timidez

E aí terráqueos, beleza??? Vcs estão bem??? Eu tô com dor de cabeça… e eu acho que eu tô com alguma espécie de alergia… porque eu tô com umas manchas vermelhas… não tá coçando nem nada. Deve ser alguma coisa que eu comi… não sei… se não melhorar nos próximos dias, eu vou ter que tomar antialérgico de novo… Óh vida, óh céus, óh azar.

Eu tô muito zicada de saúde ultimamente putaqueopariu caramba. Eu sinceramente espero melhorar nos próximos meses viu porque… não quero ficar pior hahahahaha. Ninguém quer não é mesmo? Mas infelizmente quanto mais velhos vamos ficando menos os nossos organismos cooperam conosco. Com exceção de algumas pessoas abençoadas que tem uma genética privilegiada.

Bom, mas como sempre… nem era disso que eu queria falar neste vídeo. Esses dias (mentira, faz um tempo já) eu estava conversando com um amigo e de como é ruim a gente ir numa loja e os vendedores ficarem em cima da gente, ou então vc vai na academia e o professor fica em cima de vc também, te acelerando.

Eu gosto do anonimato, de passar despercebida no lugar. Até porque (e meus amigos não acreditam em mim quando eu falo disso…) eu sempre fui muito tímida. Ahhh Shao… qual é??? Vc tímida??? Até parece… É verdade pessoas, claro… que crescer, fazer faculdade de Letras, dar aulas, depois trabalhar com atendimento ao público me ajudou para caramba a driblar e a camuflar um pouco minha timidez, mas ela ainda existe.

Até meus doze, treze anos eu era terrivelmente tímida. Tipo, tinha vergonha de responder ‘bom dia’ para as pessoas quando cruzava com elas e elas me cumprimentavam. Hoje em dia eu tenho extrema dificuldade de iniciar uma conversa casual com uma pessoa que ei mão conheço… Mas Shao, vc fala com gente estranha, que vc não conhece todos os dias? Pois é… eu sei… mas não é disso que eu estou falando eu estou falando de situações diferentes, situações mais particulares, mais sociais.

Tipo assim, vc vai numa festa de aniversário e vc conhece apenas uma pessoa e essa pessoa é o aniversariante e ela tem que dar atenção a todos os convidados. Todo mundo em geral tende a ficar recluso na sua zona de conforto, conversando com as pessoas ao seu redor, seus amigos. Mas uma pessoa que não é tímida não tem problema em puxar assunto com as pessoas da mesa vizinha e fazer amigos… eu tenho. Hoje em dia, se qualquer pessoa vier falar comigo, eu respondo, faço amizade de boa, mas se eu tiver que iniciar a conversa… aí já é outra história hahahaha.

Mas quando eu tinha meus doze, treze anos até uns dezesseis anos, se alguém viesse falar comigo fosse pra perguntar as horas, eu gaguejava eu ficava completamente travada. Talvez por conta disso… até hoje eu prefiro passar despercebida nos lugares. Acho que isso é característica de quem é ou já foi bem tímido e eu me enquadro nesta categoria, não sei… me corrijam se eu estiver enganada. 

Eu gosto de passar despercebida, na academia, na escola, em restaurantes, em festas, em grupos grandes de pessoas. E eu costumo frequentar lugares que me permitam submergir nesse meu lado tímido me desculpem. E vcs??? Também gostam de serem anônimos??? De passarem despercebidos??? Comentem aí embaixo.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao