Fala terráqueos… como vão vcs? Eu estou bem!! Eu tenho que escrever pelo menos mais dos posts hoje (este e mais um) pra ficar completamente feliz. Eu Vou tentar retomar o outro blogue, tá complicado eu tenho um monte de coisas da faculdade para fazer mas… bora lá… que a gente consegue se Deus quiser.

Como muitos de vcs sabem porque eu já tô cansada de reclamar disso. Eu moro numa rua que tem feira livre aos sábados. Eu sempre amei ter feira na minha rua, vc quer comprar fruta, legumes verduras tudo fresquinho tá tudo ali na porta e é mais barato que mercados e sacolões. E tem pastel e caldo de cana… massss… desde que eu ganhei um carro da minha mãe e tirei a CNH ter feira livre na rua apresenta para vc outros problemas de logística. Quando vc é criança e adolescente vc sai de final de semana para da uma volta de bicicleta com a turma, ou para ir ao cinema no shopping (coisas do gênero) e vc não precisa de carro. E a feira nem te atrapalha…

Mas quando vc á adulto, seus amigos moram longe, vc tem que ir trabalhar, e ir pro estágio e ir fazer o monte de coisas que vc tem que fazer e vc precisa de um carro para fazer essas coisas é complicado ter feira na rua. É complicado até receber uma entrega, pedir comida em delivery… todas essas coisas vc tem que levar em consideração que das seis da manhã até as duas da tarde todos os sábados, vc não vai poder fazer.

Se entretanto vc vai sair e precisa ser antes desses horários, vc tem compromisso inadiável… como um casamento, consulta médica… essas coisas. Você tem que acordar mais cedo, tipo entre quatro e cinco da manhã e tirar o carro, estacionar numa rua vizinha para no horário que vc tem que sair ele não estar trancado dentro do seu condomínio. A gente aqui em casa nunca teve problemas com as pessoas da banca aqui em frente. A moça dona da banca dava umas cinco e meia da manhã ela tocava o interfone perguntando se a gente ia tirar o carro…

Mas aparentemente a pessoa vendeu a banca. Felizmente não é sempre que eu tenho que tirar o carro de madrugada de casa para fazer o que quer que seja, mas de uns tempos para cá toda a vez que eu tenho que tirar o carro, são quatro horas da manhã e a criatura tá ou com o caminhão parado na frente da saída de carros do prédio, ou com as caixas das verduras em frente ao portão em cima da calçada e daí vc vai pedir pra criatura dar licença ele simplesmente te ignora. Eu ainda tentei conversar com o cara na boa mas não adiantou. Pedi por favor pra ele montar mais tarde ou então não parar na frente da saída… não adiantou. E ele foi ignorante com a gente ainda…

Aí eu cansei… foram meses nessa situação, então eu resolvi fazer uma reclamação na Prefeitura. E pela terceira semana consecutiva eu estou reclamando deste cara. Hoje mesmo, é sábado, tem feira e a criatura não atrapalhou a gente sair com o carro, mas ele demorou até as três da tarde para desmontar a barraca e quando ele foi embora ele deixou o saco com o lixo da banca dele em frente ao portão de saída da garagem… ou seja… semana que vem ele vai tomar mais uma reclamação para largar de ser trouxa.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao