Image result for terra em chamas capa

Fala terráqueos… beleza??? Eu tô legal… cansada, com sono (como sempre Shao, que novidade… ahhh não me perturbem eu tenho que falar que eu estou com sono, se eu não disser que eu estou com sono não sou eu certo? Certo!) mas estou legal. Semana que se inicia vai ser uma 

Mas nem era sobre isso o post de hoje. Post sobre o quinto livro da saga das crônicas saxônicas. Como vcs sabem este ano eu li bem menos que no ano passado. Mas… uma das coisas legais deste ano foi que eu retomei esta saga que estava aqui paradinha, me aguardando depois que eu terminei de ler a Saga dele do Rei Arthur, é bem bacana também eu recomendo (mas não bate a saga da Marion de “As Brumas de Avalon”) e agora eu quero terminar esta saga (que atualmente possui nove livros e eu estou no quinto – aliás, eu ainda não tenho o volume nove se algum amigo meu estiver lendo este post e quiser me dar de presente eu tô aceitando tá? – fui na Saraiva aqui perto de casa hoje para comprar e não tinha #chateada) e assim que eu terminar esta saga eu quero começar outra… do Conn Iggulden “O Imperador” que felizmente são apenas quatro livros…

Depois eu vou retomar os livros do Terry Goodkind (tô terminando a saga “Sword of Truth”, mas ela é muito longa eu tive que dar uma pausa, tava de saco cheio dos personagens e a narrativa que roda, roda e não sai do lugar depois resolve-se tudo nos últimos dois capítulos do livro. E eu só vou terminar porque eu não consigo deixar sagas pela metade, eu tenho que saber o que acontece no final, mesmo achando que esse final vai ser bem merda) e então só Deus dirá…

Mas, voltando ao volume cinco desta saga que eu estou lendo, foi até agora um dos melhores livros da saga até agora… até então o meu favorito era o primeiro, ele continua sendo meu favorito, mas acho que este quinto foi tão legal quanto. Menos história, mais focado na vida do personagem Uthred e o que acontece com ele do que com a história da formação da Gran Bretanha… se vc quer ler cuidado que daqui para frente vai ter spoilers.

O livro chama-se “Terra em Chamas” porque diversos focos de guerra e revolta começam a se espalhar e Uthred, é chamado para resolver o problema. Diferentemente dos outros livros onde tudo fica meio parado, neste temos várias reviravoltas. Uthred conhece uma mulher que é tida como bruxa e ela o amaldiçoa… a mulher dele, por quem ele era apaixonado e com quem ele tinha finalmente encontrado um pouco de paz e felicidade morre no parto de seu quarto filho e a criança morre também.

Líderes religiosos se aproveitam para causar discórdia entre ele e o Rei Alfredo e Uthred vira um fugitivo enquanto seus filhos são tomados como reféns. Ele então parte em busca de uma fortuna para tentar ter dinheiro para montar um exército e retomar sua casa em Bebanburg, e então recuperar seus filhos, mas não consegue.

Uthred acaba pedindo ajuda a seu irmão de criação Ragnar. Mas os dinamarqueses querem ir para a guerra, nem Uthred nem Ragnar querem. Mas os dois acabam seguindo caminhos diferentes. Uma virada do destino e Uthred acaba se envolvendo romanticamente com a filha de Alfredo… Altered, que é esposa do seu primo, mas que havia sido sequestrada e a quem ele salva. No final deste livro ele está de volta ao serviço de Alfredo mesmo contra a vontade.

Já comecei a ler o volume seis… que se chama “Morte de Reis” eu sinceramente espero que esse Alfredo morra porque ele é um pé no saco do Uthred… vamos ver o que acontece. Não sei entretanto se termino de ler o volume seis até o final do ano, outro livro pulou a frente dele… “A Garota do Trem” está mais interessante… E eu vou terminando este post por aqui. Consegui… 25 posts agendados com antecedência… se eu conseguir manter este ritmo de trabalho até final da semana terei conseguido agendar meus 30 posts como o planejado e vou poder me dedicar mais aos estudos final de semana que vem.

See you guys around the corner
Shao

Anúncios