em entender as coisas ao invés de só aceitá-las como elas são.”

E tem mais ainda… eles dizem… “ela é inteligente e independente e constantemente recusa e questiona os avanços machistas de Gastão, o bonitão do vilarejo. Uma princesa Disney que finalmente passa uma imagem feminina forte às garotas que a assistem.”

Tudo agora é sobre empoderamento feminino e Hey Ho vamos queimar os sutiãs novamente… mas espera um pouco… eu sinceramente achei o post bem mimizento… para mim está no mesmo patamar daquele vídeo que a menina cai na água tá lá morrendo afogada, e o cara salva ela e ela reclama que ele abusou dela porque tocou nela sem a permissão dela…

O bocó!!! Cê tava morrendo peste!!! Tava desacordada!!! Queria que ele pedisse permissão como pra SALVAR A SUA VIDA !!! Claro que eu estou exagerando (um pouco, mas não muito) comparando um post mimizento a mulher do vídeo completamente acéfala… a pessoa que faz o texto faz um raciocínio até que coerente, mas do qual eu respeitosamente discordo.

Eu aprendi… na Faculdade (de Letras)… quando a gente analisa uma obra qualquer, livro, filme peça etc a gente analisa o todo, e todos os personagens, suas motivações suas razões suas convicções e morais… às vezes elas são o reflexo da sociedade, da época em que eles foram escritos… A pessoa que escreve o texto esquece de destacar outras características da personalidade da Bela… Ela era sim inteligente, letrada, culta, etc… mas ela era… também uma sonhadora e romântica inveterada! Tanto que o livro favorito dela era o que tinha a história do príncipe encantado… cheio de aventura e ROMANCE!! Então a descrição toda politizada do texto é no mínimo… incompleta.

Image result for a bela e a fera live action

Só para exemplificar… vamos pegar um livro qualquer… que tenha uma personagem feminina igualmente forte que termina com um ‘felizes para sempre’ também… pode ser, por exemplo… “Senhora” de José de Alencar.

Eu aliás… vi um vídeo no YouTube (clique aqui para ver) que resenha esse livro e a YouTuber ela dá a opinião dela sobre o José de Alencar  e toca no ponto do machismos e questiona como um cara machista cria uma personagem tão libertária e blá-blá-blá… a YouTuber desconsidera os ideais da época em que o livro foi escrito. Eu particularmente gosto mais desta resenha aqui.

Alencar é, como eu já disse, para quem estuda sua obra e conhece a fundo (não eu tá eu sou só uma admiradora da obra dele) mestre em criar personagens femininas fortes… cite-se, Lúcia (de Lucíola, que eu citei aqui neste post), Aurélia (de Senhora), Diva (Til), Iracema (de Iracema), Ceci e Isabel (de O Guarani), … a Catita (de O Gaúcho) e por aí vai… sempre havia nas obras dele uma mulher forte, uma mulher que não se enquadrava nos padrões das mulheres da época que ele descrevia.

E porque ele fazia isso? Porque as mulheres eram o alvo dos seus escritos, eram seu público, nos folhetins que ele escrevia. Se Alencar tivesse nascido no século vinte, talvez ele tivesse sido autor de novelas, como Walcir Carrasco e Sílvio de Abreu… ele precisava que as suas leitoras se apaixonassem pela personagem, que a admirassem e aspirassem ser como ela… a literatura inspira é um dos poderes dos livros… vc começa ler um livro e vc agora em pleno século vinte e um onde a mulher ainda luta  para conseguir a igualdade vc quer ser Aurélia Camargo. Se a gente hoje em dia, que temos mais liberdades e mais direitos quer isso… ser forte como ela… imaginem as mulheres do século dezenove… as contemporâneas de Aurélia.

Então assim… Alencar era machista??? Claro amigos… ele era um homem… um político conservador, monarquista, contrário à libertação dos escravos e defensor da moral e dos bons costumes do século dezenove… claro que ele era machista, machista era a coisa mais leve que ele era pessoas.

Ou seja amigos… Bela nos dias de hoje assistiria as novelas do Alencar se ele fosse novelista… e digo mais… Bela leria “Cinquenta Tons de Cinza e iria querer de casar com o Christian Grey amigos…

Image result for a bela e a fera live action

Mas… não vamos ser unilaterais na nossa análise, vamos tentar ver os dois lados da moeda. Primordialmente “Bela e a Fera” é um desenho, é Disney e na época que ele passou (em 1991) todas as meninas queriam ser a Bela. Mas, vamos e convenhamos… em se tratando de Disney… tirando “Valente” e “Frozen” que são bem mais recentes… todos os outros filmes de ‘princesa’ da Disney tem a ver com romance, tem aquele conhecido roteiro do príncipe encantado e da princesa e do felizes para sempre blá-blá-blá… Repetindo… O desenho é de 1991… como era a sociedade em 1991? Vamos deixar a pergunta no ar… sem resposta… apenas pensem sobre isso… Agora, vc pega um desenho de mais de dez anos atrás e… não tem cabimento vc analisar num contexto dos dias atuais. Vc quer analisar, partindo do ponto de vista da valorização da mulher e tal um conteúdo de 1991?

Faria sentido analisar vai… o Filme “Cinderela”ou “Maleficent”que são bem mais recentes… mas pera… ambas as personagens desse filmes que vc citou Shao estão mais adequadas à imagem ideal de mulher independente, que não fica esperando o príncipe encantado nem nada disso… Sim, eu sei… é a nova tendência, aguardem e vejam o lançamento da filme da Mulher Maravilha crianças.

Acontece que a Disney… pegou a Emma Watson para protagonizar o Live Action baseado no Desenho de 1991 e tá todo mundo agitado, loucamente esperando o lançamento em março… então vamos meter o pau no desenho retrogrado porque dá ibope…

Vamos analisar os personagens principais… para ver se realmente se configura tudo isso que o post diz…  Começado pelo Príncipe que vira a Fera… ele era um moleque riquinho e mimado, que tinha todas as suas vontades satisfeitas… então ele era um entojo. Um dia… esse ser entojado deu de cara com uma bruxa, que tava pouco se lixando pra grana dele e falou… velho… quem pode mais chora menos, transformou ele num bicho feio da porra e falou… se fode aí meu amigo, quero ver tu pegar as novinhas com essa cara de satanás chupando manga meu amigo… Quer dizer… o moleque era um pau no cu? Era… mas a bruxa era mais poderosa… e toda a vez que uma pessoa faz uso do seu poder para com uma pessoa mais fraca é bullying… entretanto como o cara era riquinho e menosprezava os outros, tá muito bem porque bullying contra o que pratica bullying sempre é aplaudido né? A máxima do ladrão que rouba ladrão…

Então o crime do cara era ser um mimado, a bruxa fodeu ele… e ele ficou isolado da sociedade, na sua feiura… tipo o Michael Jackson depois de perder o nariz. E entrou em depressão e crises de raiva e de violência…o cara fica lá no mundinho dele, de fera. Totalmente alienado e sem contato com a sociedade… segurem essa descrição que vamos voltar nisso depois.

Aí entra o pai da Bela… um cientista maluco… um cara que inventa as coisas e não tem a menor credibilidade na cidade, que é um cara inteligente e tal mas que é… também totalmente alienado da sociedade que vive, mesmo vivendo no meio dela. o Cara tem problema, apesar da inteligencia tá? Daí o indivíduo… se perde indo pra cidade vizinha que ele tava careca de ir… e o que ele faz? Ele invade propriedade privada… quem vai entrando na casa dos outros hoje em dia tio??? Pelo amor… Fosse qualquer lugar do mundo vc tinha tomado um tiro no meio da cara e ainda ia aparecer no Datena, morador mata invasor por legitima defesa!!!!

O sujeito alienado da sociedade 1 encontra o sujeito alienado 2 dentro da sua casa, o que ele faz? Sequestra o cara como diz o texto do site de cinema? Sim… ele prende o cara… definição jurídica de sequestro amigos é justamente privar alguém de sua liberdade, seria então sequestro ou cárcere privado crime do artigo 148 do código penal, seria qualificado ainda porque o individuo sequestrado é idoso hahahahaha. O que a Fera deveria ter feito? Chamado o Batman… não mentira… chamado a polícia para prender o meliante invasor. Mas não ele resolveu fazer justiça com as próprias mãos e prendeu o velhinho lá.  Aliás… meus irmãos me chamaram a atenção para o crime do pai da Bela… invasão… e o crime da Fera, começou com uso arbitrário das próprias razões… artigo 345 do código penal e desembocou em sequestro e carcere privado hahahahahaha (é isso que dá ter um monte de advogados numa casa).

Inclusive teve um caso assombroso nos EUA ha pouco tempo onde dois ladrões invadiram a casa de um pedófilo e o cara flagrou os bandidos em pleno ato invasivo, deu um cacete nos dois, encarcerou os dois e ficou uma semana estuprando os meliantes… pode isso? O caso só foi descoberto porque os gritos dos ladrões (que se tornaram vítimas ) chamaram a atenção dos vizinhos que por sua vez chamaram a policia que chegaram e salvaram os ladrões do estuprador…

Já a Bela vivia uma situação onde ela não estava satisfeita… ela estava sendo alvo do bonitão da cidade, que queria obrigá-la a casar com ele… aquela coisa de casamento arranjado sabe? Ela morava numa cidadezinha provinciana, onde todo mundo achava estranho ela gostar de ler, de se instruir. E ela queria uma vida com aventuras, ela queria conhecer o mundo, e o mais importante de tudo… ELA QUERIA SE APAIXONAR GENTE!

A história restante vcs conhecem… Bela acha o pai, troca de lugar com ele… o monstrão que foi amaldiçoado e precisava de uma moçoila para se apaixonar por ele para que ele quebrasse a maldição… acha aquele acontecimento bem providencial…  Ele troca a moça pelo velho (de novo sequestro e carcere privado da Bela agora). E… depois de alguma dificuldade para interagir porque… como eu já disse ele era um alienado social, assim sendo socializar não era o forte da criatura. Depois que ele desenvolve as suas atividades sociais a moçoila e ele se entendem, rola uma identificação alí entre os dois… Não tem ameaças, nem lavagem cerebral… então cai por terra relação abusiva e síndrome de Estocolmo certo? Concordamos nisso? Não… beleza… eu acho e é meu ponto de vista e eu fico com ele hahahahahaa.

E a galera feminista pode protestar o quanto quiser, dizendo que é uma relação abusiva, sequestro e síndrome de Estocolmo. Mas eu não vejo assim… a verdade é que a Bela encontrou a saída que ela queria para fora daquela vidinha que ela levava e a Fera queria uma moçoila para salvá-lo da maldição… Então as motivações de ambos são questionáveis… Se por um lado a Bela ficou a princípio, presa contra a vontade dela… e a Fera a prendeu… por outro lado podemos analisar que na verdade era ele quem precisava dela para salvá-lo e na verdade sua atitude de prendê-la foi um ato de desespero enquanto que ela viu naquela ‘prisão’ uma saída da sua vidinha comum.

Eu particularmente acho que o que está causando mais alvoroço foi justamente a escolha da Emma Thompson para protagonizar o Live Action, porque ela é uma das atrizes mais ativistas no Feminismo mundial atual. Ela inclusiva esses dias saiu andando por Londres espalhando, escondendo 100 livros sobre feminismo com dedicatórias para as pessoas encontrarem. Se realmente a história fosse tão anti feminista representante de uma relação degradante para a mulher, vcs acham mesmo que a Emma, defensora ferrenha dos direitos das mulheres iria aceitar fazer parte do elenco? Emma ama a história… é uma das favoritas dela. E eu tenho certeza que a versão Live Action vai trazer algumas diferentes, vai dar uma nova roupagem pro filme… certeza que a Bela vai ser uma Bela mais feminista, mais livre tal… (até porque né… ditadura do politicamente correto tá dominando Hollywood).

É um dos desenhos favoritos de muita gente e eu acho sacanagem pessoal começar a descer o pau nele agora porque tá em voga novamente, e… é fácil ganhar view e cliques metendo o pau em algo que todo mundo está falando no momento. Muito mais fácil quando é um desenho tão amado! É um dos desenhos da Disney (lado a lado com Mulan vejam só) favoritos dos meus irmãos, e eles são meninos, e eu gosto de pensar que hoje em dia eles procuram se envolver com meninas inteligentes e independentes, primeiramente porque eles foram criados praticamente por uma mãe divorciada e por uma irmã mais velha e em segundo lugar porque eles cresceram sendo incentivados a assistir esses desenhos (e a lerem livros) que representavam mulheres independentes que não se conformavam de se enquadrarem nos papéis que a sociedade em que elas viviam impunham a elas. Os outros dois desenhos que eles amam são justamente Valente e Frozen.

Então é isso galera… eu vou ficando por aqui e essa é a minha opinião sobre a postagem do site e sobre o Desenho… aguardemos o Live Action para ver se vai ser legal ou não. Eu aposto meu rim direito que vai ser muito legal. Só pelo trailer eu já acho que vai ser legal. Em Março eu farei um outro post analisando o Live Action, aguarde. Eu me despeço de vcs com o último trailer que liberaram…


See you guys around the corner
Shao

Advertisements