Image result for abba

E aí terráqueos, beleza??? Vcs estão bem? eu tô legal… com sono, com cólica. Mas tô legal… porque hoje é sexta-feira. Amanhã é sábado e eu poderei dormir até mais tarde. Eu vou chegar em casa hoje, tomar um banho um remédio para a dor e deitar e dormir. Nossa… eu detesto essas cólicas. Mas… quem gosta não é verdade.

Ontem foi um dia engraçado. Não sei se eu já falei para vcs mas eu nunca tive uma denúncia na ouvidoria por mau atendimento a um cidadão em quase 14 anos que eu trabalho com isso mas, já tive alguns elogios. É sempre legal receber um elogio vindo direto da ouvidoria. Ele vem em formato de Ofício e é anexado ao seu prontuário. A gente literalmente não ganha nada com isso mas, se amanhã ou depois eu tiver uma denúncia vai fazer diferença na hora de colocar na balança… se e tenho mais elogios que denúncias.

Entretanto… eu devo confessar para vcs eu não me esforço muito para ser simpática com as pessoas. Eu não sou grossa. Mas eu sou curta e econômica com as palavras. Porque se vc conversa muito com as pessoas acaba que o atendimento fica demorado e quem tá na fila esperando para ser atendido fica irritado achando que vc tá enrolando. Então um bom atendimento para mim é aquele que eu consigo ajudar a pessoa o mais depressa possível para que eu possa atender o maior número possível de pessoas. E que essas pessoas fiquem o menor tempo possível na fila esperando atendimento. Então não é muito característico da minha parte ficar batendo papo com munícipe. E meus colegas de trabalho sabem disso.

Ontem foi engraçado porque eu fiquei bem quase uma hora atendendo um senhor e conversando com ele. Tanto que a galera que trabalha comigo achou estranho ahahahahaha. Mas o senhorzinho era legal. No final ele ainda me ofereceu um emprego, que ele é um advogado dono de um curso preparatório para concursos da carreira policial. Ele queria me oferecer uma vaga para dar aulas… interessante.. Não sei se rola no momento. Tô bastante atarefada. Mas é sempre bacana vc ter esse tipo de reconhecimento depois de estudar tanto na vida.

Image result for the carpenters

Mas, nem era disso que eu queria falar como sempre… eu queria era falar de música. Mas não de qualquer música. Daquelas músicas específicas que te fazem lembrar do passado. Músicas que são verdadeiras máquinas do tempo. Eu li ontem nas internet da vida, que parece que 30 anos depois do fim da banda o ABBA vai se reunir e fazer shows. Cara… ABBA… ABBA é uma das bandas que toca essas músicas que te fazem entrar no Delorean e voltar para o passado. Ambos meus pais amavam ABBA e ouviam sempre. Meu pai tinha o aparelho de som dele e os vinis e ele colocava The Beatles, ABBA, Chicago, The Carpenters para tocar…

E eu era pequena demais para curtir, meus pais se separaram eu tinha três anos de idade. Mas eu era uma criança estranha. A maioria dos meus amigos não tem muitas lembranças da infância antes dos três ou dos cinco anos de idade… que é a idade que os cientistas dizem, a gente começa a formar nossa memória. Mas eu tenho memórias anteriores, do meu um ano de idade para frente. E minha memória auditiva é bem melhor que minha memória para fisionomias por exemplo. E eu me lembro pra caramba de cenas assim… meu pai na sala uma dessas bandas tocando… e eu brincando no chão e daí a minha mãe fazendo alguma tarefa na casa ela aparecia e começava a cantar e dançar e brincar comigo.

Depois que eles se separaram ainda minha mãe curtia as mesmas bandas, mas ela ouvia no rádio e eu tenho muitas memórias dela arrumando a casa e cantando uma do ABBA… ela amava “Dancing Queen” ou do The Carpenters… Meu pai começou a curtir sertanejos uns anos mais tarde. Até hoje quando eu ouço músicas antigas do Chitãozinho & Xororó eu lembro dele…

Eu nasci no final dos anos setenta (1976 para ser mais específica) e os anos setenta, em muitos sentidos incluindo no sentido musical, tem umas coisas que são bem características. Você ouve por exemplo uma música dos anos 50 ou 60 e (para mim tá gente, não me apedrejem eu não sou especialista em música) vc não consegue diferenciar muito uma da outra. Agora… se vc ouve uma música dos anos setenta… vc automaticamente sabe que é daquela época. As músicas dessa época são assim bem marcantes… aliás posso dizer o mesmo das músicas das duas décadas seguintes.

Na minha insignificante opinião as três melhores décadas em se tratando de música. Claro, que depois e antes tiveram coisas muito boas. Mas os movimentos musicais que surgiram nessas três décadas, e os gênios da música que surgiram nesse mesmo período são incríveis. Mudaram o mundo. Estou escrevendo aqui no blogue e ouvindo uma coletânea do ABBA hahahahahaha. Depois vou ouvir The Carpenters… esse final de semana vou viajar para os anos Setenta pra um tempo onde eu era criança e ainda nem ia pra escola e não tinha que me preocupar com nada… o mundo não era perfeito, mas eu não sabia disso. Entre tantas canções eu me lembro uma que minha mãe sempre cantava pra mim… ela amava.

E hoje em dia quando eu ouço e presto atenção na letra eu penso… caraca mãe, como vc sabia que eu ia passar por tudo isso a música é quase profética mano… Parece que ela sabia que eu ia passar muitos perrengues na vida e cantava essa canção torcendo pra que eu conseguisse me reerguer depois das pancadas. É mãe… deu certo… eu caio pra caramba mas tô sempre levantando. Vou colocar o vídeo da música com a tradução aqui embaixo para vcs.

Com relação à música te remeter ao passado… o The Carpenter cantava uma canção que falava exatamente sobre isso… Vou colocar o video aqui embaixo para vcs curtirem também.

Vou terminando este post por aqui… deixando vcs com essas músicas maravilhosas do meu passado. Espero que curtam… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao