o-teu-arrependimento

E aí terráqueos, beleza??? Baixou a temperatura de novo na cidade de Sampa, ontem à noite fez oito graus. Mas beleza porque eu gosto de frio. A única coisa chata de ultimamente é que tá um tempo tão seco mas tão seco que eu tive dificuldades para dormir em algumas noites. Precisava chover um pouco gente… Pelamor… Mas a estação das chuvas está meio longinho.

Tô morrendo de preguiça hoje, escrevendo este texto na meia horinha que falta para eu sair para ir para o trabalho, porque como eu já devo ter dito aqui mais de mil vezes eu estou super atrasada nos meus posts. É pra ajudar mais ainda eu não tive uma noite de sono muito bacana também hoje, eu não dormi direito, porque eu tive pesadelos a noite toda… Quer dizer mais ou menos pesadelos… Eu chamo de pesadelos apesar de que eles não são pesadelos. Eu sonhei com a minha mãe a noite toda… Aliás eu sonhei com ela a semana inteira… Sempre nos sonhos ela tinha voltado ou porque ela queria me falar alguma coisa, ou por whatever.

A parte do pesadelo é quando eu acordo e ela não está aqui. Não dá vontade de acordar sabe? E o de hoje foi especialmente ruim porque eu acordei tão desorientada. Eu não sabia o que era sonho o que era verdade e não sabia que dia da semana era… Como se já não bastasse hoje ser segunda-feira e eu ter que ir trabalhar até mais tarde nesse frio da porra do caramba e ainda por cima ir para a academia depois do trabalho. Apenas imaginem o meu humor hoje. 

Mas não era disso que eu queria falar no post de hoje. Na verdade eu queria falar sobre arrependimentos. Eu estou assistindo a série Hannibal esses dias e o tema foi assunto de um episódio lá. Na série o personagem questiona sobre arrependimentos da vida. E tem uma frase que ele disse que eu achei super interessante. Ele diz que cada vez que fazemos uma escolha na vida há uma chance de nos arrependermos, e que geralmente nos arrependemos apenas das escolhas que nos levam ao fracasso. Claro né? Por que nos arrependeríamos de uma escolha que nos levou a algo bem sucedido? 

Esses dias meu irmão me perguntou se eu achava que todo mundo gostaria de passar uma borracha nos erros do passado e começar do zero. Bom, eu disse para ele que eu não podia responder por todas as pessoas do mundo hahahahaha, apenas por mim mesma, mas eu achava que a grande maioria das pessoas gostaria sim de passar uma borracha em todos os erros do passado e começar do zero. 

Entretanto eu posso dizer que euzinha não passaria uma borracha em nada do que eu fiz, eu não tenho muitos arrependimentos na vida. Mesmo dando cabeçada às vezes, eu sempre procuro aprender com meus erros. Nem sempre esse aprendizado vai fazer com que vc deixe de cometer novos erros. Mas… Pelo menos a gente sai mais sábio da situação. Às vezes uma cabeçada que vc da na vida nem serve para vc, serve para vc ajudar uma outra pessoa. Mas é muito azar isso hein Shao? Vc se lasca e nem sequer se beneficia com o conhecimento que adquire. Pois é a vida amigos, tem gente que nasce com sorte, tem gente que nasce azarado.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao