frases-frases-sobre-educacao-33E aí terráqueos, beleza??? Deixa eu contar uma coisa engraçada aqui para vcs… uma coisa engraçada que acontece comigo (e creio eu com todo mundo que trabalha com atendimento aos seres humanos) todos os dias… Hoje eu atendi duas pessoas diferentes aqui na Prefeiturolândia… um gari e um engenheiro. Os dois queriam a mesma coisa… fazer um acordo de um Débito de IPTU do ano passado que eles deixaram de pagar. E os valores dos débitos nem eram tão diferentes estavam mais ou menos no mesmo patamar.

Primeiro eu atendi o Engenheiro. Ele havia vindo aqui na Prefeiturolândia num dia anterior e feito uma consulta do calor do débito e uma simulação do parcelamento. Aí de posse dessas simulações, consultas e das informações que o atendente passou para ele… quando ele chegou lá na casa dele ele resolveu ele mesmo fazer o acordo no site da Prefeitura.

O procedimento e o sistema são exatamente os mesmos… tanto aqui quanto no site da prefeitura. Ele foi lá todo pimpão e fez o acordo pela internet. Entretanto… detalhe ele fez o acordo direto ele não fez nenhuma simulação antes. E uma vez que vc faz o acordo o sistema acusa que há este acordo feito e ele bloqueia vc impedindo que vc faça um novo acordo. Se vc quiser fazer outro, vc tem que… não pagar aquele acordo e aguardar 20 dias para fazer um novo parcelamento.

Não… ele fez o acordo, ficou feliz com o numero de parcelas mas ele queria saber quanto ficaria o valor de cada parcela. Eu expliquei para ele que não tinha como eu saber com certeza porque quando a gente faz uma simulação a gente pode ver uma projeção de quanto vai ser a parcela, mas… não dá pra saber certinho quanto vai ser… dá pra saber mais ou menos. Palmas pras pessoas que criaram esse sistema…vcs são óh… uma bosta beleza.E uma vez que vc faz o acordo… bloqueia tudo, não dá nem pra eu fazer uma nova simulação… pra saber mais esse valor aproximado.

E eu expliquei pra cara isso tudo… E o cara ficou mano… uma hora… no meu guichê, discutindo comigo, discutindo com a minha amiga. Porque ele queria porque queria saber quanto ia ser o valor de cada parcela. Não adiantava falar pra ele que eu não tinha como saber. Ele gritou, berrou, esperneou… quis falar com o Subprefeito… subiu lá no gabinete, fez outro escarcéu lá em cima. No final das contas ele foi embora… xingando todo mundo de incompetente e maltratando até o porteiro do prédio.

Vamos por partes… eu entendo a frustração da criatura. Quando eu dou de cara com um programa mal feito que não atende as minhas necessidades eu também fico frustrada. Mas nem por isso eu vou maltratar o atendente que não tem nada a ver com meu problema e que tem que lidar com aquela ferramenta ineficiente dia sim e dia também.

Bom… depois dele eu atendi um Gari… mesmo caso, ele tinha vindo uma semana antes e pego a consulta e a simulação e em vez de fazer em casa ele resolveu fazer aqui porque ele ficou com ‘medo de fazer errado’ e depois não conseguir pagar. Eu fiz novamente a simulação, expliquei para ele como mais ou menos quanto ficaria o valor a partir da segunda parcela, como ele podia pagar e tirar as vias… fiz o acordo ele pegou a papelada toda e me agradeceu e ainda disse… Não liga pra essas pessoas ignorantes não moça (porque ele tinha visto o salseiro que o outro fez porque eu não tinha como fazer o que ele queria) e me desejou um bom resto de trabalho e foi embora.

Se tem duas coisas que eu aprendi na vida é que… diploma não é sinônimo nem de Educação e nem de Inteligência.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao