40th Birthday

Fala terráqueos, beleza? Hoje é um dia especial… hoje esta ser humana que vos escreve está completando QUARENTA ANOS! Gente!!! Meu Deus!!! Quatro décadas!!! Que coisa impressionante… Quem diria hein? Eu sinceramente nunca achei que eu viveria tanto… Não, sério… não tô fazendo drama não, eu sempre fui muito doente, eu vivia ouvindo os médicos dizendo pra minha mãe: “Se vc demorasse mais um pouco ela podia ter morrido” eu perdi a conta das vezes que eu ouvi isso e por conseguinte eu cresci acreditando que eu era cronicamente doente e que eu não ia viver muito.

Mas nem tem cabimento que ficar lembrando de coisas tristes num dia tão bom né? Toda a vez que eu faço aniversário então… por conta dessas coisas todas… eu fico contente, é mais um ano por aqui… é sempre legal. Eu acho engraçado a maioria das pessoas não gostarem de fazer aniversário… a mulherada especialmente não gosta de envelhecer… Eu não tenho esse problema. Muito pelo contrário… Eu li uma frase em inglês no começo do ano que dizia assim… Não se arrependa de envelhecer, é um privilégio negado a muitos!!! E eu acho que é bem isso mesmo…

As pessoas focam no ‘envelhecer’ e se esquece que envelhecer é legal também. Eu gosto da pessoa que eu me tornei. Sempre nessa época do ano eu me faço aquela pergunta básica… Será que a criança que eu era teria orgulho do adulto que eu me tornei? E a resposta é… acho que sim!

Com a ajuda de Deus e da minha família e de diversos amigos eu consegui me formar (duas graduações… meu Deus isso eu nem imaginava), eu tenho um emprego legal (não é claro, meu emprego dos sonhos, mas é um trabalho honesto e digno onde eu posso ajudar as pessoas e isso sempre é gratificante) que eu ganho o suficiente para viver com dignidade, eu sou uma pessoa honesta… ou seja, eu posso não estar onde eu imaginei que estaria agora aos quarenta anos, mas até que eu consegui ir bem longe e em alguns sentidos da minha vida eu fui bem além do que eu esperava.

Nem tudo que eu planejei quando eu tinha lá meus doze anos de idade eu consegui… claro… até porque a gente cresce e muda, algumas coisas a gente deixa de querer. E eu não sou a mesma pessoa que eu era então… mas eu estou satisfeita com a pessoa que eu me tornei. E acho que algumas coisas eu ainda tenho um tempinho e algum ânimo para buscar… para correr atrás. Dizem que a vida começa aos quarenta… então, ainda existem algumas coisas que eu tenho que começar…

E aí Shao, conte para a gente… como é ser uma velhinha??? HAHAHAHAHHAHAAHA… Olha… Dizem também que a idade é uma coisa que está na cabeça da gente… quando eu era criança eu achava que essa frase só era usada por gente velha com a finalidade de se sentirem mais jovens hahahahahaa, a gente é assim idiota quando somos mais novos. Mas conforme vamos crescendo e amadurecendo a gente vê que em algumas coisas (na maioria delas na verdade) os mais velhos tem razão. Mas, como eu sou uma pessoa de Lua… isso de sentir a idade varia muito com o dia, com o meu humor (mas isso sempre foi assim… desde que eu nasci). então tem dias que eu me sinto como eu me sentia quando eu tinha 16 anos e tem dia que eu acordo me sentindo como se eu não tivesse 40 e sim 80 anos de idade…

Mas a maior parte de tempo… eu me sinto com 40 anos sim. Com todos os meus 40 anos de idade hahahahahahahaa. No bom sentido… porque eu olho para trás e lembro o que eu já passei, todos os obstáculos que se apresentaram e como eu fui deixando cada um deles para trás. E toda a vez que uma pessoa mais jovem vem conversar comigo eu vejo o quanto eu aprendi… quanta coisa eu sei hoje que eu não sabia aos 20 e poucos…

E no mau sentido também… porque tem aquelas dores no corpo que vc não tinha antes, tem a sensação de que vc não tem mais tantos anos pela frente (tá certo que a medicina avança a cada dia mais e que a expectativa de vida das pessoas vai crescendo e crescendo cada vez mais…) e tem um certo comodismo que as pessoas que já alcançaram uma certa estabilidade na vida se deixam cair e vc fica com aquela preguicinha de fazer coisas novas, de se arriscar, se aventurar… mas eu acho que todas as idades tem os seus prós e contras… e eu tenho dez anos aí pela frente (espero!) para me adaptar aos novos desafios de ter vivido mais de quatro décadas.

Todo aniversário desde que a minha mãe partiu… tem também aquela tristeza que aperta porque… ela não vai estar aqui e porque vinte dias antes do meu aniversário era o aniversário dela… então… Julho e Agosto são sempre meses difíceis… e tristes… mas eu me lembro quando a minha mãe fez 40 anos de idade e me lembro da farra que ela fez, nenhum outro aniversário eu me lembro de ela ter comemorado tanto. E me lembrando disso e olhando para a a minha vida e para mim mesma… eu acho que tenho sim motivos para comemorar.

Eu não sei como vão ser as comemorações deste meu aniversário este ano… eu realmente não tenho nada especial planejado… eu tenho andado bastante ocupada. Mas, eu já comprei uns presentes bacanas (e não muito caros porque a crise tá foda hahahaha) para mim… Eu completei a minha coleção Funko do Supernatural. Comprei uma jaqueta de Game of Thrones (que ainda não chegou) e… vou fazer umas contas aqui… se minha grana der pretendo investir num Notebook novo (mas, nada certo ainda… depende das minhas contas, se elas estiverem fechando com umas sobras).

Então é isso… feliz aniversário para mim… obrigada pela companhia, pela presença de vcs que visitam esse blogue de vez em quando. Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios